Flamengo vence Volta Redonda e conquista sua 23ª Taça Guanabara

Flamengo vence Volta Redonda e conquista sua 23ª Taça Guanabara

O Flamengo conquistou o seu 23º título da Taça Guanabara com a vitória por 2 a 1 sobre o Volta Redonda na noite deste sábado (24), no Maracanã, na oitava e última rodada da primeira fase do Campeonato Carioca. O time também tem vaga garantina nas semifinais do estadual, junto com o Volta Redonda, a Portuguesa e o Fluminense.

Com o resultado, o Rubro-Negro chegou aos 23 pontos, dois a mais que a Portuguesa — que venceu o Boavista — e o próprio Volta Redonda. O Fluminense, que ainda joga na rodada (neste domingo, às 11h, contra o Madureira, no Maracanã) é o quarto colocado, com 19 pontos.

Agora, o Flamengo aguarda os jogos restantes da rodada para saber o seu adversário — a equipe rubro-negra vai enfrentar o quarto colocado.

O Flamengo teve mais volume de jogo nos minutos iniciais, mas teve muitas dificuldades para encontrar espaços na defesa do adversário.

Aos 17, o time de Volta Redonda assustou Diego Alves em um chute forte de Luciano Naninho, da entrada da área, mas o goleiro rubro-negro fez a defesa em dois tempos.

Na sequência, aos 19, o volante Willian Arão teve a chance de abrir o placar em uma cabeçada depois de cobrança de escanteio pelo lado esquerdo, mas subiu mal e errou o gol.

O time flamenguista passou a levar mais perigo depois da primeira metade da etapa inicial.

Aos 31 minutos, quando Pedro dominou pelo lado direito e cruzou para Michael na área. Mas o atacante, que era pressionado por um defensor, testou alto demais.

Depois, aos 35, o goleiro Andrey — que voltava de contusão — furou ao tentar despachar uma bola que havia sido recuada pela defesa e quase entregou o ouro para o adversário. Por sorte, não havia ninguém preparado para o rebote.

Dois minutos mais tarde, após jogada de Michael, Gabigol dominou no meio da área e chutou cruzado, mas a bola passou a centrímetros da trave direita de Andrey.

A pressão do Flamengo surtiria efeito aos 42 minutos, quando Michael recebeu passe de Gustavo Henrique na área, avançou e bateu colocado para abrir o placar: 1 a 0.

Porém, a torcida do atual campeão brasileiro e da Supercopa não teve tempo para comemorar.

Pouco tempo depois, aos 45, depois de levar um susto na jogada anterior, o Flamengo falhou após cobrança de escanteio e Bruno Barra, dentro da pequena área, aproveitou para fuzilar o Diego Alves e empatar o duelo.

Segundo tempo

O Flamengo tentou voltar à frente do marcador e quase o fez antes do primeiro minuto. Após cruzamento de Michel pela esquerda, Andrey espalmou e a defesa afastou totalmente o perido.

Aos 7 minutos, Gabigol recebeu de Vitinho pela esquerda já dentro da área e disparou uma bomba, mas o goleiro do Volta Redonda fez uma linda defesa e impediu mais um gol do camisa 9.

Já aos 16 minutos, o atacante Vitinho recebeu na meia lua da grande área adversária, girou e soltou uma bomba para vencer Andrey. Um golaço que recolocou o time rubro-negro à frente no placar.

O Volta Redonda tentou reagir rápido e, aos 19, o atacante João Carlos chutou de fora da área para assustar Diego Alves. Mas a bola passou ao lado da trave direita do goleiro flamenguista.

Com a vantagem no placar, o técnico Rogério Ceni decidiu fazer algumas alterações para dar outra mobilidade à equipe e poupar alguns jogadores.

Aos 30 minutos, deixaram o campo Gerson, Vitinho e Gabigol para as entradas de Arrascaeta, Diego e Brunho Henrique. Mais tarde, Michel foi substituído pelo meia Everton Ribeiro.

O Flamengo conseguiu administrar bem a vantagem, apesar da boa atuação e da pressão do Volta Redonda. Assim, conseguiu comemorar o título.

FLAMENGO 2 X 1 VOLTA REDONDA

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ).

Hora: 19h (horário de Brasília).

Árbitro: Grazianni Maciel Rocha.

Auxiliares: Rodrigo Henrique Corrêa e Thiago de Oliveira Esposito.

Cartões amarelos: Bruno Viana, Arrascaeta, Renê (Flamengo), Oliveira, Luiz Paulo (Volta Redonda).

Gols: Michael, aos 42, Bruno Barra, aos 45 do 1º tempo; Vitinho, aos 16 do 2º tempo.

FLAMENGO: Diego Alves, Matheuzinho, Gustavo Henrique, Bruno Viana e Renê; Willian Arão, Gerson (Diego, aos 30 do 2º tempo) , Vitinho (Arrascaeta, aos 30 do 2º tempo) e Michael (Everton Ribeiro, aos 40 do 2º tempo); Pedro (Rodrigo Muniz, aos 44 do 2º tempo) e Gabriel (Bruno Henrique, aos 30 do 2º tempo). Técnico: Rogério Ceni.

VOLTA REDONDA: Andrey Ventura; Oliveira, Heitor, Gabriel Pereira e Luiz Paulo; Bruno Barra (Guilherme Eulálio, aos 43 do 2º tempo), Emerson Jr (Caio Vitor, aos 31 do 2º tempo), Hiroshi (Wallisson, aos 38 do 2º tempo) e Luciano Naninho (Marcos Bebê, aos 38 do 2º tempo); Alef Manga e João Carlos (Jô, aos 45 do 2º tempo). Técnico: Neto Colucci.

Fonte: R7.


Deixe um comentario