Flamengo: grupo que testou positivo para Covid cumpre quarentena e está liberado

Flamengo: grupo que testou positivo para Covid cumpre quarentena e está liberado

O elenco do Flamengo realizou na manhã desta sexta-feira mais uma bateria de exames para Covid-19. De acordo com os resultados, a comissão técnica avalia se será possível para o grupo que testou positivo no retorno ao Brasil, após viagem ao Equador, realizar alguma atividade no Ninho ainda nesta sexta. Certo é que vão treinar no sábado e ficar à disposição para o duelo com o Athletico, domingo, no Maracanã, independentemente dos resultados dos testes.

O técnico Domènec Torrent também fica liberado para retomar seu trabalho à beira do campo.

Os atletas que testaram positivo para Covid no exame realizado no aeroporto Tom Jobim e completam nesta sexta dez dias de quarentena: Everton Ribeiro, Rodrigo Caio, Léo Pereira, Gustavo Henrique, Thuler, Arão, Renê, Gabriel Batista, Pepê e Gomes.

Pelo protocolo médico da CBF, todos estes jogadores estão liberados para jogar contra o Athletico, após o cumprimento da quarentena de dez dias, desde que estejam assintomáticos. A tendência é de que a comissão técnica repita o critério físico utilizado na partida contra o Independiente del Valle.

Na última quarta-feira, pela Libertadores, Bruno Henrique, Diego, Isla, Filipe Luís, Vitinho e Michael começaram no banco, já que haviam feito apenas uma atividade leve no campo no período de dez dias. Apenas Matheuzinho e Noga, por necessidade, foram titulares. O zagueiro foi o único a atuar os 90 minutos.

Thiago Maia, Pedro e Pedro Rocha são os únicos de todo o elenco que ainda não foram infectados pelo vírus e, portanto, serão os que mais terão cuidados.

Para o duelo com o Athletico neste domingo, Diego Alves ainda é dúvida porque se recupera de um problema no ombro. Gabigol, João Lucas e Pedro Rocha são desfalques por causa de lesão.

Rodrigo Caio e Everton Ribeiro mantidos na Seleção

Dentro do controle para as partidas do Brasil contra Bolívia e Peru, pelas Eliminatórias, o coordenador Juninho Paulista, avaliou o caso com a comissão, que entendeu que não há motivo para corte.

– Nós avaliamos o caso do Rodrigo Caio e Éverton Ribeiro e o do Jesus, de lesão. Discutimos a permanência ou a desconvocação desses atletas. Do Gabriel Jesus foi constatada uma lesão, ele vai ficar fora de três a quatro semanas, então isso já estava bem descartado. Mas os jogadores do Flamengo, fomos saber quantos dias eles vão ficar parados e a comissão entendeu que era suficiente para mantê-los dentro da convocação – disse Juninho Paulista.

Além de Rodrigo Caio e Everton Ribeiro, Isla e Arrascaeta, convocados pelo Chile e Uruguai, respectivamente, desfalcam o Flamengo contra Sport, Vasco e Goiás, pelo Brasileiro.


Deixe um comentario