Prefeitura de Palmeira investe no pequeno agricultor para a produção de peixes

Prefeitura de Palmeira investe no pequeno agricultor para a produção de peixes

Lucianna Araújo/Assessoria
Fotos: Assessoria

Incentivar o fortalecimento de cadeias produtivas, do pequeno produtor e da economia local é compromisso do Governo de Palmeira dos Índios. E por pensar assim, a prefeitura, por meio das secretarias municipais de Desenvolvimento Econômico e Turismo e de Agricultura, iniciou um trabalho com os pequenos produtores da região em busca do incremento das cadeias, com geração de renda e aumento da produção. Desta vez, o foco está voltado para a piscicultura. A primeira comunidade a ser beneficiada é a de Mandacaru de Cima. Lá, as máquinas da prefeitura trabalham para ajudar os produtores. Além disso, eles contam com o auxílio dos técnicos das duas secretarias, que apontam os direcionamentos de como alavancar a criação e a produção.

De acordo com a secretária Cléa Carvalho, a Sedetur realizou, no ano passado, uma pesquisa do mercado de peixe no município. Foi constatado que são comercializados 7 toneladas por semana do produto, nas feiras livres e no mercado público da cidade, o que mostrou um forte potencial da cadeia da piscicultura. Mas também foi levantado um dado curioso. “Levantamos que todo esse peixe vinha de fora do município. Antes de iniciarmos um trabalho de fortalecimento de uma cadeia produtiva, fazemos a pesquisa e o levantamento do consumo daquele produto. E levantamos que todo esse peixe vinha de outras regiões. Então, se tem o potencial de comercialização, o produto poderia sair de dentro do próprio município. Reunimos alguns produtores e incentivamos a produção do peixe. Foi aí que os técnicos da Sedetur e da Secretaria de Agricultura iniciaram os trabalhos para aumentar a capacidade do psicultor de Palmeira, que ainda é um número pequeno”, explicou a secretária.

E continuou. “Vimos, também, a possibilidade de introduzir o filé de tilápia na merenda escolar dos nossos alunos. Por isso, a prefeitura incentiva o pequeno produtor, pois o médio e o grande aceleraram a produção local. Na Semana Santa deste ano já vimos esse resultado, pois os médios e grandes produtores forneceram uma parte do peixe para a distribuição que a prefeitura faz, anualmente. Foram 16 toneladas. Agora, a prefeitura vai incentivar e investir no pequeno produtor, cedendo equipamentos e máquinas para que eles possam fornecer o peixe para a merenda. Iniciamos a perfuração dos poços pela comunidade de Mandacaru de Baixo para que os produtores iniciem a produção do peixe, orientados pela Sedetur e Secretaria de Agricultura”, completou Cléa Carvalho.

O prefeito Júlio Cezar disse que para promover o desenvolvimento é necessário conhecer a capacidade e o potencial do município. “Temos um grande potencial na agricultura, na psicultura, na produção de frango, de frutas, legumes e hortaliças. Conhecendo essas potencialidades, temos como ajudar o pequeno agricultor e investir para que ele aumente a sua produção. O trabalho desenvolvido pela Sedetur e pela Secretaria de Agricultura é brilhante. Já colocamos o frango, legumes e verduras no cardápio dos nossos alunos, comprados da agricultura familiar, por meio do Pnae, e faremos o mesmo com o peixe. Fortalecer a nossa agricultura é fortalecer a economia local”, afirmou o prefeito.


Visite o nosso portal:
http://www.palmeiradosindios.al.io.org.br/


Deixe um comentario