Vítimas de assalto na divisa de AL com PE recebem alta médica

Vítimas de assalto na divisa de AL com PE recebem alta médica

O agropecuarista José Genivaldo Alves Cardoso, 50 anos e seu filho, Vagner Canuto Cardoso, 22 anos, receberam alta médica nesta quarta-feira (06), do Hospital do Agreste, em Arapiraca.

A dupla reagiu a um assalto em uma fazenda, na noite da última terça-feira (05), no Sítio Salgadinho, em Bom Conselho, Agreste de Pernambuco.

Os agropecuaristas reagiram ao assalto, trocaram tiro com a quadrilha de criminosos e acabaram matando dois dos quatro assaltantes durante o confronto na comunidade rural.

Relembre o caso

Uma tentativa de assalto a uma fazenda resultou na morte de dois bandidos no início da noite da última terça-feira (05), no sítio Salgadinho, município de Bom Conselho, no Agreste de Pernambuco. Moradores do imóvel, pai e filho foram baleados.

De acordo com as primeiras informações, os assaltantes teriam chegado a comunidade rural que fica na divisa de Pernambuco com o município de Palmeira dos Índios, estado de Alagoas, em um carro e anunciado o assalto, quando ouve troca de tiros.

O dono da fazenda, o agropecuarista José Genilvaldo Alves Cardoso, 50 anos e seu filho, identificado como Vagner Canuto Cardoso, 22, teriam reagido à tentativa e foram baleados. As vítimas foram socorridas e encaminhadas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), em Palmeira dos Índios e, em seguida, transferidas para o Hospital de Emergência do Agreste, em Arapiraca. Pai e filho não corriam risco de morte.

Já os criminosos, dois deles morreram no local e outros dois conseguiram fugir. Na fuga, a dupla ainda teria tentado sequestrar uma filha do agropecuarista, mas ela conseguiu se livrar ilesa dos bandidos, após seu irmão, mesmo baleado disparar contra o veículo onde estavam os criminosos.


Deixe um comentario