Flamengo bate o Atlético/MG e dispara no Brasileiro

Flamengo bate o Atlético/MG e dispara no Brasileiro

Vitinho, (centro), foi destaque na vitória do Mengo sobre o Galo de MInas (Foto: Marcelo Cortes / Flamengo)

Mais líder do que nunca. Com mais uma boa atuação, o Flamengo fez 3 a 1 no Atlético-MG na noite de ontem, no Maracanã, chegou a 55 pontos e abriu oito de vantagem sobre o Santos, segundo colocado do Campeonato Brasileiro. Willian Arão, Vitinho e Reinier marcaram para o Rubro-Negro, enquanto Nathan descontou para o Galo, que segue com 31 pontos, na 11ª colocação.

Os dois times voltam a campo no domingo. Às 16h, o Flamengo visita o Athletico-PR, na Arena da Baixada. Depois, às 19h, o Atlético-MG recebe o Grêmio, no Independência.

Ataque contra defesa

Os primeiros 45 minutos da partida foram jogados praticamente em só um lado do campo do Maracanã. O Flamengo pressionou o Atlético-MG desde o começo, marcando forte a saída de bola, e encurralou o time do Galo na defesa. Com 20 minutos, o Rubro-Negro já tinha mais de 70% de posse de bola e seis finalizações, contra apenas uma do Galo, que foi bloqueada pela zaga e nem chegou no gol de Diego Alves.

Tem repertório e elenco

Mesmo com os desfalques, o Flamengo não mudou seu estilo de jogo e, além de mostrar que pode contar com outros jogadores, também apresentou repertório. Com o Galo bem fechado, o Fla quase marcou em dois chutes de longa distância. E conseguiu chegar ao gol com a bola aérea. Aos 36, Vitinho cobrou um escanteio preciso na cabeça de Willian Arão, que se antecipou a marcação e desviou para o gol.

Galo assusta

O Flamengo voltou do intervalo com o mesmo ímpeto do primeiro tempo. Mas o Atlético-MG voltou se lançando um pouco mais ao ataque e chegou ao empate logo aos 6 minutos. Nathan recebeu na entrada da área, driblou Diego Alves e marcou um golaço.

Das vaias ao aplauso

Quando o jogo parecia se complicar para o Flamengo, um dos jogadores mais contestados do elenco rubro-negro apareceu e resolveu. Vaiado por parte da torcida poucos minutos antes, Vitinho fez uma jogada individual aos 15, pedalou para cima de Patric e finalizou no canto esquerdo, sem chances para Wilson.

E não parou por aí. O Flamengo seguiu em cima e, aos 30, a zaga atleticana cochilou, Vitinho tocou de cabeça para o meio da área e Reinier só teve o trabalho de tocar para o gol. Assim como todo time rubro-negro, Vitinho mereceu os aplausos recebidos na saída de campo.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 3 x 1 ATLÉTICO-MG

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Data-hora: 10 de outubro de 2019, às 20h

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa/GO) – Nota LANCE!: 6,0 – Não atrapalhou o andamento da partida.

Assistentes: Bruno Raphael Pires (Fifa/GO) e Fabricio Vilarinho da Silva(Fifa/GO)

Árbitro de vídeo: Wagner Reway (Fifa/PB)

Público/Renda: 58.788 pagantes/R$ 3.162.223,50

Gramado: Bom.

Cartão amarelo: Maidana e Fábio Santos (ATL)

GOLS: Willian Arão, 36’/1ºT (1-0), Nathan, 5’/2ºT (1-1), Vitinho, 15’/2ºT (2-1), Reinier, 30’/2ºT (3-1)

FLAMENGO: Diego Alves; Rafinha, Rhodolfo, Pablo Marí e Renê; Willian Arão, Gerson, Everton Ribeiro e Reinier (Vinícius Souza, 45’/2ºT); Bruno Henrique e Vitinho (Lucas Silva, 38’/2ºT). Técnico: Jorge Jesus.

ATLÉTICO-MG: Wilson; Patric, Igor Rabello, Léo Silva, Maidana e Fábio Santos; Elias (Bruninho, 21’/2ºT), Nathan e Cazares (Di Santo, 27’/2ºT); Vinícius e Ricardo Oliveira (Marquinhos, Intervalo). Técnico: Rodrigo Santana.


Deixe um comentario