Luciano Barbosa vence intervenção e obtém 54% dos votos em Arapiraca

Luciano Barbosa vence intervenção e obtém 54% dos votos em Arapiraca

O candidato a prefeito de Arapiraca, Luciano Barbosa, venceu as eleições derrotando a segunda colocada, Fabiana Pessoa, ao conquistar mais de 50% dos votos válidos. Nas primeiras horas após a apuração, os resultados já demonstravam ampla vantagem de Luciano em relação aos concorrentes, o que foi comprovado por diversos boletins de urna eletrônica.

Luciano Barbosa e a vice Rute Nezinho superaram com vantagem de 35,34 pontos percentuais a atual prefeita Fabiana Pessoa (Republicanos), que teve 19,22% dos votos válidos. O terceiro colocado, o deputado estadual Tarcizo Freire (PP), obteve 25,08%.

A candidatura de Barbosa foi alvo de questionamentos perante a Justiça, cuja celeuma teve início com sua expulsão pelo MDB. Mesmo com o apoio popular, com manifestações calorosas do povo arapiraquense, Luciano se viu injustiçado em meio a algumas decisões que colocaram em xeque a sua candidatura.

Apesar de todo o imbróglio jurídico, ele conseguiu sair vitorioso na maior Corte Eleitoral do país, com a decisão do pleno do colegiado deferindo seu registro de candidato perante a chefia do Município.

Desde o início da campanha eleitoral, a candidatura de Luciano Barbosa vinha sendo atacada pelo diretório estadual do MDB e sofrido diversas tentativas de intervenção do governador Renan Filho.

No início, a convenção realizada por Luciano foi revogada e a ata apresentada pelo Diretório Municipal foi cancelada. Além disso, o MDB pediu a impugnação da candidatura de Luciano, afirmando que o partido fez convenção em 16 de setembro, na qual ficou decidido que a legenda não teria candidatos em Arapiraca.

Em outra ação, o MDB oficializou a expulsão de Luciano Barbosa do partido e impediu que a coligação usasse o tempo de rádio, além de que determinou a retirada de toda a propaganda existente na rua.

O último ataque ao candidato foi registrado na segunda-feira (9), com a decisão do colegiado do TRE para a retirada do nome do vice-governador das urnas em Arapiraca. Já na última quinta (12), o pleno do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) acolheu recurso apresentado pela coligação “Pra Arapiraca voltar a crescer”, deferindo a candidatura de Barbosa.

DEFESA DIZ QUE LUCIANO SERÁ EMPOSSADO

A defesa do candidato afirma que não vê risco de ele não ser empossado diante da vitória nas urnas. “Não vejo esse risco. Eu confio firmemente que, na análise do mérito, nós vamos ganhar o processo, e, dia 1° de janeiro, Luciano toma posse novamente como prefeito de Arapiraca”.

Segundo o advogado Fábio Gomes, Luciano Barbosa está “empolgado e agradecido ao TSE pela democrática decisão”. De acordo com Gomes, o candidato segue firme para terminar os últimos dias de campanha, tendo em vista, segundo ele, que todas as decisões de Alagoas foram revogadas.


Deixe um comentario