Em meio à paralisação, policiais civis realizam mais um ato público nesta quinta

Em meio à paralisação, policiais civis realizam mais um ato público nesta quinta

Após decidirem em assembleia por uma paralisação de 48h, policiais civis de Alagoas realizam, na manhã desta quinta-feira (12), mais um ato em frente à Central de Flagrantes I, no bairro do Farol, para reivindicar valorização da categoria que atua no combate à criminalidade.

Segundo o presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol/AL), Ricardo Nazário, a adesão é total à paralisação. Ele informa, ainda, que a indignação da categoria aumentou com o não cumprimento da promessa do governador de receber o sindicato até o dia 30 de outubro, causando revolta nos policiais civis.

“Isso demonstra que o governador não quer valorizar os policiais civis. Ele teve o empenho da categoria na redução da criminalidade em Alagoas. O governador faz propaganda da melhoria da Segurança Pública, mas não quer concluir as negociações com o Sindpol, que já duram três anos e não chegam a um fim”, disse Nazário.

Os policiais civis estão na luta pela valorização há mais de três anos. Conforme pontuou o presidente, o Governo do Estado já concedeu reajuste salarial aos delegados e aos policiais militares e acatou as reivindicações de várias categorias da Segurança Pública.


Deixe um comentario