Protesto contra salários atrasados leva funcionários da SOMARTE a interditar rodovia em Palmeira dos Índios

Protesto contra salários atrasados leva funcionários da SOMARTE a interditar rodovia em Palmeira dos Índios

Funcionários da SOMARTE, empresa responsável pelas obras dos conjuntos habitacionais Brivaldo Medeiros e Antonio Ribeiro e servidores terceirizados, interditaram na manhã desta quarta-feira (10) trecho da rodovia AL 115 – que liga Palmeira dos Índios a Arapiraca, ateando fogo em pneus e madeira, em protesto pela falta de pagamento há 90 dias.

Os manifestantes informaram a reportagem do site radiosampaio.com. br que a empresa se comprometeu a atualizar o pagamento no inicio de março e até hoje não cumpriu com o acordado.

José Ricardo, funcionário da SOMARTE, explicou que o pagamento dos funcionários da empresa é feito por quinzena e desde fevereiro que não recebem.” Os diretores da empresa falaram que o pagamento seria feito na segunda sexta feira do mês de março e já estamos em abril e nada. Temos divinas e precisamos pagar. Nossas famílias estão passando necessidades”, afirmou Ricardo.

Já Silvino Gonçalves da Silva, também funcionário da empresa disse que a SOMARTE se nega a demitir os funcionários. “se fosse dado baixa na carteira profissional a gente poderia usar o FGTS e o salário desemprego para liquidar nossas dividas e procurar outro emprego”.

Os funcionários da SOMARTE estão há dois meses sem receber , enquanto os terceirizados há 90 dias que não recebem.

Com a interdição da rodovia AL115- a polícia militar esteve no local e intermediou junto aos manifestantes o desbloqueio da pista e ainda acompanhou uma comissão até o fórum de Palmeira dos Índios para que a situação seja do conhecimento da justiça.

O corpo de bombeiros também marcou presença e apagou o fogo provocado pela queima de pneus e madeira seca.


Deixe um comentario