Falta de quórum impede mais uma vez votações na Câmara de Palmeira

Uma verdadeira demonstração de falta de respeito e compromisso com a população de Palmeira de Palmeira dos Índios, voltou a se repetir na câmara de vereadores do município. É que, a sessão ordinária que seria realizada nesta quarta-feira (09), às 09 horas, foi encerrada por falta de quórum parlamentar.

A reunião começou com 40 minutos de atraso, e apenas cinco vereadores estiveram presentes. Com isso, a 20ª sessão foi encerrada sem que qualquer projeto de lei fosse apreciado pelos vereadores. Conforme o regimento interno da casa, o mínimo exigido para a realização dos trabalhos, é de oito dos 15 parlamentares.

Estiveram presentes, os vereadores, Salomão Torres (PSDB), Sergio Passarinho (PMDB), França Júnior (SD), Cristiano Ramos (PSC) e Júlio Cezar (PSDB). Após a sessão ser encerrada, os vereadores, Gilberto Vitório (PMDB), Thales Targino (PMDB), Ronaldo Raimundo (PRB), Val Basílio (PRTB) e Ernandes da Saúde (PHS), subiram ao plenário, mas os trabalhos não foram retomados.

Sem querer se aprofundar nos comentários a respeito da ausência dos seus colegas, o presidente da casa, Salomão Torres, limitou-se a afirmar: “O dever do vereador é comparecer às sessões da Câmara, na hora certa. Não podemos reabrir a sessão, isso por que se os projetos foram aprovados fora do horário determinado, poderão ser cancelados”, disse.

Vale salientar, que essa não foi a primeira vez, que sessão ordinária na câmara municipal de Palmeira dos Índios, é cancelada por falta de quórum. Além disso, foram poucas ás vezes, que a atual legislatura conseguiu reunir os 15 vereadores.


Deixe um comentario