Anvisa autoriza vacina da Pfizer contra Covid-19 para adolescentes a partir dos 12 anos

Anvisa autoriza vacina da Pfizer contra Covid-19 para adolescentes a partir dos 12 anos

 

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou, nesta sexta-feira (11), o uso da vacina da Pfizer contra a Covid-19 em adolescentes a partir dos 12 anos de idade no Brasil.

Agora, a bula da vacina no país passará a indicar esta nova faixa etária; antes, ela só podia ser aplicada em adolescentes a partir dos 16 anos. A vacina é a única que pode ser aplicadas em menores de 18 anos no Brasil.

Fonte: G1.


Senado aprova criação de certificado para vacinados contra covid-19

Senado aprova criação de certificado para vacinados contra covid-19

 

 

O Senado aprovou um projeto de lei (PL) que cria o Certificado de Imunização e Segurança Sanitária (CSS). Esse certificado permitirá que pessoas vacinadas ou que testaram negativo para covid-19 ou outras doenças infectocontagiosas circulem em espaços públicos ou privados onde há restrição de acesso. O texto vai à Câmara.

Segundo o relator, Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB), a ideia do projeto é conciliar a adoção de medidas restritivas de contenção do coronavírus com a “preservação dos direitos individuais e sociais”. Para ele, o CSS vai ajudar estados e municípios a administrar e balancear as medidas restritivas de locomoção ou de acesso de pessoas a serviços ou locais, públicos ou privados.

Para Vital do Rêgo, o CSS traz como premissa o fato de que as pessoas imunizadas e as que testam negativo para a covid-19 representam baixo risco de propagação do vírus, desde que respeitadas as medidas profiláticas de distanciamento social, uso de máscaras e higienização das mãos. Assim, na avaliação dele, não se justifica que essas pessoas permaneçam isoladas, impedidas de trabalhar, estudar e se locomover.

O certificado poderá ser utilizado para autorizar a entrada em locais e eventos públicos, o ingresso em hotéis, cruzeiros, parques e reservas naturais, entre outras possibilidades. “Dessa forma, garantiremos não somente o direito de circulação da população, mas também a diminuição dos efeitos nocivos do isolamento social prolongado, bem como a manutenção das atividades econômicas que não puderam se adaptar a sistemas remotos de oferta de serviços e produtos”, disse o autor do projeto, senador Carlos Portinho (PL-RJ).

Fonte: Gazetaweb.


Butantan retoma entregas e libera 800 mil doses da CoronaVac ao Ministério da Saúde após quase um mês

Butantan retoma entregas e libera 800 mil doses da CoronaVac ao Ministério da Saúde após quase um mês

 

 

O Instituto Butantan liberou mais 800 mil doses da CoronaVac ao Ministério da Saúde nesta sexta-feira (11). As entregas começaram a ser feitas nesta manhã.

Com o novo lote, o Instituto totaliza 48 milhões de doses enviadas ao Programa Nacional de Imunização (PNI) desde o início do ano.

Segundo o governador João Doria (PSDB), uma nova remessa deve ser liberada na próxima segunda-feira (14).

“Vamos seguindo na produção de doses ao longo dos próximos dias, e estaremos fazendo uma entrega adicional de 5 milhões de doses, começando com essas 800 mil que estão sendo embarcadas agora para o Ministério da Saúde”, afirmou Doria.

Durante coletiva de imprensa na sede do Instituto, o governador manteve a previsão de concluir a entrega das 100 milhões de doses até o final de setembro.

“O Instituto Butantan, aqui representado pelo Dimas Covas, seu presidente, confirma que até o final do mês de setembro nós concluiremos o nosso projeto, o contrato de entregar 100 milhões de doses da vacina do Butantan para o Ministério da Saúde”, disse.

Retomada da produção

 

Esta é a primeira remessa a ser enviada ao governo federal após retomada da produção da vacina, que chegou a ser paralisada em maio por conta da falta de matéria-prima. A última foi feita há quase um mês, no dia 14 de maio.

No final do mês passado, o Butantan voltou a receber o insumo e conseguiu retomar o envase do imunizante.

Na semana passada, em coletiva de imprensa, Doria disse que o instituto vai receber 6 mil litros de IFA (Insumo Farmacêutico Ativo), suficiente para produção de 10 milhões de doses da vacina do Butantan, no dia 28 de junho.

A matéria-prima, enviada pela biofarmacêutica Sinovac, parceira do Butantan, passa pelos processos de envase, rotulagem, embalagem e controle de qualidade para que a vacina seja entregue ao PNI.

Histórico

 

Segundo o instituto, a partir do momento que o IFA chega ao Butantan, aguarda-se, em média, 24 horas para que seja possível iniciar o envase. Nesse período, são avaliados diversos fatores, como a variação de temperatura sofrida com a viagem.

Além do envase, os insumos também passam pelos processos de rotulagem, embalagem e controle de qualidade.

O governo estadual atribuiu os entraves na importação a problemas de diplomacia causados pelo governo federal devido às constantes declarações contra a China.

Contratos com o Ministério da Saúde

 

O Butantan cumpriu no dia 12 de maio a entrega de todas as 46 milhões de doses da CoronaVac previstas no primeiro contrato firmado com o Ministério da Saúde para o PNI.

Inicialmente, o montante total estava previsto para o final de abril, mas houve atraso por conta da falta de matéria-prima.

A remessa desta sexta-feira é referente ao segundo contrato de 54 milhões de doses, que devem ser entregues até setembro.

Veja abaixo as entregas de doses do Butantan ao ministério:

  • Janeiro: 8,7 milhões
  • Fevereiro: 4,583 milhões
  • Março: 22,7 milhões
  • 5 de abril : 1 milhão
  • 7 de abril : 1 milhão
  • 12 de abril : 1,5 milhão
  • 14 de abril: 1 milhão
  • 19 de abril: 700 mil
  • 22 de abril: 180 mil
  • 30 de abril: 420 mil
  • 6 de maio: 1 milhão
  • 10 de maio: 2 milhões
  • 12 de maio: 1 milhão – totalizando as 46 milhões do primeiro contrato
  • 14 de maio: 1,1 milhão
  • 11 de junho: 800 mil.

Fonte: G1.


Adolescente de 13 anos, sem comorbidades, morre de Covid; total de óbitos chega a 4.943

Adolescente de 13 anos, sem comorbidades, morre de Covid; total de óbitos chega a 4.943

 

 

Alagoas confirmou mais 870 casos e 21 mortes por Covid-19. Os dados são do boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) desta quinta-feira (10).

Um adolescente de 13 anos, que morava em Murici e não tinha comorbidades, morreu de Covid na Santa Casa de Maceió. Outras cinco pessoas que também não tinham comorbidades também faleceram. Elas tinham 28, 40, 43, 51 e 54 anos.

Com alta de óbitos e da taxa de ocupação de leitos de UTI, o governo de Alagoas prorrogou o decreto de emergência sem alterações da fase vermelha do Plano de Distanciamento Social Controlado. As medidas valem por 15 dias, a partir de 0h desta sexta-feira (11).

Desde o começo da pandemia, o estado registrou 200.870 casos confirmados e 4.943 óbitos por Covid-19.

Do total de casos confirmados, 191.693 pacientes já finalizaram o período de isolamento e estão recuperados e outros 3.367 ainda estão em tratamento, em isolamento domiciliar.

Há 16.237 casos suspeitos, à espera de resultado de exame.

A taxa de ocupação de leitos de UTI exclusivos para pacientes com Covid-19 pelo Sistema Único de Saúde (SUS) chegou a 91% nessa quarta-feira (9).

Mais 21 mortes por Covid-19

  • Maceió: Homem, 54 anos – sem comorbidades
  • Maceió: Homem, 58 anos – câncer e hipofaringe
  • Maceió: Homem, 60 anos – diabético e hipertenso
  • Maceió: Homem, 67 anos – doença cardiovascular, diabetes, hipertensão e obesidade
  • Maceió: Homem, 67 anos – diabetes e hipertensão
  • Maceió: Homem, 72 anos – doença respiratória crônica – morreu em casa
  • Maceió: Mulher, 44 anos – obesa e hipertensa
  • Maceió: Mulher, 47 anos – hipertensa
  • Maceió: Mulher, 53 anos – diabética e tabagista
  • Arapiraca: Mulher, 60 anos – hipertensão e diabetes
  • Canapi: Mulher, 61 anos – doença cardiovascular crônica e diabetes
  • Capela: Mulher, 57 anos – doença cardiovascular crônica
  • Chã Preta: Homem, 48 anos – hipertensão e depressão
  • Feira Grande: Homem, 40 anos – sem comorbidades
  • Limoeiro de Anadia: Homem, 43 anos – sem comorbidades
  • Major Isidoro: Homem, 28 anos – sem comorbidades
  • Murici: Homem (adolescente), 13 anos – sem comorbidades
  • Passo do Camaragibe: Mulher, 51 anos – sem comorbidades
  • Penedo: Homem, 67 anos – cardiopatia, nefropatia e hipertensão
  • Santana do Mundaú: Mulher, 29 anos – asma
  • Taquarana: Homem, 25 anos – hipertenso e obeso.

Fonte: Estadão Alagoas.


PRF prende ladrões que tinham acabado de roubar um homem em Palmeira

PRF prende ladrões que tinham acabado de roubar um homem em Palmeira

 

 

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu dois homens nesta quinta-feira (10) em Alagoas. Eles eram acusados de roubo e tentaram fugir da abordagem policial, mas foram presos. O caso aconteceu na cidade de Palmeira dos Índios.

Era por volta das 20h30 quando a equipe recebeu uma informação da Polícia Militar de que dois indivíduos em uma motocicleta haviam acabado de assaltar um pedestre com arma de fogo. A PM também informou que os homens empreenderam fuga pela BR-316, sentido Palmeira dos Índios.

Os policiais rodoviários federais então se deslocaram até o bairro de Palmeira de Fora, onde se depararam com a dupla de assaltantes. Ao perceber a presença da viatura, os dois colidiram frontalmente com o veículo policial, quebrando o para-choque e causando outros danos. Em seguida, fugiram em direção ao centro da cidade.

Os agentes realizaram o acompanhamenro tático até que o motociclista perdeu o controle e acabou caindo na pista. Nesse momento foi realizada a abordagem e prisão dos envolvidos. Foi apreendido um revólver da marca Taurus, com duas munições intactas e uma deflagrada. Os pertences da vítima estavam em posse dos indivíduos, além de outros dois celulares.

Todo o material apreendido foi levado à Delegacia de Polícia Civil de Palmeira dos Índios, junto com os dois homens. Eles vão responder por roubo, dano ao patrimônio público, porte ilegal de arma de fogo e dirigir veículo automotor em via pública sem habilitação, gerando perigo de dano.

Fonte: Todo Segundo.


Fase Vermelha: Governo renova decreto e mantém medidas restritivas que já estavam em vigor em Alagoas

Fase Vermelha: Governo renova decreto e mantém medidas restritivas que já estavam em vigor em Alagoas

 

 

Apesar dos apelos do setores produtivos, que sofrem com o endurecimento das medidas de distanciamento, o governo de Alagoas renovou nesta quinta-feira (10), por mais 15 dias, o atual decreto de distanciamento social. Com isso, continua restringido o funcionamento do comércio, bares e restaurantes aos fins de semana em todo o estado, além de outras medidas

A volta às medidas mais duras em relação à pandemia se deu no dia 27 de maio, quando os números da pandemia apresentaram alta, como a taxa de ocupação de leitos de UTI exclusivos de Covid-19 em 92% e aumento dos números de óbito e contágio.

Entre as medidas está a proibição do acesso a praias, marinas, rios e lagoas durante fins de semana e feriado; o funcionamento vedado a academias também durante feriados e fins de semana; o fechamento de cinemas, teatros, museus e parques temáticos e a restrição para circulação de pessoas no horário entre 21h e 05h em todo o estado.

Entre as atividades que continuam com funcionamento liberado, estão a utilização de espaços públicos e privados para práticas esportivas – limitados a 25 pessoas e sem a presença de público –, e as visitas e entrega de alimentação suplementar nos presídios.

– Vedado o acesso, a circulação e utilização das praias, marinas, rios e lagoas, inclusive os calçadões, no sábado, domingo e feriados, para qualquer tipo de atividade comercial ou social, bem como atividades físicas.

– No comércio, as lojas do Centro funcionam das 9h às 17h, de terça a sexta-feira, e permanecem fechadas a segundas-feiras, além de fins de semana e feriados. A regra é a mesma para as lojas de rua e galerias, mas com horário de funcionamento diferente: 10h às 18h. Já a abertura dos shopping centers fica vedada às terças-feiras, além de fins de semana e feriados, e o horário de funcionamento é entre 11h e 20h.

– No caso dos bares, restaurantes e estabelecimentos congêneres, o funcionamento aos sábados e domingos poderá ocorrer apenas por serviços de entrega, inclusive por aplicativo, e na modalidade “Pegue e Leve”, sendo expressamente proibido o consumo local, tanto de bebidas quanto de comidas. Entre segundas e sextas, o funcionamento normal é liberado das 5h às 20h.

– Academias, clubes e centros de ginásticas também podem abrir as portas entre segunda e sábado, das 5h às 21h, mas têm funcionamento proibido aos domingos e feriados.

– Restrição de horário de circulação das pessoas nas ruas e logradouros públicos das 21h às 5h.

– Teatros, museus, parques temáticos e cinemas voltarão a ter o funcionamento restringido.

Fonte: Gazetaweb.


Trabalhadores nascidos em julho podem sacar auxílio emergencial

Trabalhadores nascidos em julho podem sacar auxílio emergencial

 

 

A partir desta quinta-feira (10), os trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos em julho podem sacar a segunda parcela do auxílio emergencial 2021. O dinheiro havia sido depositado nas contas poupança digitais da Caixa Econômica Federal em 24 de maio. A terceira parcela poderá ser sacada a partir de 27 de julho e a quarta a partir de 27 de agosto.

Os recursos também poderão ser transferidos para uma conta-corrente, sem custos para o usuário. Até agora, o dinheiro apenas podia ser movimentado por meio do aplicativo Caixa Tem, que permite o pagamento de contas domésticas (água, luz, telefone e gás), de boletos, compras em lojas virtuais ou compras com o código QR (versão avançada do código de barras) em maquininhas de estabelecimentos parceiros.

Em caso de dúvidas, a central telefônica 111 da Caixa funciona de segunda a domingo, das 7h às 22h. Além disso, o beneficiário pode consultar o site auxilio.caixa.gov.br.

O auxílio emergencial foi criado em abril do ano passado pelo governo federal para atender pessoas vulneráveis afetadas pela pandemia de covid-19. Ele foi pago em cinco parcelas de R$ 600 ou R$ 1,2 mil para mães chefes de família monoparental e, depois, estendido até 31 de dezembro de 2020 em até quatro parcelas de R$ 300 ou R$ 600 cada.

Neste ano, a nova rodada de pagamentos, durante quatro meses, prevê parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo do perfil: as famílias, em geral, recebem R$ 250; a família monoparental, chefiada por uma mulher, recebe R$ 375; e pessoas que moram sozinhas, R$ 150.

Na terça-feira (8), o ministro da Economia, Paulo Guedes, informou que o auxílio emergencial será prorrogado por pelo menos mais dois meses. Previsto para terminar em julho, o benefício será estendido até setembro, mas esse período ainda poderá ser ampliado, caso a vacinação da população adulta não esteja avançada.

“O presidente Jair Bolsonaro é quem vai decidir o prazo. Primeiro, esses dois ou três meses, e então devemos aterrissar em um novo programa social que vai substituir o Bolsa Família”,  disse.

Segundo Guedes, os recursos para a prorrogação do auxílio serão viabilizados por meio de abertura de crédito extraordinário. Atualmente, o custo mensal do programa, que paga um benefício médio de R$ 250 por família, é de R$ 9 bilhões.

Fonte: Gazetaweb.


Enem Digital 2021 terá recursos de acessibilidade; diz Inep

Enem Digital 2021 terá recursos de acessibilidade; diz Inep

A versão digital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 terá recursos de acessibilidade inéditos como prova ampliada, superampliada e com contraste, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Ao todo, serão 101.100 vagas para o Enem Digital. Essa versão do exame será exclusiva para quem já concluiu o ensino médio ou que está concluindo a etapa em 2021.

Entre os perfis de participantes que podem solicitar os atendimentos estão: pessoas com baixa visão, cegueira, visão monocular, deficiência física, deficiência auditiva, surdez, deficiência intelectual, surdocegueira, dislexia, deficit de atenção, transtorno do espectro autista, discalculia, gestantes, lactantes, idosos, além de pessoas com outra condição específica.

Segundo o Inep, também será permitido que os inscritos usem materiais próprios que auxiliem na realização da prova no computador, como máquina de escrever em braile, caneta de ponta grossa, óculos especiais, tábuas de apoio, multiplano e plano inclinado.

Tradutor-intérprete de Língua Brasileira de Sinais (Libras), tempo adicional e salas acessíveis estão previstos no edital. Cão-guia, medidor de glicose, bomba de insulina, além de aparelhos auditivos ou implantes cocleares também serão permitidos no Enem Digital 2021.

O Inep esclarece que os participantes que precisam de recurso de acessibilidade diferente dos previstos no edital do exame digital terão o atendimento assegurado na versão impressa do exame.

O período de inscrições do Enem 2021, incluindo o prazo para solicitar atendimento especializado, começa no dia 30 de junho e vai até 14 de julho. Os procedimentos deverão ser realizados por meio da Página do Participante. Tanto a versão digital quanto a impressa desta edição serão aplicadas nos dias 21 e 28 de novembro, além de contarem com provas de itens iguais.

O Enem Digital foi aplicado pela primeira vez na edição de 2020. O objetivo é que o exame seja completamente digital até 2026. Ao todo, 93 mil candidatos se inscreveram para fazer as provas por computador. Cerca de 30 mil candidatos fizeram o exame.

Fonte: Todo Segundo.


Prefeitura de Palmeira dos Índios lança Arraiá Virtuá – Estação Multicultural

Prefeitura de Palmeira dos Índios lança Arraiá Virtuá – Estação Multicultural

A Prefeitura de Palmeira dos Índios, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), lançou por meio de uma live, o São João do Povo 2021, com o Arraiá Virtuá – Estação Multicultural, na Capital Alagoana da Cultura. As atrações que farão parte da festa virtual também foram anunciadas.

Das 42 inscrições, 18 foram selecionadas. Os artistas que não foram contemplados estão credenciados para outras atividades culturais da prefeitura por um período de 12 meses. O grande homenageado do São João do Povo deste ano é o músico Charles Filderman, falecido recentemente. Darleide Farias, viúva de Charles, e os dois filhos participaram do evento. A prefeitura lembra que este ano, mais uma vez, não será permitido as tradicionais fogueiras juninas no município.

As transmissões dos shows acontecerão ao vivo, pelo Canal do YouTube da Prefeitura de Palmeira dos Índios, entre os dias 12 e 29 de junho. “Isso aquece todo o setor, como iluminação, som, músicos e todos que estão sofrendo com a pandemia. Ficamos felizes com o número de inscritos, mas avisamos aos que não entraram nesta programação que eles estão credenciados para outros eventos da prefeitura por um período de um ano”, afirmou o secretário municipal de Cultura Cássio Júnio.

O vereador Carlos Guruba também prestigiou a o lançamento do Arraiá Virtuá. “A prefeitura e o prefeito Júlio Cezar têm um olhar diferenciado para a nossa Cultura e, em nome da Câmara, parabenizo esta iniciativa que mantém vivas as nossas festas de tradição religiosa e também cultural e, além disso, ainda ajuda os artistas da terra. Aproveitem esse momento, curtam as lives, que serão vistas em casa com muita segurança”, disse o vereador.

Para o prefeito Júlio Cezar, mesmo com a pandemia, os artistas não podem mais amargar os prejuízos provocados pelo distanciamento social. “A pandemia nos obriga a fazer as coisas diferentes. Esse formato é inédito e o setor de eventos tem sofrido com a paralisação das atividades. Enquanto todos não são vacinados, nos reinventamos para ajudar os músicos e outros artistas da classe cultural. Este ano, o homenageado é o Charles, mais uma vítima da Covid. E para os músicos que não entraram desta vez, nós vamos fazer mais eventos em julho e agosto e, depois, na programação de fim de ano”, garantiu o prefeito.

E continuou. “No dia 12, de casa, vamos acompanhar a live e prestigiar os nossos artistas. Serão 18 atrações, sendo três atrações nas seis noites de festa junina. Essa é uma festa tão esperada por todos os nordestinos, com muita alegria, e tudo isso foi minimizado por causa da pandemia. Mas o setor de Cultura não pode parar e nem podemos apagar o brilho que as festas juninas trazem para todos nós, mesmo que virtualmente”, finalizou o prefeito Júlio.

 

CONFIRA AS ATRAÇÕES DO SÃO JOÃO DO POVO 2021:

Data Atração

12 de junho RONY E BANDA
BEM BOLADO DO FORRÓ
SUPAPO

13 de junho

OS CABOCLOS

FLAVIRAN LAURINDO (PRIMOS BROTHERS)
GERAÇÃO NORDESTINA

23 de junho

CICINHO E EDNA
JOSENILDO GOMES (NIL FOLIA)
ORLEANE PLÁCIDO
24 de junho AGUINALDO DULES

MATHEUS EMANUEL (EL DOURADO BREGA FUNK)
FORRO TOP.COM

28 de junho

TRIBONE
NANDA FERREIRA
APROVADOS DO FORRÓ

29 de junho

DANIEL DA ROCHA (QUARTETO PIFANO)
JAIRO DOS PLAYS
JOÃO CARLOS FERRO (O BARÃO).

Fonte: Todo Segundo.


Polícia Federal prende acusados de ataque hacker ao STF

Polícia Federal prende acusados de ataque hacker ao STF

A Polícia Federal prendeu, nesta terça-feira (8), as três pessoas acusadas de envolvimento nos ataques hacker ao STF (Supremo Tribunal Federal), em uma operação que teve ainda cinco mandados de busca e apreensão em cidades em Goiás, São Paulo e Pernambuco.

Os ataques, no início de maio do ano passado, foram identificados inicialmente pela equipe de tecnologia de informação do STF, que tirou o site da corte do ar por mais de um dia para tentar controlar acessos indevidos.

De acordo com informações da corte à época, houve uma tentativa de extração de dados públicos muito acima do normal, o que acionou alertas de segurança do sistema.

Dias antes, em um outro ataque, o sistema do STJ (Superior Tribunal de Justiça) chegou a ser invadido e houve uma tentativa de “sequestro”, em que o hacker passa a controlar todos os dados e acesso ao sistema.

Segundo a PF, chamada para investigar os ataques, foram identificados os endereços de onde partiram as tentativas e os seus autores, que teriam feito os ataques “de forma sistemática e organizada”.

Com as prisões e apreensões de hoje, a PF espera identificar demais participantes e mais detalhes dos crimes praticados. Se condenados, as penas podem chegar a cinco anos de reclusão.

A operação foi batizada de “LEET”, termo também conhecido como eleet ou leetspeak, que, conforme explicação da PF, é uma alternativa ao alfabeto inicialmente usado para o idioma inglês, empregado principalmente na internet.

Fonte: Todo Segundo.


Prefeitura divulgará lista dos artistas que participarão do Arraiá Virtuá nesta quarta (9)

Prefeitura divulgará lista dos artistas que participarão do Arraiá Virtuá nesta quarta (9)

A Prefeitura de Palmeira dos Índios, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), divulgará nesta quarta-feira (9), às 9h, por meio de uma Live, a relação dos artistas que participarão do Arraiá Virtuá do São João do Povo 2021 – Estação Multicultural. As inscrições para o evento foram encerradas na sexta-feira (4) e, do total de 39 artistas inscritos, 18 serão selecionados para se apresentar na festa virtual. Os nomes serão anunciados ao vivo, do Salão Nobre da prefeitura, com transmissão pelas pelas redes sociais oficiais do prefeito Júlio Cezar, da prefeitura e da Secretaria.

A comissão que julgou os trabalhos é formada por Bruno Henrique Alves do Nascimento, Daniel Andrade Cavalcanti e Marcone Correia de Lima. “Um membro foi sugerido pelo Conselho Municipal de Cultura e dois pela Secult. Serão 18 selecionados mas, para quem não conseguir participar desse evento, os nomes ficarão credenciados, durante um ano, para prestar serviços à prefeitura e poderão ser chamados para alguma atividade musical, sempre por meio de live”, explicou o secretário municipal de Cultura Cássio Júnio.

A primeira festa junina virtual de Palmeira, deste ano, será na véspera de Santo Antônio e também Dia dos Namorados, por meio de uma Live. “O setor de eventos tem sofrido muito com a pandemia e lamentamos não realizarmos as festas como a gente queria, com as bandas no palco e o povo dançado e cantando nos locais das festas. Mas como isso não é possível, também não podemos cruzar os braços. O Arraiá Virtuá será realizado com os nossos artistas palmeirenses, mesmo que por meio de lives, mas vamos apoiá-los e curtir os festejos mesmo de casa, com as nossas famílias. Acompanhe a nossa live da quarta para ficar por dentro das atrações”, disse o prefeito Júlio Cezar.

Fonte: Todo Segundo.


Governo estuda prorrogar auxílio por dois meses com o mesmo valor

Governo estuda prorrogar auxílio por dois meses com o mesmo valor

O governo estuda prorrogar o auxílio emergencial por mais dois meses. Com isso, a ajuda voltada aos mais vulneráveis durante a pandemia de covid-19 será estendida até setembro, nos mesmos valores de R$ 150 a R$ 375 e com igual alcance em termos de público. Hoje, o auxílio contempla cerca de 39,1 milhões de brasileiros.

Para bancar a prorrogação, a equipe econômica deve abrir um crédito extraordinário de aproximadamente R$ 12 bilhões. O valor vai reforçar os cerca de R$ 7 bilhões que ainda estão disponíveis dentro dos R$ 44 bilhões já destinados ao programa e que não foram usados porque o número de famílias na nova rodada ficou abaixo do inicialmente projetado.

O crédito extraordinário banca despesas emergenciais e fica fora do teto de gastos, regra que limita o avanço das despesas à inflação.

A extensão da ajuda a vulneráveis é uma forma de manter a assistência às famílias em um cenário de risco de agravamento da pandemia de covid-19 e também evita um “vácuo” até o lançamento da nova política social permanente do governo.

No desenho atual, a última parcela é prevista para julho deste ano. No entanto, fontes do governo afirmam que “alguma prorrogação é razoável”, dado que o número de casos e óbitos pela doença parou de cair. Além disso, a extensão da ajuda dará maior conforto até a vacinação mais ampla da população.

A prorrogação deve ocorrer por medida provisória. A necessidade de uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) para isso, aventada anteriormente, perdeu força porque esse tipo de crédito já fica fora do teto, e há espaço na meta fiscal (que permite rombo de até R$ 247,1 bilhões no ano) para acomodar o gasto adicional.

No início do ano, o governo precisou de uma PEC para aprovar os primeiros R$ 44 bilhões destinados à nova rodada do auxílio porque o Orçamento de 2021 ainda estava em tramitação no Congresso Nacional, e não havia espaço na meta.

Os detalhes da estratégia do governo para as políticas sociais têm sido discutidos em frequentes reuniões com o presidente Jair Bolsonaro. Ele recebeu nesta segunda-feira (7), o ministro da Cidadania, João Roma. Na semana passada, Bolsonaro já havia tratado do assunto com Roma e os ministros da Economia, Paulo Guedes, da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, e da Secretaria de Governo, Flávia Arruda.

A prorrogação do auxílio ainda vai abrir mais espaço no Orçamento de 2021 para o lançamento da nova política social permanente, que vai suceder o Bolsa Família. Isso porque as famílias contempladas pelo Bolsa são “transferidas” para a folha do auxílio durante sua vigência, poupando o orçamento do programa.

Hoje, essa “sobra” do Bolsa dentro do teto é de aproximadamente R$ 7 bilhões e deve ficar maior com a extensão da ajuda temporária aos vulneráveis. O dinheiro deve ser usado para turbinar a nova política social.

O desenho do substituto do Bolsa Família precisa ser implementado até dezembro de 2021, ou acabará engavetado, pois a lei veda a adoção desse tipo de medida em ano de eleições.

A Lei das Eleições diz que, no ano de realização do pleito, é proibida a distribuição de valores e benefícios, exceto programas sociais já autorizados em lei e com execução orçamentária no exercício anterior – neste caso, em 2021.

Os detalhes da estratégia de lançamento da nova política estão sendo guardados a sete chaves pelos integrantes do governo. Nas reuniões mais recentes, a reformulação vinha sendo discutida com base em reajuste nos benefícios e criação de bolsas de mérito escolar e esportivo, além de um “voucher” para creches.

O lançamento do novo programa depende do afastamento de dispositivos da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) de 2021, da LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal) e da Lei Complementar 173. Todas impõem algum tipo de restrição à criação ou ampliação de despesa continuada, o que travaria o novo programa social. Para isso, um dos pontos em discussão é a necessidade ou não de enviar um projeto de lei complementar para abrir o caminho. O novo Bolsa terá orçamento maior que os R$ 35 bilhões programados em 2021.

Fonte: Todo Segundo.


China desenvolve vacina contra covid-19 por inalação

China desenvolve vacina contra covid-19 por inalação

 

 

A China se encaminha para a aplicação de uma nova vacina contra o SARS-CoV-2 por meio de inalação. A epidemiologista e virologista Chen Wei e a empresa de biotecnologia CanSino Biologics Inc. desenvolveram o imunizante e destacam várias vantagens em relação à injetável.

Eles informam que, nesta nova vacina, é necessário apenas um quinto da quantidade da vacina injetável do vetor do adenovírus da covid-19. Por outro lado, o produto não requer armazenamento e transporte em caixas frigoríficas.

“Se a vacina for inalada por aerossol, pode formar uma imunidade da mucosa, além da imunidade humoral e celular, normalmente formada pela vacina injetável”, disse Chen Wei, citada pela Euronews. Os investigadores apostam na inalação por aerossol para reforçar a imunidade da mucosa.

O imunizante inalado combina a mesma tecnologia já aplicada pela empresa durante a investigação de uma vacina inalada contra tuberculose e a vacina injetável contra a covid-19, também produzida em seus laboratórios.

“Uma vacina inalada poderá ser mais eficaz do que as injetadas, pois o SARS-COV-2 entra no corpo humano por meio das vias aéreas. Uma vacina inalada pode ativar anticorpos nas vias aéreas, oferecendo proteção extra” diz Xuefeng Yu, executivo da CanSino Biologics.

A atual vacina injetável é de 0,5 mililitros por dose, explicou o especialista de Xangai Tao Lina, citado no Global Times. Segundo ele, a vacina inalada, desenvolvida pela equipe de Chen Wei, pode atingir o mesmo efeito protetor com apenas uma dose de 0,1 mililitro, “isso significa que tem maior eficiência imunológica”.

“A maior eficiência da pode vir da forma como a vacina entra no corpo”, destacou Tao. “É inalado diretamente, o que mimetiza a infecção natural do vírus respiratório COVID-19, e então forma uma imunidade da mucosa”, explicou.

A pesquisadora Chen Wei acrescenta que o imunizante aplicado por inalação poderá reduzir custo da produção e, consequentemente, ficar mais acessível a todos.

Os laboratórios podem produzir cinco vezes mais vacinas inaladas com a mesma capacidade de produção de vacinas injetáveis, o que contribuirá para acelerar a vacinação na China.

Fonte: Gazetaweb.


Com inscrições abertas, concurso da Polícia Civil de AL oferece 500 vagas

Com inscrições abertas, concurso da Polícia Civil de AL oferece 500 vagas

Reforço para a Segurança Pública em Alagoas. O Governo do Estado abriu as inscrições para o concurso da Polícia Civil, que irá ofertar 500 vagas para ingresso no quadro efetivo do órgão. Os concorrentes ao processo seletivo já podem efetuar a inscrição no site cebraspe.org.br. De acordo com o edital que regulamenta o certame, o prazo para realização do procedimento vai até o próximo dia 12 de julho.

Estruturado pela Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio de Alagoas (Seplag) e organizado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), o concurso prevê a abertura de 368 vagas para o cargo de agente de polícia e 132 para o de escrivão. Ambas as funções requerem nível superior em qualquer área e oferecem média salarial de R$ 3.971,76.

Ainda de acordo com o edital, as provas discursivas e objetivas estão previstas para acontecerem no dia 29 de agosto, com 4h30 de duração. Além destas, os candidatos também devem se preparar para o teste de aptidão física (TAF) e para uma prova prática de digitação.

Para obter mais informações sobre esse e outros concursos anunciados pelo Governo de Alagoas, basta acessar o site da Seplag clicando aqui

Fonte: Todo Segundo.

 


Caixa encerra pagamento e saque do abono salarial em 30 de junho

Caixa encerra pagamento e saque do abono salarial em 30 de junho

A Caixa informou nesta segunda-feira (7) que trabalhadores que cumpram as exigências para o recebimento do abono salarial do calendário 2020-2021, com ano-base 2019, terão até o dia 30 de junho para fazer o saque do benefício.

Caso perca o prazo, o trabalhador qualificado para o abono só terá outra oportunidade para o saque a partir do próximo calendário. A Caixa informa que, segundo portaria que regula o abono salarial, o benefício fica reservado ao beneficiário por um prazo de 5 anos.

Em nota, o banco informa que foram pagos R$ 17 bilhões para cerca de 22 milhões de trabalhadores. Desses, 6,3 milhões receberam o abono salarial em contas poupança sociais digitais sem custo algum para usuários.

Até o momento, cerca de 560 mil trabalhadores ainda não sacaram o benefício – o que resulta em R$ 328 milhões aguardando resgate.

Tradicionalmente liberados entre julho e junho, houve mudança no calendário de pagamento do abono salarial, que passará a ser pago entre janeiro e dezembro de cada exercício. As informações de pagamento serão referentes ao ano anterior, e deverão ser repassadas pelos empregadores responsáveis pelos beneficiários. Com a mudança, o ano-base de 2020 deverá ser pago a partir de janeiro de 2022.

O que é o abono salarial?

Criado em 1990, o abono salarial é um benefício para trabalhadores de baixa renda que cumpram requisitos definidos em lei. Para ter direito, é necessário ter carteira de trabalho há pelo menos 5 anos, ter renda mensal inferior a dois salários mínimos, ter trabalhado pelo menos 30 dias no ano-base – consecutivos ou não – e ter os dados atualizados na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Fonte: Todo Segundo.