Suspeitos de assaltos a banco mortos em confronto, agiam no Nordeste, diz delegado

Suspeitos de assaltos a banco mortos em confronto, agiam no Nordeste, diz delegado

Os 11 suspeitos de assaltos a bancos mortos na tarde desta quinta-feira (08), durante confronto com a polícia em Santana do Ipanema, Sertão de Alagoas, agiam no Nordeste. A informação é do delegado Fábio Costa, que está à frente da Divisão Especial de Investigação e Captura (Deic).
De acordo com o delegado, entre os integrantes que morreram durante confronto, há suspeitos de Alagoas, Bahia, Sergipe e Pernambuco. “Estamos ligações das polícias civis de todo o nordeste, inclusive da Polícia Federal dando conta de outras ações desses indivíduos, entre o grupo havia três grandes explosivistas procurados no nordeste”, disse.
O delegado disse ainda, os suspeitos estavam escondidos na residência onde dividiram dinheiro roubado do banco Bradesco de Águas Belas (PE). “Ainda estamos concluindo o levantamento da ficha criminal dos suspeitos para passar mais detalhes até o fim do dia”, concluiu o delegado.
De acordo com a Polícia Civil, o grupo teria uma agência do Bradesco na cidade de Águas Belas, em Pernambuco, e foram surpreendidos pela polícia em uma residência localizada entre os municípios de Dois Riachos e Santana do Ipanema. No local, os policiais apreenderam dois fuzis, metralhadoras, balaclavas, munições e explosivos. Um carro que seria utilizado nos crimes, também foi apreendido. A operação, batizada como Cavalo de Tróia, foi coordenada pelos delegados Fábio Costa, Cayo Rodrigues e Thiago Prado.


Deixe um comentario