Irmãos Boiadeiro são condenados por homicídios em Batalha

Irmãos Boiadeiro são condenados por homicídios em Batalha

Os irmãos José Anselmo Cavalcanti de Melo, conhecido como Preto Boiadeiro e José Márcio Cavalcanti de Melo, o Baixinho Boiadeiro, além de Thiago Ferreira dos Santos, vulgo “Pé de Ferro”, foram condenados pelos assassinatos de Samuel Theomar Bezerra Cavalcante e do sargento reformado da Polícia Militar, Edvaldo Joaquim de Matos, crimes ocorridos em Batalha, em 2006.
Os irmãos Boiadeiro foram condenados, respectivamente, a 58 anos e quatro meses e 45 anos e 10 meses de prisão. Pé de Ferro, por sua vez, a 58 anos e quatro meses de reclusão. As sentenças foram proferidas pelo juiz John Silas titular da 8ª Vara Criminal da Capital, após os jurados decidirem pelas condenações, já na madrugada desta terça-feira (5).
A denúncia do Ministério Público Estadual (MPE) dava conta que Emanuel Messias de Melo Araújo, o Emanuel Boiadeiro, hoje já falecido, teria efetuado os disparos contra as três vítimas. Mas o promotor Antônio Villas Boas sustentava que todos são culpados.
“Quem participa do crime não é somente aquele que aciona o gatilho e atira contra a vítima, mas todos aqueles que de qualquer forma concorreram para a ação delituosa. Todos os réus aqui presentes concorreram e atiraram contra o veículo onde se encontravam as vítimas, e agiram como espécie de garantidores do executor material”, disse o representante do MPE.
Foi acusado ainda no crime José Marcos Silvino dos Santos, mas ele também já é falecido.

Fonte: Todo Segundo.


Deixe um comentario