Diante da torcida, CSA perde para o Bahia por 2×0 e se complica no Nordestão

Diante da torcida, CSA perde para o Bahia por 2×0 e se complica no Nordestão

O CSA recebeu o Bahia, nesta quarta-feira (19), pela 5ª rodada da Copa do Nordeste. Vivendo momentos distintos, mas precisando pontuar na competição, eles somaram forças no Estádio Rei Pelé e o Tricolor acabou saindo vitorioso por 2×0, com gols de Juninho e Gilberto.

A equipe comandada por Eduardo Baptista teve dificuldades na criação de jogadas e não conseguiu ter chances claras de gols. O resultado manteve a equipe azulina na lanterna do grupo B, com apenas um ponto. Com esse resultado, o Tricolor sobe para a 2ª colocação no Grupo A.

O CSA volta a campo no próximo sábado (22), às 17 horas, contra o Murici. A partida será pela 4ª rodada do Campeonato Alagoano. O jogo será no Estádio José Gomes da Costa.

Já o Bahia, enfrentará o Nacional – PAR, pelo segundo jogo na primeira rodada da Copa Sul-Americana. O jogo será na quarta-feira (26), às 19h15, no Estádio Luis Alfonso Giagni.

Veja como foi a partida em Tempo Real!

Primeiro tempo

O início da primeira etapa foi morno. As equipes buscaram finalizar pelas diagonais e investiram em contra-ataques, a equipe do CSA teve uma boa chance de gol com o Geovane que arriscou de primeira, mas a bola passou por cima do gol.

Aos 36 minutos, o time do Bahia precisou fazer uma substituição, após um choque com o adversário, Juninho Capixaba sentiu dores e foi substituído por Zeca.
CSA buscou infiltrar os jogadores pela direita, tanto que aos 38 minutos, Allano acionou Diego Maurício na área, que chegou dividindo a bola junto com Anderson, mas o goleiro da Bahia levou a melhor na disputa e conseguiu encaixar a bola.

Porém, aos 40′, Bruno José sentiu dor por conta de uma lesão e deixou o campo para a entrada de Renatinho. Em seguida, Allano acionou Bilu no lado esquerdo, que chutou, mas viu a bola explodir na zaga do Tricolor.

O Tricolor de Aço conseguiu abrir o placar aos 46′, após bela defesa de Thiago Rodrigues, a bola sobrou no meio da área para Juninho, que chutou e viu Castán se jogar na bola. No rebote, o próprio Juninho balançou as redes. O primeiro tempo acabou aos 47′.

Segundo tempo

O CSA voltou para a etapa final com alteração. Bilu saiu para a entrada de Rodrigo Pimpão.

Já no início, o CSA trocou passes na intermediária, Rafinha avançou pelo lado esquerdo e, no cruzamento, dividiu a bola com Rossi e a redonda saiu pela linha de fundo.

Aos 4′, Geovane recebeu cartão amarelo por falta em Clayson.

Aos 6′, Geovane recebeu pelo lado direito, deu um tapa para Jean Kléber na área. O volante chutou e a bola bateu na trave antes de sair pela linha de fundo.
Após ataque com perigo da equipe do Bahia, o jogador Allano recebeu cartão amarelo por reclamação aos 14 minutos.

Aos 19′, o Bahia ampliou o placar em um contra-ataque, Élber recebeu lançamento na área, chutou no gol e Thiago Rodrigues defendeu. No rebote, novamente Élber tentou ficar com a redonda, se complicou e deixou para Gilberto, que estufou as redes.

A torcida azulina se mostrou descontente com a atuação do CSA e começou a vaiar a equipe. Com o placar desfavorável, Eduardo Baptista fez a última alteração da equipe maruja visando um empate, entrou Victor Silva e saiu Diego Maurício aos 23′.

Na metade da segunda etapa, Rossi tentou alcançar o cruzamento na área e acabou se chocando com Thiago Rodrigues e levando a pior. O atacante Tricolor recebeu atendimento no gramado, mas acabou sendo substituído por Artur Caike.

Aos 36′, Clayson recebeu no lado esquerdo, encontrou espaço e chutou colocado, mas a bola saiu pela linha de fundo. Em seguida, ele acabou sentindo, saiu mancando e foi substituído por Régis.
O CSA apresentou dificuldades nas criações de jogadas e não conseguiu se infiltrar no meio de campo da equipe adversária, já o Bahia, foi se mostrando firme em seus setores e conseguiu ir administrando a partida.

A partida se encerrou aos 49 minutos de jogo.

O jogo, por mais corrido que tenha sido, teve algumas paralisações devido as faltas e, consequentemente, os cartões amarelos. Ao todo foram 3 cartões amarelos, sendo dois para a equipe maruja.

CSA: Thiago Rodrigues, Diego Renan, Alan Costa, Luciano Castán, Rafinha, Jean Kléber, Geovane, Bruno José (Renatinho), Rafael Bilu (Rodrigo Pimpão), Allano, Diego Maurício (Victor Silva).

Bahia: Anderson, João Pedro, Lucas Fonseca, Juninho, Juninho Capixaba (Zeca), Gregore, Flávio, Rossi (Artur Caike), Élber, Clayson (Régis) e Gilberto.

Arbitragem

Árbitro: Tarcisio Flores da Silva (RN)

Árbitro Assistente 1: Jean Márcio dos Santos (RN)

Árbitro Assistente 2: Reinaldo de Souza Moura (RN)

Quarto Árbitro: Helder Brasileiro de Aquino (AL)

Analista de Campo: George Alves Feitoza (AL).


Deixe um comentario