Missa em memória de militares mortos em acidente aéreo é marcada pela emoção

Centenas de pessoas, entre familiares, amigos, companheiros de trabalho da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros de Alagoas participaram das homenagens e missa do 7º dia nesta terça-feira (29), em memória dos quatro policiais vitimados pelo acidente aéreo ocorrido na semana passada, em Maceió.

A missa – celebrada pelo arcebispo de Maceió, Dom Antônio Muniz -, foi realizada na Catedral Metropolitana de Maceió e emocionou a todos pelas homenagens e depoimentos dos familiares, além dos louvores entoados pelo grupo Coro de Cristo, da Igreja Divino Espírito Santo, do qual uma das vítimas, o soldado Diogo Melo, era integrante e acalantou os corações dos presentes.

O governador Renan Filho foi representado pelo secretário de Segurança Pública, Alfredo Gaspar de Mendonça.  A cúpula da Segurança alagoana, o alto comando da Polícia Militar, os secretários de Gabinete Civil, Fábio Farias, e de Comunicação, Enio Lins, além de integrantes das Forças Armadas, prestaram solidariedade aos familiares dos militares.

Homenagens

A emoção tomou conta de todos quando o sermão do arcebispo deu lugar às homenagens às quatro vítimas, em qual os familiares do major Bombeiro Militar, capitão PM Assunção e soldados De Moura e Diogo Melo receberam um quadro constando as honras militares prestadas pelos grupamentos aéreos de todo o Brasil.

Visivelmente emocionado, o secretário Alfredo Gaspar de Mendonça fez referência ao profissionalismo dos homenageados. “Eles cumpriram suas missões, partiram para o infinito com a glória de verdadeiros heróis. A sociedade precisa reconhecer os valores dos bons profissionais da Segurança Pública, que todos os dias deixam seus lares para nos proteger”, destacou o secretário.

O comandante geral da PM, coronel Lima Júnior, enalteceu  que a fé é a fortaleza para a superação de momentos dolorosos como este vivido pela corporação. “A PM vai continuar lutando para a construção de uma cultura de paz. Nossos policiais morreram no cumprimento do dever, que Deus nos ampare e nos conforte com sua infinita bondade”.

Já o coronel Adriano Amaral, comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar, também reverenciou a força da fé cristã como o verdadeiro alimento para vida. “A presença de Cristo é transformadora e leal. Através dela teremos o conforto necessário para superarmos a dor da separação”.missamissa homenagem 


Deixe um comentario