Sai primeiro Laudo Técnico da Barragem da Mata da Cafurna

Sai primeiro Laudo Técnico da Barragem da Mata da Cafurna

A Barragem da Mata da Cafurna está localizada em terras indígenas, Aldeia Xucuru-Kariri, município de Palmeira dos Índios-AL, e é de responsabilidade da Fundação Nacional do Índio (Funai). O técnico do Ibama – AL, Rivaldo Couto, em uma reportagem da TV Gazeta, disse que “a Mata da Cafurna é a única barragem de Alagoas que oferece riscos para a segurança das comunidades”.

A declaração do representante do Ibama causou grande preocupação para a população palmeirense. Diante disso, o prefeito Júlio Cezar determinou imediatamente que uma equipe técnica do município fizesse uma inspeção na barragem. O engenheiro civil José Antônio de Melo, especialista em projetos de barragens, e trabalhou por mais de trinta anos no Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), apresentou ao prefeito, nesta quinta-feira (31), um Laudo de Avaliação Técnica das condições da Barragem da Mata da Cafurna.
Segundo o documento, assinado pelo engenheiro, “a Barragem não oferece nenhum risco iminente de ruptura”. Ele verificou apenas a necessidade de um pequeno conserto na ombreira esquerda, mas salienta que isso não propicia nenhum dano. Recomenda ainda, que a barragem seja incluída em um Programa de Inspeção, por parte dos órgãos competentes, ANA, Funai, Ibama, Ima e Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh).
Na última terça-feira (29) a Agência Nacional de Águas (ANA) divulgou uma lista de 26 barragens, em Alagoas, que terão fiscalização priorizada. Algumas foram classificadas de risco alto e com dano potencial associado alto. A barragem da Mata da Cafurna não aparece no relatório da ANA.

O prefeito Júlio Cezar disse que o Laudo foi um alívio para todos. “Agora estamos mais aliviados. Este Laudo é assinado por um profissional da engenharia, que tem mais de 30 anos de serviços e de experiência no assunto. Iremos seguir todas as suas recomendações. Inclusive, a nossa Defesa Civil já encaminhou ofício aos órgãos competentes, pedindo que realizem relatórios de segurança de todas as nossas barragens”, informou o prefeito.


Deixe um comentario