Professora palmeirense Graça Barros morre de complicações da diabetes

Faleceu na tarde desta segunda-feira (21), a professora palmeirense Maria das Graças Pereira Barros, de 56 anos de idade, que não resistiu às complicações da Diabetes, doença que enfrentava há algum tempo.

A educadora era portadora de diabetes, e por conta de complicações associadas a doença vinha se submetendo a hemodiálise.

Graça Barros, mais conhecida como “Maringá”, estava há algumas semanas internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional Santa Rita em Palmeira dos Índios. Na cidade  era conhecida por ter sido uma educadora dedicada e contribuiu muito para a Educação palmeirense.

A professora lecionou a disciplina de Matemática nas escolas Leobino Soares da Mota e Estadual Humberto Mendes.

Não deixa filhos, porém, segundo familiares, amigos e alunos, muitas saudades.

O corpo da professora está sendo velado no Campo Santo Parque do Agreste em Palmeira dos Índios. O sepultamento acontece nesta terça-feira (22), às 10h, no cemitério São Gonçalo.

graça 2


Deixe um comentario