Jovem transplantada adquire bactéria e precisa de sangue com urgência

Jovem transplantada adquire bactéria e precisa de sangue com urgência

A família da jovem Ana Karolina Gama de Moraes Correia, de 29 anos, que se submeteu a um transplante de coração com sucesso, no último dia 22, informou que ela está precisando de sangue após ter adquirido uma bactéria devido à baixa da imunidade. O procedimento aconteceu na Santa Casa de Misericórdia de Maceió, durou cerca de 5 horas e contou com uma equipe de 80 profissionais. Foram 51 dias de espera por um doador.

No início da manhã desta quinta-feira (14), nas redes sociais, o irmão chamou a atenção para o estado de saúde de Ana Karolina, cujas plaquetas estão baixas.

“Minha irmã Karol não está bem. Ela adquiriu uma bactéria devido à imunidade baixa depois do transplante e está precisando de doação de sangue de qualquer tipo sanguíneo, pois as plaquetas estão baixas e o tratamento requer as plaquetas em maior nível”, afirmou o irmão.

Quem puder doar, pode se dirigir à Santa Casa de Misericórdia, no Centro, e dar o nome completo da paciente.

ENTENDA O CASO

Ana Karolina era portadora de miocardiopatia periparto – doença autoimune adquirida durante o parto – e estava sobrevivendo graças a um equipamento de assistência mecânica circulatória. Com expectativa de vida de mais um ano, ao longo dos últimos meses, quatro doadores já haviam mostrado compatibilidade, mas as famílias não autorizaram o transplante. O problema da jovem surgiu 48 horas após o nascimento da primeira filha, há pouco mais de um ano.

Depois de 51 dias de espera por um doador, Ana Karolina recebeu o coração de um homem de 31 anos, vítima de um Acidente Vascular Cerebral (AVC).


Deixe um comentario