Professora Helenice Lopes morre aos 51 anos vítima da Covid-19 em Palmeira

Professora Helenice Lopes morre aos 51 anos vítima da Covid-19 em Palmeira

A professora Helenice Lopes, 51 anos, vice-presidente do Sinteal – Sindicato dos Trabalhadores de Educação do Estado de Alagoas, Núcleo Regional de Palmeira dos Índios, morreu na manhã desta segunda-feira (03), devido a complicações da Covid-19.

De acordo com informações do Sinteal, Helenice Lopes, estava internada no Hospital Regional Santa Rita desde o dia 26 do mês passado e com o passar dos dias o quadro foi se agravando. A professora estava um pouco acima do peso, mas sem comorbidades.

Por meio de nota, a prefeitura de Palmeira, lamentou a marte de Helenice Lopes, afirmando que a professora foi uma guerreira e muitas vezes ergueu a voz em defesa da Educação, classe que ela sempre lutou e respeitou com igualdade.

Confira a nota na íntegra

A Prefeitura de Palmeira dos Índios lamenta, com pesar, a morte da professora Helenice Lopes, vice-presidente do Sinteal Regional, ocorrida nesta segunda-feira (3), no Hospital Santa Rita, vítima da Covid-19. Helenice foi uma guerreira e muitas vezes ergueu a voz em defesa da Educação, classe que ela sempre lutou e respeitou com igualdade.

 

À família e amigos enlutados prestamos a nossa solidariedade e desejamos o conforto e consolo que só Deus pode oferecer neste momento de intensa dor.

 

Prefeitura de Palmeira dos Índios.

Fonte: Todo Segundo.


Deixe um comentario