Greve dos bancários chega ao fim em Alagoas

Após 21 dias de paralisação chegou ao fim, na noite desta segunda-feira (26), a greve dos bancários em Alagoas. Representantes da categoria, que se reuniram na noite desta segunda-feira (26), no auditório do Sindicato dos Bancários de Alagoas, decidiram aceitar a proposta de 10% de reajuste salarial e de 14% no valor do vale refeição, oferecido pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban).

No entanto, bancários do Banco do Brasil (BB) e do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) ainda farão uma outra assembleia, nesta terça-feira (27), para reavaliar a proposta apresentada pelo Fenaban e definir a data de retorno ao trabalho.

Quanto a Caixa Econômica Federal (CEF) e os bancos privados, as atividades de atendimento ao público serão realizadas normalmente já a partir desta terça-feira (27).

A decisão pelo fim da greve contou com uma votação apertada. Na ocasião, 139 bancários votaram pelo fim da paralisão, já outros 123 que estavam presentes votaram pela permanência da mobilização.

Com a volta das atividades, os funcionários deverão ter um aumento de uma hora na jornada de trabalho, que serão dedicadas à atividades internas, para compensar os dias de paralisação.

Segundo o presidente do Sindicato dos Bancários de Alagoas, Jairo França, no acordo foi decidido que os funcionários terão um abono pelos dias sem atividades. “Os bancários que têm jornada de 6 horas terão 63% do valor da carga horária abonadas, já os que têm 8h de trabalho, terão 75%”, diz.


Deixe um comentario