Ministério da Saúde revela que AL tem a 7ª pior taxa de vacinação de crianças

Ministério da Saúde revela que AL tem a 7ª pior taxa de vacinação de crianças

Dados do Ministério da Saúde revelam que Alagoas ocupa a 7ª pior posição no ranking de cobertura vacinal infantil em 2020. Os números mostram que apenas 44,14% das crianças alagoanas tomaram as doses necessárias este ano.

Obtidos pelo Portal de notícias G1, os índices do PNI, atualizados até segunda-feira (7), mostram que a cobertura vacinal está em 51,6% em todo o País para as imunizações infantis. O ideal é que ela fique entre 90% e 95% para garantir proteção contra doenças como sarampo (que tem índice ideal de 95%), coqueluche, meningite e poliomielite.

No Nordeste Alagoas fica à frente apenas de Maranhão e Sergipe, onde a cobertura vacina infantil está em 35,5% e 42,18%, respectivamente. Os dados do PNI mostram que o Distrito Federal é a unidade da federação com maior índice de cobertura vacinal infantil: fica próxima de 70%.Os piores estados foram o Amapá, com 25%, o Maranhão, com 35,5%, e o Rio de Janeiro, com 36% de cobertura.

Os dados mostram que, em todo Brasil, a maior cobertura é da vacina Tríplice Bacteriana (59,69%) e a menor é da Tetra Viral (19,95%). A Tetra Viral ocorre com a administração de uma dose aos 15 meses de idade, para crianças que já receberam uma dose da vacina tríplice viral e protege do sarampo, caxumba, rubéola e varicela.


Deixe um comentario