Prefeitura de Palmeira vai reformar cinco escolas do Programa Melhoria das Escolas Municipais

Prefeitura de Palmeira vai reformar cinco escolas do Programa Melhoria das Escolas Municipais.

Nesta primeira etapa serão reformadas 16 escolas da rede pública de ensino

Lucianna Araújo
Fotos: Diego Wendric/Assessoria

O prefeito Júlio Cezar assinou hoje (6) cinco importantes Ordens de Serviços, de um total de 16, que autorizam reformas e manutenção das escolas e creches da rede pública de ensino de Palmeira dos Índios, a partir do Programa Melhoria das Escolas Municipais, além da construção e restauração de ginásios de esportes. No início de 2017, o Governo Júlio Cezar encontrou uma triste realidade nas unidades escolares do município: transporte sucateado, prédios com estrutura física danificada e merenda de qualidade inferior.

A primeira Ordem de Serviço aconteceu na Escola Deputado José Sampaio, na Vila João XXIII, no bairro Jardim Brasil. A segunda, na Escola Douglas Apratto Tenório, em Palmeira de Fora, que também ganhará uma moderna quadra de esporte poliesportiva. Em seguida, foi a vez da Creche Leobina Soares da Mota, no bairro Xucurus e as outras duas escolas contempladas com o Programa foram a Belarmino Teixeira Cavalcante, na Serra da Boa Vista, e José Ferreira da Silva, em Lages do Caldeirão, na zona rural da cidade. “E com muita alegria que iniciamos as reforma nessas escolas. Não foi fácil começar o ano letivo de 2017 com a falta de estrutura que encontramos. Mas tudo é no tempo de Deus. E agora, este ano, já podemos contar com toda a estrutura necessária para começar o ano letivo. Já traçamos a meta para este ano e vamos garantir que todos os alunos do primeiro ano aprendam a ler. Agradeço a todos que se empenham para que a nossa educação seja desenvolvida”, ressaltou a secretária de Educação Alcineide Nascimento.

O vice-prefeito Márcio Henrique destacou que Palmeira vive um momento importante. “Temos orgulho de fazer parte de um governo que faz gestão com responsabilidade e uma gestão que nos dá orgulho de trabalhar. Parabenizo todos que trabalham para que tudo aquilo que foi perdido seja devolvido ao povo. Que possamos ficar atentos ao que este município vem fazendo, pois estamos fazendo a coisa certa, muito diferente do que vinha sido feito na nossa cidade”, completou Márcio Henrique.

Para o prefeito Júlio Cezar, a missão de todos os professores é mudar vidas. “E é por isso que não conseguimos dormir tranquilos sabendo que tem escola sem banheiro, sem estrutura, com fossa a céu aberto. Quem carrega a educação é o professor e o diretor da escola. Por isso tenho pedido que a gestão se aproxime da escola, que apoie e fique ao lado dos educadores. Percebo o brilho no olhar de cada professor, diretor, pais e alunos que tanto esperaram por este dia. O que pode mudar a vida de cada um é a educação. Foi por causa dela que cheguei até aqui e que qualquer criança também poderá chegar. A educação transforma avida das pessoas”, disse o prefeito.

E continuou. “Conseguir dinheiro em uma época dessas é difícil. O FNDE nos perguntou o motivo de sermos o primeiro município a fazer parte do Programa no País. Respondi que é porque estamos com as nossas obrigações em dia, livres do Cauc. Queremos que as escolas sejam recuperadas e não só um faz de conta. Em pouco tempo entregaremos todas elas funcionando e já com alguns reparos. Estamos fazendo o dever de casa, com as escolas abarrotadas de bons alimentos, pois tem criança que muitas vezes não tem o que comer, além de transporte. E a chance que esse governo pode dar a eles é a mesma chance que nos foi dada um dia”, finalizou o prefeito.
Nesta quarta-feira (7), as Ordens de Serviços serão autorizadas nas Escolas Hilton Muniz, no bairro de Vila Maria, às 8h; Escola Marinete Neves, na Vila Maria, às 8h:30; Escola Célia Margarida e José Delfim da Mota Branco, Caic, às 9h; Escola Elza Barbosa, na Serra da Mandioca, às 10h, e Escola Ludugero Amâncio, no Povoado Santo Antônio.


Visite o nosso portal:
http://www.palmeiradosindios.al.io.org.br/


Deixe um comentario