Mais uma frustração: Desde 2009, CSA não consegue avançar para a terceira fase da Copa do Brasil

Mais uma frustração: Desde 2009, CSA não consegue avançar para a terceira fase da Copa do Brasil

 

 

Na noite dessa terça-feira (13), o CSA amargou mais uma eliminação na Copa do Brasil. Em 2021, o time azulino caiu nos pênaltis para o Remo, no Rei Pelé, após empate em 1 a 1 no tempo regulamentar. Mas, nos últimos anos, eliminações precoces na competição têm virado rotina no clube.

Em 2013, a CBF começou uma reformulação total na competição, aumentando o número de participantes e, também, a premiação, consideravelmente. Com isso, times de menor expressão apostam todas as suas fichas em uma classificação na Copa do Brasil, para garantir a renda do ano, em alguns casos.

Por conta disso, cada vez mais, esses clubes menores aprontam zebras nas primeiras fases. E o CSA vem sofrendo muito com isso. Desde 2009, o Azulão não consegue avançar para a terceira fase. Naquele ano, os azulinos eliminaram o Santos de Neymar e caíram para o Coritiba nas oitavas de final da Copa.

Na primeira metade da última década, o time teve campanhas ruins no Alagoano e ficou de fora da Copa do Brasil em 2010, 2011, 2012, 2015 e 2016. Após a boa competição que fez em 2009, o time só conseguiu chegar à segunda fase da Copa novamente em 2018, quando passou pelo Manaus e foi eliminado pelo São Paulo na fase seguinte.

Já em 2019, a torcida nutria muita esperança no time. Afinal, o time vinha de três acessos consecutivos e disputaria a Série A após muitos anos. Mas a equipe não correspondeu e foi eliminada logo no primeiro jogo para o Mixto-MT.

Em 2020, mais uma eliminação na primeira fase. O CSA foi eliminado pelo Vitória-ES. Na estreia em 2021, o time mostrou estar determinado a quebrar o tabu e conseguiu. Goleou por 5 a 1 o Guarany de Sobral, mas decepcionou ao ser eliminado pelo Remo, amargando mais uma fraca campanha na Copa do Brasil, enquanto vê seu rival CRB empilhar mais uma boa campanha e se garantir na terceira fase pelo segundo ano seguido.

Agora, o CSA volta suas atenções, novamente, para a Copa do Nordeste. No próximo sábado (17), o Azulão visitará o Fortaleza, no Castelão, às 16h, para definir quem se classifica para as semis da competição regional.

Fonte: Gazetaweb.


CRB vira contra o Paysandu fora de casa e se classifica na Copa do Brasil

CRB vira contra o Paysandu fora de casa e se classifica na Copa do Brasil

O CRB visitou o Paysandu na Curuzu e conseguiu sair com a classificação por 2 a 1. A partida desta tarde de terça-feira pela Copa do Brasil demonstrou a força dos visitantes, que souberam atacar, se defender e conseguir a virada de placar de maneira rápida.

Mesmo jogando melhor durante a maior parte do primeiro tempo, o CRB teve dificuldades de finalizar a boa quantidade de chances que criou. Com isso, deu espaço para o Paysandu abrir o placar aos 43 minutos, com Israel. O lateral recebeu passe de Paulinho, driblou Diego Ivo e confirmou a vantagem para os donos da casa.

O golpe acordou a equipe visitante, que levou apenas dois minutos para empatar a partida, com o meia Diego Torres. O camisa 10 aproveitou sobra de bola na área do Paysandu e chutou forte com a perna esquerda para deixar tudo igual na Curuzu.

Logo na volta do intervalo, o CRB construiu sua vantagem no placar. Aos 2 minutos, Hyuri aproveitou cruzamento na área dos donos da casa para virar o jogo. A equipe visitante seguiu jogando melhor, mas não conseguiu mais gols para aumentar a diferença na partida.

Assim como no primeiro tempo, o Paysandu voltou a jogar melhor nos minutos finais e conseguiu pressionar o CRB, mas não chegou ao gol de empate para levar a decisão para as cobranças de pênalti.

Com a vitória fora de casa, o CRB avança para a terceira fase na Copa do Brasil.

Fonte: Todo Segundo.


Tóquio ainda lamenta casos de covid-19 a 100 dias da Olimpíada

Tóquio ainda lamenta casos de covid-19 a 100 dias da Olimpíada

 

 

Tóquio ainda lamenta casos de covid-19 a 100 dias da Olimpíada

Pesquisa garante que 72% da população não quer Jogos no atual cenário da pandemia. COB já promoveu mudanças na delegação

Japão registrou até agora 506 mil casos e 9,3 mil mortos pela covid-19

Japão registrou até agora 506 mil casos e 9,3 mil mortos pela covid-19

KIM KYUNG-HOON/REUTERS – 1/12/2020

Os Jogos Olímpicos Tóquio 2020 por enquanto estão sob o lema “tudo certo e nada resolvido”. A cem dias da competição adiada em um ano, a capital japonesa ainda lamenta números significativos da covid-19 apesar do avanço da vacinação. Uma pesquisa publicada na última segunda-feira (12) garante que mais de 72% da população não quer a maior competição esportiva em meio à pandemia do coronavírus. Por outro lado, os organizadores reforçam protocolos para que tudo aconteça com segurança entre 23 de julho e 8 de agosto.

De acordo com a agência Kyodo News, 39,2% dos japoneses querem que os Jogos Olímpicos sejam cancelados; enquanto 32,8% são a favor de outro adiamento, o que na prática não é possível nas regras do COI (Comitê Olímpico Internacional), mais especificamente no artigo 6 da Carta Magna, essa ainda dos tempos do Barão de Coubertin, que diz que uma Olimpíada é um intervalo de quatro anos consecutivos. Por isso, Tóquio 2020 não poderia ultrapassar o limite do verão do hemisfério norte.

Tóquio ainda lamenta casos de covid-19 a 100 dias da Olimpíada

Pesquisa garante que 72% da população não quer Jogos no atual cenário da pandemia. COB já promoveu mudanças na delegação

Japão registrou até agora 506 mil casos e 9,3 mil mortos pela covid-19

Japão registrou até agora 506 mil casos e 9,3 mil mortos pela covid-19

KIM KYUNG-HOON/REUTERS – 1/12/2020

Os Jogos Olímpicos Tóquio 2020 por enquanto estão sob o lema “tudo certo e nada resolvido”. A cem dias da competição adiada em um ano, a capital japonesa ainda lamenta números significativos da covid-19 apesar do avanço da vacinação. Uma pesquisa publicada na última segunda-feira (12) garante que mais de 72% da população não quer a maior competição esportiva em meio à pandemia do coronavírus. Por outro lado, os organizadores reforçam protocolos para que tudo aconteça com segurança entre 23 de julho e 8 de agosto.

De acordo com a agência Kyodo News, 39,2% dos japoneses querem que os Jogos Olímpicos sejam cancelados; enquanto 32,8% são a favor de outro adiamento, o que na prática não é possível nas regras do COI (Comitê Olímpico Internacional), mais especificamente no artigo 6 da Carta Magna, essa ainda dos tempos do Barão de Coubertin, que diz que uma Olimpíada é um intervalo de quatro anos consecutivos. Por isso, Tóquio 2020 não poderia ultrapassar o limite do verão do hemisfério norte.

Ainda segundo a agência de notícias japonesa, 24,5% dos entrevistados desejam que os Jogos aconteçam como agora estão sendo previstos. Há pouco mais de um mês, o governo e os organizadores estabeleceram a medida mais drástica depois do adiamento. O público estrangeiro estará proibido de frequentar as competições, enquanto as próprias capacidades das arenas estarão reduzidas para os residentes no Japão. As medidas, claro, são para frear a disseminação de variantes do coronavírus.

Na última segunda mesmo, o Japão iniciou o período de um mês com medidas “quase emergenciais”, como foi denominado na imprensa local, para frear a contaminação e assim a propagação do que seria uma quarta onda da covid-19. O ressurgimento de infecções inclusive é a principal preocupação dos japoneses no momento. Até agora, foram 506 mil casos, sendo 2,7 mil nas últimas 24 horas, 464 mil recuperados e 9,3 mil pessoas mortas pela covid — o país tem cerca de 126 milhões de habitantes.

Preocupação do COB

Como nem só de atletas é feita uma edição dos Jogos Olímpicos, o próprio COB (Comitê Olímpico do Brasil) entendeu que precisaria enxugar a delegação brasileira na tentativa de preservar a saúde de quem estará na capital japonesa. A entidade cancelou programas que levariam ex e jovens atletas para Tóquio com a finalidade de promover intercâmbio e ambientação.

Mesmo entre os dirigentes, haverá uma diminuição considerável de representantes. Além de integrantes de cada Missão, apenas o presidente Paulo Wanderley e o CEO Rogério Sampaio estarão no local.

“Essa é mais uma ação do COB que reforça a prioridade nas funções e serviços com impacto direto na performance e na segurança de todos os integrantes da delegação brasileira em Tóquio”, diz o comitê.

Fonte: R7.


MENGÃO É BICAMPEÃO DA SUPERCOPA DO BRASIL

MENGÃO É BICAMPEÃO DA SUPERCOPA DO BRASIL

 

BICAMPEÃO! Na grande decisão da Supercopa do Brasil, disputada na manhã deste domingo (11) no Mané Garrincha, o Flamengo empatou no tempo normal com o Palmeiras por 2 a 2. Os gols do título rubro-negro foram marcados por Gabigol e Arrascaeta. A partida foi decidida numa disputa de pênaltis emocionante, com o Mengão levando a melhor e vencendo por 6 a 5. Com a conquista, o Mais Querido levantou o segundo título consecutivo da competição.

O jogo
Com um minuto de jogo, o Palmeiras abriu o placar com Raphael Veiga: 1 a 0. Aos poucos, o time rubro-negro colocou a bola no chão e tentava sair trocando passes na intermediária do Palmeiras. Aos 19’, o Flamengo chegou com perigo pela primeira vez. Bruno Henrique entrou pelo lado direito da área, tocou de calcanhar para Isla, que rolou para Arrascaeta na área. O uruguaio bateu de primeira e a bola passou muito perto do travessão.

Na sequência, aos 22’, o Mengão deixou tudo igual no placar. Arrascaeta encontrou Filipe Luís dentro da área, o lateral deu um belo drible em Gustavo Gomez e finalizou na trave. No rebote, Gabigol, bem posicionado, só empurrou para o fundo da rede: 1 a 1.

Aos 44’, Gabigol fez jogada individual e tocou para Bruno Henrique. O atacante ficou cara a cara com Weverton, que salvou com a ponta dos dedos. Logo em seguida, o Rubro-Negro conseguiu a virada! Arrascaeta recebeu pela esquerda, foi cortando pro meio, limpou a marcação e chutou colocado no canto direito do goleiro, que nem se mexeu. Um golaço! O Mais Querido foi para o intervalo na frente: 2 a 1.

Na volta para o segundo tempo, o time rubro-negro continuou valorizando a posse de bola e tentava encontrar espaços na defesa alviverde. Aos 10’, Arão tocou para Gabigol na entrada da área, que mandou muito perto do gol. Aos 28’, o Palmeiras empatou com Raphael Veiga, em cobrança de pênalti: 2 a 2.

Aos 39’, Vitinho dentro da área cortou a marcação e chutou forte. Weverton espalmou e a bola ainda tocou na trave. A partida terminou empatada no tempo normal e foi para os pênaltis.

Nas penalidades, brilhou a estrela de Diego Alves, que pegou três cobranças e foi fundamental na vitória rubro-negra por 6 a 5, garantindo o bicampeonato da Supercopa do Brasil e fazendo a alegria da Nação espalhada pelo mundo inteiro!

Próximo compromisso
O Mais Querido volta a campo na próxima quarta-feira (14) para disputar o clássico contra o Vasco, às 21h, no Maracanã, pela 9ª rodada do Campeonato Carioca.

Escalação do Flamengo
Diego Alves; Isla (Matheuzinho), Rodrigo Caio, Willian Arão e Filipe Luís; Diego (João Gomes) , Gerson (Pepê), Everton Ribeiro (Vitinho) e Arrascaeta; Bruno Henrique (Michael) e Gabi.
Técnico: Rogério Ceni.

Fonte: Flamengo.


CSE sai na frente duas vezes, mas cede empate para o Jacyobá no fim

CSE sai na frente duas vezes, mas cede empate para o Jacyobá no fim

O CSE ficou duas vezes na frente do placar, mas não conseguiu segurar a vantagem e empatou em 2 a 2, com o Jacyobá na tarde deste domingo (11), no Estádio Edson Matias, em Olho D’água das Flores, pela 6ª rodada do Campeonato Alagoano.

O Tricolor de Palmeira dos Índios, vencia por 2 a 1, quando sofreu o gol de empate aos 42 minutos o segundo tempo. Apesar do esforço das equipes, o resultado foi ruim para os dois lados. Com o resultado, o CSE segue na 4ª colocação, com 08 pontos conquistados. Já o Jacyobá é o 6º colocado, com seis pontos.

O CSE volta a campo no dia 21 de abril, quarta-feira, às 20h, contra o CRB no Rei Pelé, em Maceió. Já o Jacyobá folga na 7ª rodada.

Fonte: Todo Segundo.


CRB vence o CEO por 2 a 1 e assume a liderança do Alagoano

CRB vence o CEO por 2 a 1 e assume a liderança do Alagoano

 

Com um time alternativo, o CRB conseguiu vencer o CEO, na noite desta quarta-feira (7), por 2 a 1, e é o líder isolado do Campeonato Alagoano. Os gols do Galo foram assinalados por Hyuri, um belo gol, por sinal, no primeiro tempo, e por Lucão, de pênalti, na segunda etapa. E o CEO marcou com Roger, de pênalti, também no segundo tempo. O duelo foi válido pela 6ª rodada do Estadual, no Estádio Edson Matias, em Olho d’Água das Flores.

E com este resultado, o CRB soma 12 pontos, assumindo a liderança, enquanto o CEO segue na lanterna (9º lugar), com apenas um ponto somado.

Agora o Galo terá a partida com o Altos, no próximo sábado (10), às 16h, pela última rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste, no Rei Pelé. Detalhe: com o empate entre ABC e 4 de Julho, por 2 a 2, em Natal-RN, nesta quarta, o Galo se classificou antecipadamente para o mata-mata do Nordestão.

Já no dia 13, o Regatas faz um jogo eliminatório contra o Paysandu, pela Copa do Brasil, em Belém-PA. Pelo Alagoano, o time de Roberto Fernandes terá como próximo adversário o CSE, no Trapichão, mas a data e o horário ainda serão definidos. E o CEO terá pela frente o ASA, no Estadual, em Olho d’Água, também sem hora e dia definidos.

Tempo inicial

Quem chegou primeiro foi o CEO, aos 2 minutos: Dannyel ficou com a sobra e arriscou, mas a bola foi um pouco torta e se perdeu pela linha de fundo. O time do CRB tinha mais iniciativa de jogo, mas o CEO tentava chegar nos contra-ataques. Só que quem abriu o placar foi o Galo e não demorou: foi aos 12 minutos. Hyuri recebeu o passe do campo de defesa e encobriu o goleiro Matheus, fazendo um belo gol, no primeiro lance regatiano no ataque: 1 a 0.

Aos 18 minutos, o CEO teve uma falta em seu favor. Palhinha bateu mandando direto para o gol, a bola desviou na barreira e saiu pela linha de fundo em escanteio para o Tricolor do Sertão, que foi cobrado por ele mesmo, mas foi para o outro lado do campo. Aos 19 minutos houve uma jogada perigosa do CEO. Wesley tentou uma bicicleta dentro da área do CRB, mas levantou demais o pé e o árbitro deu o lance perigoso.

O jogo passava dos 25 minutos na primeira etapa e sem muitos lances de perigo dos dois lados. O que se viu foi um festival de cartões amarelos distribuídos para os dois times. Aos 32 minutos, o CEO tentou. Palhinha desceu pela esquerda do ataque, chegou à linha de fundo, cruzou forte e o goleiro Diogo Silva deu um soco na bola pra afastar da área regatiana. Aos 33 minutos, de novo o CEO chegou, quando Dannyel ficou com a bola na entrada da área e arriscou, mas a redonda subiu muito.

O time de Olho d’Água teve uma falta aos 39 minutos, que foi cobrada por Palhinha, mas Páscoa afastou e, na sequência, a bola foi levantada na área do CRB e o goleiro do Galo cedeu escanteio. Palhinha cobrou mas a zaga regatiana afastou o perigo. O final da primeira etapa passou a ficar mascado e o CRB apenas deixava o CEO ficar com a bola.

O árbitro decretou quatro minutos de acréscimos e a etapa inicial foi encerrada aos 49 minutos, com a vitória parcial do CRB, pelo placar de 1 a 0.

Etapa final

Logo no início o CEO tentou, pela primeira vez, ao chegar ao ataque com velocidade, e, na bola pelo alto, Wesley foi predominante, mas não acertou o gol, pois a bola foi apenas em tiro de meta para o CRB.

O jogo não mudou muito em relação ao primeiro tempo. A iniciativa era do CEO, que buscava o empate. Quanto ao Galo, tentava a transição rápida, mas não atacava o CEO com muita volúpia. Chegando aos 15 minutos de bola rolando e os goleiros ainda não tinham trabalhado na segunda etapa. Jogo fraco.

Aos 18 minutos, o CEO seguia no ataque e chegou, com uma cobrança de falta. Palhinha bateu forte, tirando da barreira e a bola passou perto do travessão do CRB, indo em tiro de meta. O tempo passava, se aproximava dos 25 minutos e o jogo seguia fraco, sem emoções.

De tanto tentar, o CEO conseguiu o gol de empate. E foi de pênalti. Aos 26 minutos, Palhinha bate o escanteio, a bola ficou viva na área do CRB e o árbitro assinalou a penalidade para o time de Olho d’Água. Aos 28 minutos, Roger bateu forte, no meio do gol, e deixou tudo igual no placar: 1 a 1.

Aos 30 minutos, de novo o CEO chegou com perigo. Andrezinho recebeu do lado esquerdo e bate bem no meio, mas viu Diogo salvar o CRB da virada. Mas, aos 34 minutos, o Galo teve um pênalti em seu favor. Ewandro avançou em velocidade, passou para Hyuri, que entrou na área do CEO e foi tocado por Gaspar. Não deu outra: o árbitro marcou a penalidade que foi cobrada aos 36 minutos, por Lucão. Ele bateu bem, deslocando Matheus e colocou o CRB de novo na frente do placar: 2 a 1.

O árbitro determinou quatro minutos de acréscimos à etapa final e, aos 49 minutos, Denis Ribeiro Serafim encerrou o jogo no Estádio Edson Matias, em Olho d’Água, com a vitória do CRB sobre o CEO, por 2 a 1.

CEO – Matheus; Dannyel, Alex, Cleriston e Anderlan (Andrezinho) (Pedro Henrique); Bruno Kabelo (Pêpa), Gaspar, Palhinha e Deda; Wesley (Mika) e Róger. Técnico: Humberto.

CRB – Diogo Silva; Luca Caio (Lucão), Matheus Stockl, Páscoa e Hugo (Darlisson); Jiménez (Carlos Jatobá), Olívio e Dudu (Darli); Hyuri, Régis (Wellington) e Ewandro. Técnico: Roberto Fernandes.

Árbitro – Denis Ribeiro Serafim (CBF).

Auxiliares – Ruan Luiz de Barros (CBF) e Fernanda Felix da Silva (CBF).

Quarto árbitro – Carlos Alberto Matias Eloi (FAF).

Fonte: Estadão Alagoas.

 

 


Supercopa pode render até R$ 5 milhões ao Flamengo; veja programação do time

Supercopa pode render até R$ 5 milhões ao Flamengo; veja programação do time

 

 

Campeão da edição de 2020, quando bateu o Athletico, o Flamengo disputa este ano novamente a Supercopa do Brasil, desta vez contra o Palmeiras. Se vencer, a equipe rubro-negra terá direito a R$ 5 milhões de premiação da CBF. Se perder, a quantia cai para R$ 2 milhões.

Apesar da ausência de público, os números não foram alterados em relação a 2020, quando o Mané Garrincha recebeu um grande público, com direito a show sertanejo antes de a bola rolar. Outros tempos.

Diante da queda de receita por da falta de bilheteria e da fuga de sócios-torcedores, a premiação seria importante para o clube, que tem um orçamento mais enxuto este ano.

A CBF promete mais rigidez na testagem de Covid e também nos protocolos de deslocamento e hospedagem das delegações.

Flamengo chega a Brasília na sexta

Para cumprir o planejamento da organização da competição, a delegação rubro-negra vai chegar em Brasília no fim da tarde de sexta. No sábado pela manhã, treina no CT do Brasiliense, e à tarde haverá a coletiva de imprensa dos dois técnicos e capitães.

A partida será às 11h de domingo, no estádio Mané Garrincha, e o retorno ao Rio de Janeiro será logo após o jogo. A Supercopa terá transmissão ao vivo da Globo, SporTV e ge.

Fonte: Globo Esporte.


Conmebol adia e muda local de jogo entre Independiente Del Valle e Grêmio pela Libertadores

Conmebol adia e muda local de jogo entre Independiente Del Valle e Grêmio pela Libertadores

 

 

Após o Grêmio confirmar dois casos de Covid-19 no elenco, a Conmebol tomou a decisão de adiar o duelo do Tricolor contra o Independiente Del Valle. Inicialmente, o jogo seria nesta quarta-feira, mas agora irá acontecer na sexta-feira, a partir das 19h15 (Horário de Brasília).

Além do dia, a Conmebol também alterou o local do confronto. Antes marcado para a Quito, o duelo vai acontecer em Assunção, na capital do Paraguai. O Grêmio ainda não confirmou quando será o deslocamento para a cidade paraguaia.

Até o momento, a partida da volta entre os clubes está agendada para a próxima quarta-feira, dia 14 de abril, em Porto Alegre.

Fonte: Globo Esporte.


CSE lança ingresso virtual para jogo contra o Jaciobá

CSE lança ingresso virtual para jogo contra o Jaciobá

 

Com a impossibilidade da presença de público nos estádios, devido à pandemia, o CSE lançou neste domingo (04), o ingresso virtual. O torcedor Tricolor poderá depositar qualquer valor na conta bancária do clube para o jogo contra o Jaciobá.

O objetivo é conseguir um aporte financeiro e, ao mesmo tempo, engajar a torcida durante Campeonato Alagoano.  Mesmo sem torcedores nos estádios desde março do ano passado, a direção do CSE entende que o apoio é fundamental.

O time divulgou nas redes sociais o ingresso virtual e o pagamento poderá ser feito através da conta bancária do clube: Caixa: 0057Operação: 003; Conta: 2554-8. Favorecido: CLUBE SOCIEDADE ESPORTIVA (CSE).

O duelo contra o Jaciobá acontece no domingo (11), às 16h, no Estádio Edson Matias na cidade de Olho D’água das Flores pela 6ª rodada do Estadual. O Tricolor de Palmeira dos Índios é o 4º colocado na competição com 7 pontos conquistados. Uma vitória diante do Jaciobá deixará o CSE a um passo da classificação para próxima fase.

 

Ingresso Virtual

 

 

Fonte: Todo Segundo.


CBF divulga números da pandemia no futebol e defende realização de jogos: “É seguro, responsável e controlado”

CBF divulga números da pandemia no futebol e defende realização de jogos: “É seguro, responsável e controlado”

 

A CBF divulgou na manhã desta quarta-feira, numa transmissão ao vivo por meio do seu canal no Youtube, um relatório da efetividade do protocolo de segurança e combate ao coronavírus e defendeu a continuidade dos campeonatos nacionais, organizados pela entidade, em meio ao auge da pandemia no Brasil.

– A aplicação do protocolo sanitário, com a convicção ainda mais forte que nós já tínhamos no ponto de vista teórico, em agosto, quando retomamos. Mas agora com convicção da aplicação na prática. O futebol é seguro, controlado, responsável e tem todas as condições de continuar – disse Walter Feldman, secretário-geral da CBF, antes de passar a palavra ao médico Jorge Pagura.

Esse é o pior momento da pandemia no Brasil. Nas últimas 24h, 1.954 pessoas morreram no país vítimas da Covid-19, um recorde. Ao todo, o Brasil perdeu 268.568 vidas para o vírus até a noite de terça. Só em março, já são 13.550 mortes registradas em solo brasileiro.

Alguns dados apresentados pelo relatório da CBF:

  • De agosto até o fim da temporada passada, marcada pela final da Copa do Brasil, 367 equipes estiveram envolvidas em competições da CBF em 20 campeonatos diferentes. Foram 2.423 partidas ao todo.
  • Foram realizados testes de Covid nos 26 estados + Distrito Federal. Ao todo, foram 112 municípios brasileiros.
  • Foram feitos 89.052 testes PCR em pessoas envolvidas nas partidas – desses, 13.237 foram atletas. Nenhum jogador entrou em campo sem ser testado. A CBF informou que apenas 2,2% de todos os testes deram positivo.

Em seguida, Pagura, que é o coordenador médico da CBF, apresentou alguns dados e informações sobre o protocolo que explicam a decisão da entidade em seguir com os campeonatos no Brasil.

– Trabalhamos em conjunto para que a gente pudesse realizar nossa atividade. Somos médicos, treinados para salvar e não há nada mais importante que a vida. Reconhecemos também o problema social como perda de empregos. Tentamos unir preservação da saúde de qualquer maneira e tentar elaborar um protocolo que preenchesse alguns preceitos. 1º: segurança de todos; 2º: controlabilidade; 3º: manutenção das atividades. Isso norteou o nosso trabalho – disse Pagura.

“Na curva de ocorrência por 200 mil habitantes, o futebol se dissociou. Quando tem alguns picos, rapidamente volta ao normal. Eram surtos isolados. Tanto que depois baixava”, acrescentou Pagura.

O coordenador médico da CBF concluiu reafirmando o que disse Feldman: que o futebol é uma atividade “segura e responsável”.

– A CBF protegeu os jogadores. Não só isso, ela protegeu quando foi buscar o positivo e tirar ele de circulação. Não só do futebol, mas das atividades do dia a dia. E isso pode realmente ser aplicado para a manutenção de algumas atividades. Eu tenho absoluta convicção que, seguindo as medidas, posso afirmar que o futebol mostrou-se uma atividade responsável e segura.

Caso Valvídia

 

No dia 16 de janeiro deste ano, um caso chamou atenção na Série B do Brasileirão: Valvídia, do Avaí, foi comunicado no intervalo do jogo contra o CSA que havia testado positivo para coronavírus e, portanto, foi retirado da partida.

Convidado para a apresentação do relatório, o epidemiologista Bráulio Roberto Marinho explica o que ocorreu.

– O Valdívia jogou o primeiro tempo da partida, o teste positivo foi comunicado no intervalo. Acompanhamos os 14 dias seguintes no CSA. Três dias depois, 19 testes e nenhum positivo. Seis dias depois, 18 testes e nenhum positivo. Treze dias depois, outros 19 testes e nenhum positivo. Mesmo no cenário extremo, não há a transmissão do vírus em campo – disse.

Ajustes para 2021

 

A CBF também apresentou em seu relatório alguns ajustes que serão aplicadas no protocolo para a temporada 2021 que acabou de começar. Sobretudo, no processo de testagem e acompanhamento de jogadores e membros das comissões técnicas dos clubes.

  • Testes RT-PCR em média 72h antes de cada partida para atletas e EXTENSIVO à comissão técnica no campo de jogo.
  • Testes RT-PCR após 72 horas do retorno da delegação nas rodadas como visitantes, se o intervalo para a partida seguinte exceder cinco dias
  • Notificação compulsória dos casos positivos à Comissão Médica Especial da CBF – obrigatória para análise de liberação do isolamento respiratório.

Fonte: Globo Esporte.


Champions volta com Juventus em busca da virada e esperança de mais gols de Haaland

Champions volta com Juventus em busca da virada e esperança de mais gols de Haaland

Depois de uma semana de pausa, a Liga dos Campeões volta nesta terça-feira para definir seus dois primeiros classificados para as quartas de final. Em Turim, a Juventus, de Cristiano Ronaldo, tenta salvar a temporada e busca a virada contra o Porto, após ter perdido por 2 a 1. Em Dortmund, o Borussia espera pelos gols de Haaland para confirmar a vaga diante do Sevilla depois do 3 a 2 na Espanha.

Juventus x Porto e Borussia Dortmund x Sevilla acontecem nesta terça, às 17h, com acompanhamento em tempo real no ge.

Em campo nos dois jogos, estarão dois dos maiores artilheiros da temporada. Cristiano Ronaldo e Haaland ficam atrás apenas de Lewandowski, do Bayern de Munique, em gols marcados em 2020/21 entre jogadores das equipes das cinco grandes ligas (Alemanha, Espanha, França, Inglaterra e Itália). Veja o Top-5 no momento:

  1. Lewandowski: 37
  2. Haaland: 29
  3. Cristiano Ronaldo: 27
  4. Mbappé: 25
  5. Kane, Messi e Salah: 24

Em seu terceiro ano na Juve, Cristiano vive a fase mais goleadora na equipe. Tem média de quase um gol por partida, com seus 27 marcados em 31 jogos. Contra o Porto, ele passou em branco depois de ter garantido todos os gols da Velha Senhora nos jogos de mata-mata da Champions nas duas temporadas anteriores, contra Atlético de Madrid, Ajax e Lyon.

Antes de chegar à Juventus, Cristiano passou oito anos seguidos no Real Madrid sem cair antes das semifinais. E foi campeão quatro vezes. Na Itália, porém, foi eliminado nas quartas em seu primeiro ano e, na temporada passada, tropeçou diante do Lyon.

Uma vitória por 1 a 0 contra os Dragões dá a vaga à Juve. Atrás de Inter e Milan na briga pelo Deca no Italiano, a Champions é a esperança de um título de expressão para Pirlo em seu primeiro ano à frente da equipe. E o treinador sabe em quem confiar para garantir a vaga.

Estes são os jogos para Cristiano, ele sempre provou isso. Ele seguiu um programa de treinamento especial estes dias, está sereno e ansioso para jogar – declarou o treinador, que poupou seu craque na última rodada da Serie A, diante da Lazio.

O Porto jogou quatro vezes desde que venceu a Juve no Estádio do Dragão: ganhou dois jogos, perdeu um e empatou outro. É cobrado por um melhor desempenho. Mas o técnico Sérgio Conceição não se abala. E garante que não vai mudar o estilo diante da possível pressão do rival.

Em casa ou fora preparamos os jogos de forma igual. Os últimos resultados em casa não foram como nós queríamos, mas não é que nos sintamos mais confortáveis por jogar fora, somos uma equipe grande e o fator casa acredito que com público poderia dar algo mais à equipe, exatamente pela paixão dos torcedores. Mas a preparação é exatamente igual – avaliou.

A Juventus não vai ter Dybala, lesionado, Bentancur, em quarentena com coronavírus, e Danilo, suspenso. Chiellini e Arthur são dúvidas. O Porto vai com força máxima para a partida.

Prováveis escalações:

  • Juventus: Szczęsny; Cuadrado, Bonucci, De Ligt, Alex Sandro; Chiesa, Rabiot, Arthur, Ramsey; Morata, Ronaldo. Técnico: Andrea Pirlo
  • Porto: Marchesín; Manafá, Pepe, Diogo Leite, Zaidu; Sérgio Oliveira, Uribe, Otávio, Corona; Marega, Tarem. Técnico: Sérgio Conceição

Hoje tem gol do Haaland?

O Borussia Dortmund tem caminho pavimentado para garantir o que não consegue desde 2017, quando esteve nas quartas de final pela última vez. Com o triunfo por 3 a 2 na Espanha, os alemães podem perder por um gol de diferença, desde que o Sevilla não faça quatro ou mais gols.

Artilheiro da Champions, com oito gols, Haaland preocupou a torcida ao ser substituído no clássico contra o Bayern de Munique, mas deve ir para o jogo. E se ele está em campo, é quase certo que balance as redes. Na sua carreira, o norueguês atuou em 13 partidas pelo torneio continental. Tem 18 gols e só não marcou em dois jogos.

Técnico do Sevilla, Julen Lopetegui admite preocupação com jovem atacante da equipe alemã, autor de dois gols no jogo de ida. Mas mantém a confiança.

A equipe está viva, convicta, empolgada, querendo jogar a segunda rodada das oitavas de final. Será um jogo difícil e complicado, mas vamos tentar com todas as nossas forças e coragem. É uma grande equipe, que tem Haaland, que é um grande jogador. Mas primeiro vamos enfrentar uma equipe com um grande treinador e jogadores do mais alto nível afirmou o espanhol.

O Sevilla tenta igualar sua melhor campanha na Champions, obtida há três anos. Em 2018, chegou às quartas e foi eliminado pelo Bayern de Munique. Os espanhóis terão o desfalque do lateral Aleix Vidal. O Borussia Dortmund, por suavez, tem uma baixa de peso: Sancho, com problema na coxa.

Prováveis escalações:

  • Borussia Dortmund: Hitz; Meunier, Can, Hummels, Schulz; Delaney; Bellingham, Dahoud; Reus, Hazard; Haaland. Técnico: Edin Terzic
  • Sevilla: Bono; Navas, Koundé, Diego Carlos, Acuña; Jordán, Fernando; Ocampos, Rakitić, Gómez; En-Nesyri. Técnico: Julen Lopetegui.

Fonte: Globo Esporte.

 

 


Ainda em recuperação, Neymar não enfrenta o Barcelona

Ainda em recuperação, Neymar não enfrenta o Barcelona

O atacante Neymar está fora do jogo entre Paris Saint-Germain e Barcelona, marcado para esta quarta-feira, pela Liga dos Campeões. De acordo com comunicado do clube francês desta terça-feira, o brasileiro segue “indisponível”, apesar da rápida recuperação dos últimos dias.

Neymar realizou parte dos treinos com o time na semana passada e vai continuar o seu trabalho de recuperação individual. Uma nova avaliação será feita nos próximos dias – declarou o PSG.

No domingo, o jornal “L’Equipe” chegou a declarar que Neymar seria relacionado para a próxima partida contra o Barça. Esta terça-feira, véspera do jogo, era o dia de definição sobre a sua presença ou não.

Neymar se recupera de uma lesão muscular na coxa esquerda, sofrida na estreia do Paris Saint-Germain na Copa da França, contra o Caen, no dia 10 de fevereiro. Desde então o brasileiro ficou fora de seis partidas (cinco vitórias e uma derrota).

A situação do PSG é confortável para o jogo de volta contra o Barcelona, pelas oitavas de final da Champions. No confronto de ida, do Camp Nou, venceu por 4 a 1 – com três gols de Mbappé.

Fonte: Globo Esporte.


É tetra! Palmeiras vence o Grêmio e conquista a Copa do Brasil

É tetra! Palmeiras vence o Grêmio e conquista a Copa do Brasil

 

O Palmeiras é campeão da Copa do Brasil e termina a temporada 2020 com três títulos. A comemoração da taça veio após o Verdão vencer o Grêmio por 2 a 0 no jogo de volta. Wesley fez o primeiro, e Gabriel Menino deu números finais ao duelo.

Com essa conquista, o Verdão chega ao tetracampeonato na Copa do Brasil, ultrapassando Corinthians e Flamengo e se tornando o 3º maior campeão da copa nacional, atrás de Grêmio e Cruzeiro.

COMEÇO ELÉTRICO

O Grêmio iniciou com muita velocidade e, em menos de dois minutos, chegou com perigo. Vanderson cruzou rasteiro pela direita para Pepê. O camisa 25 se esticou, mas não alcançou a bola. Minutos depois, Alisson arriscou de fora da área, mas o chute foi para fora.

O Palmeiras respondeu com Rony. O camisa 11 foi lançado e avançou com liberdade. No momento da finalização, Paulo Miranda apareceu com um bloqueio essencial, aliviando o perigo.

VERDÃO MARCA, MAS BANDEIRA ANOTA IMPEDIMENTO

Em boa jogada trabalhada, Felipe Melo deu ótimo lançamento para Rony na esquerda. Ele cortou o zagueiro e rolou para Raphael Veiga. De primeira, o meia chutou e marcou, mas o bandeira flagrou impedimento do camisa 11 e o lance foi anulado.

Apesar do susto, o Imortal voltou a chegar com perigo. Aos 22 da etapa inicial, os visitantes organizaram boa tabela. Diego Souza fez o pivô para Maicon, que foi travado no momento do chute.

Ainda sobrou tempo para a equipe da casa ameaçar Paulo Victor com chutes de fora da área de Zé Rafael e Wesley, mas o primeiro tempo terminou sem gols.

LETAL, PALMEIRAS ABRE O PLACAR

Na volta do intervalo, o Grêmio ia ao ataque com mais jogadores, enquanto o Palmeiras diminuía o ritmo. Sem nenhuma alteração, Renato Gaúcho viu sua equipe ficar em desvantagem com 7 minutos da segunda etapa.

Raphael Veiga aproveitou a transição defensiva lenta dos visitantes, se livrou da marcação no meio-campo e avançou. Ele rolou para Wesley na esquerda. O garoto ajeitou e finalizou de pé esquerdo. Paulo Victor resvalou na bola, mas não impediu que ela entrasse.

TRICOLOR GAÚCHO TENTA, MAS MENINO PUNE E SELA O TÍTULO

Após sofrer o gol, Renato fez alterações drásticas em sua equipe, tirando Kanneman e colocando mais jogadores de ataque, como Jean Pyerre, Churín e Ferreira.

No outro lado, Abel Ferreira aumentou a marcação no meio-campo, colocando Mayke e Patrick de Paula, e Gabriel Menino.

Precisando de dois gols, o Grêmio não conseguia criar e ficava longe da meta de Weverton. Por outro lado, Paulo Victor não segurava e cometeu outra falha.

Em novo contra-ataque rápido, Gabriel Menino recebeu na esquerda, driblou o marcador e chutou entre as pernas do goleiro. O Palmeiras sacramentou o placar e terminou a Copa do Brasil com o título e sem conhecer o sabor da derrota na competição.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 2 x 0 GRÊMIO – FINAL COPA DO BRASIL

Data: 07 de Março de 2021
Horário: 18h (horário de Brasília)
Local: Allianz Parque, em São Paulo-SP
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo-RJ
Assistentes: Kléber Lúcio Gil-SC e Bruno Raphael Pires-GO
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira-MG, Gilberto Rodrigues Castro Junior-PE e Leone Carvalho Rocha-GO.

Fonte: Globo Esporte.

 

 


Em meio à pandemia, Ministério Público vai recomendar à CBF a suspensão do futebol no Brasil

Em meio à pandemia, Ministério Público vai recomendar à CBF a suspensão do futebol no Brasil

Em meio à pandemia de Covid-19 e ao aumento nos números de casos e mortes no Brasil neste início de 2021, o Ministério Público vai recomendar que a CBF suspenda todas as partidas do futebol nacional. Este pedido será realizado por uma carta, que deve ser assinada em conjunto pelos presidentes das comissões estaduais que tratam da segurança nos estádio. A informação foi inicialmente divulgada pelo site “GE”.

Vale destacar que o Brasil registrou nesta quinta-feira o número de 1.786 mortes em 24 horas segundo balanço do consórcio de veículos de imprensa. Com isso, o país já contabilizou 10.796.506 casos e 261.188 óbitos por Covid-19 durante a pandemia.

Em entrevista ao portal “GE”, o presidente da Comissão Nacional de Combate e Prevenção à Violência nos Estádios, o procurador Valberto Lira, da Paraíba, comentou sobre sobre o desejo da entidade de suspender o futebol brasileiro e os riscos da manutenção dos campeonatos estaduais diante do crescimento no número de óbitos no Brasil.

– A Comissão Nacional decidiu emitir uma nota técnica recomendando à CBF a suspensão de toda e qualquer competição por ela organizada, em face da situação que hoje o Brasil atravessa, com o crescente número de pessoas falecidas e contaminadas – disse Valberto Lira.

  • ENTRE

Em meio à pandemia, Ministério Público vai recomendar à CBF a suspensão do futebol no Brasil

Por meio de uma carta, presidente da Comissão Nacional de Combate e Prevenção à Violência nos Estádios irá sugerir a paralisação para conter os avanços da Covid-19

  • Mail
  • Facebook
  • WhatsApp
  • Twitter

Em meio à pandemia de Covid-19 e ao aumento nos números de casos e mortes no Brasil neste início de 2021, o Ministério Público vai recomendar que a CBF suspenda todas as partidas do futebol nacional. Este pedido será realizado por uma carta, que deve ser assinada em conjunto pelos presidentes das comissões estaduais que tratam da segurança nos estádio. A informação foi inicialmente divulgada pelo site “GE”.

Vale destacar que o Brasil registrou nesta quinta-feira o número de 1.786 mortes em 24 horas segundo balanço do consórcio de veículos de imprensa. Com isso, o país já contabilizou 10.796.506 casos e 261.188 óbitos por Covid-19 durante a pandemia.

Em entrevista ao portal “GE”, o presidente da Comissão Nacional de Combate e Prevenção à Violência nos Estádios, o procurador Valberto Lira, da Paraíba, comentou sobre sobre o desejo da entidade de suspender o futebol brasileiro e os riscos da manutenção dos campeonatos estaduais diante do crescimento no número de óbitos no Brasil.

– A Comissão Nacional decidiu emitir uma nota técnica recomendando à CBF a suspensão de toda e qualquer competição por ela organizada, em face da situação que hoje o Brasil atravessa, com o crescente número de pessoas falecidas e contaminadas – disse Valberto Lira.

– Todos os colegas que integram a comissão entendem que se não houver o acatamento dessa recomendação, serão ajuizadas ações em todos os estados. Vivemos uma situação que preocupa a todos e esses deslocamentos de equipes de um estado para outro trará mais possibilidade de contágio – acrescentou.

Valberto Lima também se manifestou contra a realização de jogos de futebol no estado da Paraíba. Nesta carta, que será enviada à CBF, o presidente sugere o cancelamento do duelo entre Treze e Altos, válido pela Copa do Nordeste, no próximo sábado. Além desse confronto, ele quer a suspensão do jogo entre Campinense e Bahia na terça, pela Copa do Brasil.

Na última quarta, o técnico Lisca, do América-MG, se pronunciou e fez um apelo antes da partida contra o Athletic, pelo Campeonato Mineiro. O profissional relembrou que treinadores já faleceram vítimas da Covid: Marcelo Veiga e Ruy Scarpino, e outros colegas foram hospitalizados ao testarem positivo para a doença. Essa declaração aumentou o debate acerca de uma nova paralisação do futebol no Brasil.

Eu faço um apelo à CBF para dar um tempo nessa Copa do Brasil. Para que a gente adie um pouco esses jogos, né? Nós vamos jogar só no dia 18, talvez até lá. Mas, tem jogos já agora na próxima quarta-feira. E eu tenho certeza que meus colegas também estão preocupados. Eu sou pai de família, tenho duas filhas e uma esposa. Eu quero viver, gente – disse Lisca.

Por fim, cabe salientar que dois estados já suspenderam de maneira oficial seus campeonatos: Ceará e Santa Catarina. Por outro lado, a CBF ainda não se manifestou sobre o assunto.

Fonte: Gazetaweb.


CSA goleia o CEO por 5 a 0 e assume a liderança do Alagoano

CSA goleia o CEO por 5 a 0 e assume a liderança do Alagoano

 

Invicto no Campeonato Alagoano, o CSA fez mais uma vítima na noite desta quarta-feira. No Estádio Rei Pelé, em Maceió, o Azulão do Mutange aplicou sonoros 5 a 0 no CEO. Com isso, assume a primeira posição na classificação e afunda o rival, mantendo-o próximo da zona de rebaixamento.

Mesmo pressionando durante o primeiro tempo, o CSA não conseguiu abrir o placar. No segundo tempo, contudo, deslanchou. Aos 5, Dellatorre inaugurou o marcador. Aos 10, Fabrício fez o segundo. Aos 33, Dellatorre, novamente, marcou o terceiro. Aos 36, Bruno Mota fez o quarto. Aos 38, Silas fechou o placar e selou a goleada em 5 a 0.

COMO FICOU

Com a vitória, o CSA assume a liderança do Campeonato Alagoano, chegando aos 7 pontos. O Azulão do Mutange ainda pode ser ultrapassado na rodada por CRB e Desportivo Aliança. Derrotado, o CEO segue na sétima posição com um ponto, ficando a frente apenas de CSE e Coruripe – e, por consequência, fora do rebaixamento.

PRÓXIMOS JOGOS

A terceira rodada do Campeonato Alagoano segue por mais uma semana. No sábado (6), o CSE recebe o Coruripe no Juca Sampaio, em Palmeira dos Índios, às 17. No domingo (7), o Jaciobá recebe o Murici no Elísio da Silva Maia, em Pão de Açúcar, às 16h. Na quarta-feira (10), o CRB duela diante do Aliança em jogo direto pela liderança, às 20h.

Fonte: Gazetaweb.

 


Fernando Alonso está totalmente em forma para pré-temporada, garante CEO da Alpine

Fernando Alonso está totalmente em forma para pré-temporada, garante CEO da Alpine

 

CEO da equipe Alpine, Laurent Rossi garantiu que Fernando Alonso está totalmente em forma para os testes de pré-temporada da Fórmula 1 na próxima semana, no Barein. No mês passado, o bicampeão mundial sofreu um acidente ciclístico na Suíça e fraturou o maxilar superior, além de ter quebrado alguns dentes, mas não teve nada mais grave. Alonso já retomou a preparação física, mas não esteve no lançamento do carro da Alpine, o que gerou questionamentos sobre a sua condição.

Fernando está muito bem. Ele teve um grave acidente. Um acidente de bicicleta raramente é algo fácil, mas ele teve sorte e acabou sofrendo apenas com o maxilar. Então, além da cirurgia necessária e dos cuidados com o maxilar, o resto está totalmente bem. O Fernando está em plena forma. Ele está totalmente operacional. Estamos até surpresos que ele tenha se recuperado tão rapidamente. Ele nos confirmou quase imediatamente após o incidente que estará no Bahrein, o que foi confirmado com seus médicos – disse Rossi.

O diretor executivo do time, Marcin Budkowski, ressaltou que o importante é deixar Alonso à vontade nos dias que antecedem os testes para valer com o novo carro da Alpine:

– É mais importante tê-lo completamente em forma a tempo para o teste no Barein do que tê-lo aqui para o lançamento, ou tê-lo pilotando o carro no shakedown. Além disso, quando alguém está se recuperando de um acidente e você tem restrições de viagem e quarentena, etc., não é a melhor situação. Portanto, vamos manter Fernando 100%, dar-lhe tempo para recuperação e prepará-lo para os testes do Bahrein – comentou Budkowski.

Aos 39 anos de idade, Fernando Alonso volta à Fórmula 1 em 2021 depois de duas temporadas de afastamento desde sua última corrida, em Abu Dhabi-2018, pela McLaren. O espanhol terá como companheiro de equipe o francês Esteban Ocon, que faz nesta quarta-feira o teste de checagem dos componentes do novo carro, em Silverstone.

Fonte: Gazetaweb.