Benedito de Lira quer regular jogos de azar para melhorar arrecadação do país

De acordo com o jornalista Lauro Jardim – em sua coluna na Revista Veja – quem vai entrar em um “vespeiro polêmico” é o senador alagoano Benedito de Lira (PP).

O pepista – que foi denunciado na Operação Lava jato por conta de acusações de envolvimento no esquema da Petrobras – vai levar adiante uma proposta de criação de um marco regulatório para os jogos de azar, taxando bingos e legalizando cassinos.

Para Lira, o assunto parece ser maislucrativo do que o governo insistir em criação de novo imposto. Para ele, é uma solução para ajudar a cobrir o rombo de mais de R$ 30,5 bilhões no orçamento para o ano de 2016.

Ele é o relator do projeto de lei que se encontra no Senado Federal e deve levar o assunto à Comissão Mista de Orçamento e ao ministro Nelson Barbosa. Resta saber se o governo federal comprará a ideia da proposta.

Esta mistura entre jogos de azar e congressistas já se mostrou explosiva em passado recente. Todavia, Benedito de Lira não deixa também de tecer sua crítica ao atual governo. Segundo Lauro Jardim, Lira tem dito que a história de “cortar ministérios e cargos comissionados” é só balela por parte do governo.

Lira tem dito que o governo tem cortado é na carne dos outros. Em relação à Lava jato, Lira alega inocência e diz que vai esclarecer absolutamente tudo. Aguardemos.


Deixe um comentario