63 prefeitos alagoanos entram na disputa da reeleição

63 prefeitos alagoanos entram na disputa da reeleição

Dos 82 prefeitos de Alagoas que poderiam concorrer à reeleição este ano, 63 decidiram registrar as suas candidaturas na Justiça Eleitoral – um saldo de 61,76% entre os 102 municípios alagoanos. Nesses 63 municípios onde há candidatos disputando a reeleição, o sonho de um segundo mandato para prefeito está nas mãos de 1.141.265 eleitores.

Os números fazem parte de um levantamento realizado pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM). Pelo Brasil afora, o cenário é o seguinte: dos 5.568 prefeitos atuais nas cidades brasileiras, 4.398 (79%) estão em seu primeiro mandato, e destes, 3.383 (61% do total) efetivamente vão concorrer a um novo mandato. Um saldo de 1.015 gestores abdicaram de tentar concorrer à reeleição.

O levantamento da CNM não pontua os motivos que levaram alguns prefeitos a desistirem de disputar um segundo mandato, mas acordos com lideranças políticas, decisões partidárias e até mesmo a escassez de recursos para investir nas campanhas fazem parte do repertório de justificativas nos bastidores.

“Os gestores em primeiro mandato estão presentes em quantidades bastante expressivas em todos os Estados”, observa o estudo. Mas, em alguns, quase a totalidade dos atuais prefeitos tinham este direito, como Rondônia (96%), Roraima (93%), Acre (91%), Rio de Janeiro e Amazonas (90%). Os de menor percentual são a Paraíba e o Piauí, com 70% e 69% respectivamente – “que mesmo assim representam a maioria dos municípios”, ressalva a CNM.

Ao analisar a série histórica, a entidade explica que, nas primeiras disputas locais com reeleição, em média, 62% dos que pleiteavam a continuidade no governo obtiveram sucesso. Entretanto, no último pleito, em 2016, esta média caiu bastante. Isso provocou um aumento na quantidade de cidades que podem reeleger seus mandatários nas próximas eleições.

Nessas eleições municipais, o Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL) recebeu 334 registros de candidaturas a prefeito e vices, além de 6.801 para vereador.

Região Nordeste

Quanto às regiões, os percentuais são muito semelhantes. Os percentuais de prefeitos reelegíveis variaram entre 84% e 77% nas regiões, e os de municípios que efetivamente terão candidatos a reeleição ficaram entre 66% e 57%. Em número absoluto de Municípios, a região Nordeste, com 1.134 candidatos, e a região Sudeste, com 1.008, serão as com o maior contingente.


Deixe um comentario