Operação prende vereadores suspeitos de desvios na Câmara de São Brás

Operação prende vereadores suspeitos de desvios na Câmara de São Brás

Uma operação da Polícia Civil (PC), deflagrada no começo da manhã desta segunda-feira (28), prendeu cinco pessoas, sendo dois vereadores e três servidores de São Brás, no interior de Alagoas, suspeitos de envolvimento em desvios de dinheiro público na Câmara de Vereadores daquele município.

Dentre os presos, estão o atual presidente da Câmara de São Brás, Antônio Bezerra Filho, e o vereador Klinger Quirino, que é candidato a prefeito do município, pelo MDB.

Os policiais cumpriram cinco mandados de prisão e mais 15 de busca e apreensão, todos expedidos pelos juízes que compõem a 17ª Vara Criminal da Capital.

As ordens judiciais foram cumpridas nos municípios de São Brás, Porto Real do Colégio e, também, em Maceió, especificamente no condomínio de luxo Aldebaran, na parte alta.
De acordo com a polícia, documentos de cunho eleitoral foram apreendidos nesta ação, além de três armas de fogo e dinheiro em grande quantidade.

Os presos serão ouvidos pelos delegados Thiago Prado e Antônio Edson, que estão à frente das investigações. Eles comandam as Delegacias de Roubo de Cargas e de Crimes contra a Ordem Tributária (DERC e DECCOTAP), respectivamente. Policiais de outras unidades da PC também foram mobilizados para esta operação.

Mais detalhes sobre os mandados cumpridos e a apuração destes desvios serão repassados ao longo do dia.


Deixe um comentario