Testes rápidos de dengue, Chikungunyua, Zika e febre amarela são suspensos

Testes rápidos de dengue, Chikungunyua, Zika e febre amarela são suspensos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), por meio da Resolução Nº 691, de 19 de março de 2019, suspendeu os Testes Rápidos para Dengue, Chikungunyua, Zika e Febre Amarela, da fabricante Fundação Baiana de Pesquisa Científica e Desenvolvimento Tecnológico, Fornecimento e Distribuição de Medicamentos – BahiaFarma.

Os laudos de análise fiscal emitidos pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS) apresentaram resultados insatisfatórios nos ensaios de especificidade e sensibilidade para os testes, o que fez a ANVISA adotar interdição cautelar, em todo o território nacional.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Palmeira dos Índios chegou a receber um dos lotes interditados, mas nenhuma caixa chegou a ser aberta e/ou teste aplicado, visto que não houve distribuição dos mesmos nas unidades de saúde. O lote foi recolhido e após conclusão da investigação da ANVISA, o Ministério da Saúde dirá o posicionamento final quanto à utilização dos testes rápidos.


Deixe um comentario