Mais da metade do eleitorado alagoano não terminou ensino fundamental

Mais da metade do eleitorado alagoano não terminou ensino fundamental

Mais de 50% dos eleitores aptos a votar nas Eleições 2020, em Alagoas, são analfabetos, pessoas que não passaram por educação formal, mas sabem ler e escrever, ou aquelas que não terminaram o ensino fundamental. Ao todo, são mais de 1 milhão de pessoas dentro desses grupos.

De acordo com as estatísticas oficiais do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), somente os analfabetos são 250.813, o que representam 11,3% dos eleitores alagoanos. Outras 294.363 pessoas, que representam 13,26% do eleitorado, declararam à Justiça eleitoral que, apesar de não terem passado por educação formal, sabem ler e escrever o próprio nome e outras palavras.

Já os alagoanos que foram à escola, mas não terminaram o Ensino Fundamental somam 590.856 que representam 26,62%. Sozinho, esse grupo representa um quarto do eleitorado do estado. Os eleitores que terminaram o ensino fundamental somam 98.882 (4,46%). As menores parcelas do eleitorado possuem nível superior completo (5,89%), representando 130.796 eleitores, e 4,14% superior incompleto (91.904).

Eleitorado cresceu

Em Alagoas, 2.219.318 eleitores estão aptos a votar este ano. De 2018 até este ano, o eleitorado local cresceu aproximadamente 1,43%. Nos 102 municípios alagoanos, apenas 128 eleitores solicitaram a inclusão do nome social e 12.495 informaram possuir algum tipo de deficiência física.

A maioria do eleitorado é composta por mulheres (1.182.758), representando 53,3%. Os homens somam 1.036.590 eleitores, sendo 46,7% do quantitativo total de eleitores. Deste número, em relação ao estado civil, 65.5% são solteiros, 29.5% são casados, 2,12% são viúvos, 2,26% divorciados e apenas 0,64% são separados judicialmente.


Deixe um comentario