Governo adia volta às aulas em Alagoas e avança Maceió para fase azul

Governo adia volta às aulas em Alagoas e avança Maceió para fase azul

Para dar prosseguimento a retomada econômica de Alagoas, o Governo do Estado permitiu que Maceió avance para mais uma fase do plano de Distanciamento Social Controlado, saindo da etapa amarela (risco moderado) para a azul (risco moderado baixo). Já os municípios do médio e alto Sertão do estado permanecem na fase laranja (risco moderado alto), enquanto as demais cidades passam para a fase amarela. A informação foi divulgada durante live na noite desta terça (11), pelo governador Renan Filho (MDB). O novo decreto começa a valer na próxima segunda (17).

Apesar do avanço da capital alagoana para a fase azul, o novo decreto mantém as atividades de cinemas, museus e teatros suspensas. A abertura dos segmentos foi adiada para a etapa verde.
A partir de agora, a capacidade de bares e restaurantes na capital foi ampliada para 75% do total, assim como a de templos, igrejas e demais instituições religiosas. Com a maioria dos municípios na fase amarela, o Transporte Intermunicipal continua circulando com 50% da capacidade.
Em relação a volta às aulas na Rede Estadual de Ensino, o governador Renan Filho explicou que as atividades presenciais serão retomadas quando houver segurança máxima, tanto para os estudantes como para os professores. Além disso, uma pesquisa com pais, alunos e professores deve ser realizada para a tomada de uma decisão coletiva.
Renan Filho ainda reforçou que a população deve continuar utilizando máscaras e lembrou do projeto de lei envaido à Assembleia Legislativa (ALE) para tornar obrigatório o uso do material em locais públicos, com aplicação de multa para quem descumprir.
“Estamos sim com diminuição de óbitos, estamos sim vencendo a Covid-19 aqui, mas com muito trabalho. […] Se a gente relaxar, relaxar na nossa proteção individual, relaxar na proteção da nossa família, do nosso bairro e da nossa cidade as coisas em Alagoas podem voltar a piorar”, disse o governador.
Na live, o secretário da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), Alexandre Ayres, afirmou que os números vêm se consolidando e mostrando uma queda na quantidade de óbitos, além de uma estabilização na taxa de ocupação de leitos.
“Com a colaboração da população durante todo esse período, nos entendemos como é possível esses avanços para que a gente possa retomar, de maneira gradual, a economia e os seguimentos econômicos, para que a população possa voltar a realizar atividades que estavam anteriormente suspensas”, concluiu.

DISTANCIAMENTO SOCIAL CONTROLADO
O andamento da aplicação do Distanciamento Social Controlado em Alagoas será orientado por uma Matriz de Risco. Para a passagem de uma fase para outra, três eixos estratégicos com seis aferidores servirão como critérios para estabelecer a evolução ou a involução do plano: capacidade hospitalar instalada, evolução dos óbitos e taxa de crescimento.
Já o Distanciamento Social Controlado foi dividido em cinco fases distintas: vermelha (risco elevado), laranja (risco moderado alto), amarela (risco moderado), azul (risco moderado baixo) e verde (risco controlado).
Os setores autorizados a funcionar em cada fase são:
Fase laranja (iniciada no dia 3 de julho em Maceió; no dia 20 de julho nas regiões Metropolitanas e Norte; e no dia 29 de julho em todo o interior de Alagoas ) – lojas do comércio de rua, com até 400 metros quadrados; salões de beleza; barbearias e templos religiosos, com 30% da capacidade.
Fase amarela (início no dia 20 de julho em Maceió) – shoppings centers e estabelecimentos congêneres; bares e restaurantes funcionando com 50% da capacidade; e Transporte Intermunicipal e Turístico, funcionando com 50% da capacidade. Academias foram autorizadas a abrir no dia 29 de julho.
Fase azul (início no dia 12 de agosto em Maceió) – bares e restaurantes funcionando com 75% da capacidade; e Transporte Intermunicipal e Turístico, ainda funcionando com 50% da capacidade.
Fase verde (início após todas as fases) – volta presencial de servidores públicos e das aulas presenciais, além das atividades de cinemas, museus e teatros.


Deixe um comentario