Confira protocolo para retorno às aulas presenciais nas escolas de Alagoas

Confira protocolo para retorno às aulas presenciais nas escolas de Alagoas

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) publicou, no Diário Oficial do Estado (DOE) desta segunda-feira (26), o protocolo de orientação à gestão escolar para o retorno às aulas presenciais, já autorizadas aos estudantes adultos, por meio de decreto governamental, a partir de hoje.

De acordo com a pasta, o plano de ação deve ser dividido em três etapas, contemplando a preparação da equipe para o retorno, definição da nova rotina no ambiente escolar e monitoramento constante das ações de prevenção e combate à Covid-19.

Pelas regras, a comunidade escolar (alunos e funcionários das unidades de ensino) devem, obrigatoriamente, utilizar máscaras, ter a temperatura corporal aferida diariamente e manter o distanciamento de 1,5 metro entre as pessoas. Além disso, orienta-se que não compartilhem objetos, inclusive cadernos, livros, canetas e borrachas.

As escolas precisam expor cartazes com orientações do protocolo em pontos estratégicos; manter os ambientes, preferencialmente, com ventilação natural; organizar e controlar a entrada de pessoas na escola; disponibilizar o atendimento com hora marcada ou por outros meios de comunicação entre pais e a escola.

Os funcionários devem orientar, na entrada, para que se faça a higienização do solado dos sapatos; direcionar o estudante e trabalhadores para higienização das mãos na entrada da escola; incentivar o uso de álcool em gel ou limpeza com água e sabão; organizar fila com distanciamento de 1,5m para entrada e saída dos estudantes; sinalizar o distanciamento na entrada da escola e nos locais de atendimento ao público com cartazes e adesivos no chão; e exigir o uso de EPI [Equipamento de Proteção Individual] – máscara de tecido, de acrílico e luvas para vigias e funcionários que vão acolher os estudantes, distribuir merenda e atender a comunidade escolar.

Na hora da merenda, todos devem reforçar a higienização das mãos e retirar as máscaras, apenas, para comer, substituindo a proteção por outra limpa. A limpeza com produtos sanitizantes e desinfetantes precisa ser intensificada, da mesma forma, em todos os ambientes da unidade e do transporte escolar.

Funcionários e estudantes com sintomas gripais devem ser orientados, imediatamente, a retornar para casa e procurar atendimento médico, devendo resguardar-se pelo período de quarentena.


Deixe um comentario