AO VIVO

Rádio Vitório FM - Transmissão ao vivo

Sua rádio de todos os momentos
Por: 
Bolavip Brasil

“É inadmissível”; Leila Pereira expõe prejuízo no Palmeiras de R$ 10 milhões e aponta culpado

“O que ocorreu [jogo da Copa do Brasil] com o Palmeiras é inadmissível. E me sinto também impotente. O que eu posso fazer é o que eu fiz. Estou aqui pleiteando para que este fato sirva como divisor de águas para o futebol brasileiro e não volte a acontecer”, ressaltou Leila Pereira. A presidente do Palmeiras ainda destacou que recebeu um pedido de desculpas de Wilson Luiz Seneme, presidente da Comissão de Arbitragem.

O próximo compromisso do Palmeiras é diante do Ceará no próximo sábado (30), às 16h30, na Arena Castelão, pelo Campeonato Brasileiro.

A diretoria do Palmeiras segue insatisfeita com o trabalho apresentado pela arbitragem, comandada pela CBF, pelo prejuízo esportivo e financeiro causado em decorrência da eliminação na Copa do Brasil para o São Paulo. De acordo com informações do jornalista Rodrigo Mattos, do ‘UOL Esportes’, o executivo Alviverde avalia em cerca de R$ 10 milhões o prejuízo.

Isso em decorrência de um erro da arbitragem de vídeo que ocorreu na segunda partida válida pelas oitavas de final, disputada contra o São Paulo. O valor foi estipulado incluindo ganhos de bilheteria, programa sócio-torcedor Avanti, assim como as cotas aos classificados as quartas da competição,

A CBF admitiu que a arbitragem de vídeo da partida em que marcou pênalti do zagueiro Gómez no atacante Calleri, não foi feita a checagem para saber se a posição do atacante era regular. A explicação foi que os profissionais esqueceram de traçar a linha de impedimento no lance. “Eu tenho que ser otimista, vim até aqui conversar com o presidente [CBF] Ednaldo [Rodrigues], participar da reunião, para mostrar minha indignação e revolta”. 

“O que ocorreu [jogo da Copa do Brasil] com o Palmeiras é inadmissível. E me sinto também impotente. O que eu posso fazer é o que eu fiz. Estou aqui pleiteando para que este fato sirva como divisor de águas para o futebol brasileiro e não volte a acontecer”, ressaltou Leila Pereira. A presidente do Palmeiras ainda destacou que recebeu um pedido de desculpas de Wilson Luiz Seneme, presidente da Comissão de Arbitragem.

contato@vitoriofm.com.br
Vitório FM 104,9 - Todos os direitos reservados
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram
%d blogueiros gostam disto: