CSA faz 3 a 1, reassume liderança e tira chances de classificação do ASA

CSA faz 3 a 1, reassume liderança e tira chances de classificação do ASA

De virada, o CSA venceu o ASA por 3 a 1 na noite desta quarta-feira (13), no Rei Pelé, reassumiu a liderança do Campeonato Alagoano e tirou as chances de classificação do adversário. Dinda abriu o placar, Cassianou empatou, Matheus Sávio virou e Patrick Fabiano deu números finais ao jogo válido pela sexta rodada do Estadual.

Com o resultado, o CSA chegou aos 13 pontos e reassumiu a liderança do Alagoano. O Azulão está empatado em número de pontos com o CRB e também no saldo de gols (6×6), mas ganha no número de gols marcados (9×8). O ASA ficou na sexta posição, estacionou nos seis pontos, tem apenas uma vitória e não pode mais alcançar o Jaciobá, que é o quarto, tem 9 pontos e três vitórias. Veja a tabela no fim da matéria.

Última rodada

A próxima rodada será a última da primeira fase do Campeonato Alagoano, que já tem CSA e CRB classificados para as semifinais. Toda a sétima rodada será disputada no domingo (17), às 16h. Veja os confrontos abaixo.

Coruripe x CSA – Estádio Gérson Amaral, em Coruripe
CRB x CEO – Estádio Rei Pelé, em Maceió
ASA x Jaciobá – Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca
Murici x Dimensão Capela – Estádio José Gomes da Costa, em Murici

Liderança e eliminação

Em jogo que valia a classificação para as semifinais, o CSA levou a melhor no Rei Pelé. O ASA foi cirúrgico no início e abriu o placar com Dinda no primeiro tempo. O time marujo tentou marcar com Patrick Fabiano em duas oportunidades, mas o gol surgiu com Cassiano no fim da primeira etapa, que ficou marcada por substituições por lesão. Pelo CSA, Pedro Rosa saiu com 5 minutos de jogo. Do lado do ASA, Nedo Xavier perdeu Gabriel e Luís Gustavo.

No segundo tempo, o CSA foi ao ataque e matou o jogo em 20 minutos. Matheus Sávio e Patrick Fabiano anotaram os gols que decretaram a virada azulina no Trapichão e garantiram a classificação e a retomada da liderança. O Fantasma, que só ganhou uma partida em seis disputadas, está fora da briga pelas semifinais.

Ficha técnica

CSA

1- João Carlos
2- Apodi
13- Gerson
4- Luciano Castan
6- Pedro Rosa (22- Celsinho, aos 6′ do 1º tempo)
8- Dawhan
19- Didira
21- Manga Escobar
10- Matheus Sávio (14- Mauro Silva, aos 31′ do 2º tempo)
20- Cassiano (15- Gersinho, aos 38′ do 2º tempo)
99- Patrick Fabiano

Técnico: Marcelo Cabo

Banco: 31- Fabricio, 7- Hiago, 9- Lohan, 14- Mauro Silva, 15- Gersinho, 16- Victor Paraíba, 17- Ronaldo Alves, 18- Jhon Cley e 22- Celsinho.

ASA

12- Marcão
2- Guga
3- Luís Eduardo
4- Romário
6- Léo Campos
5- Luís Gustavo (7- Cal, aos 47′ do 1º tempo)
8- Janderson
10- Dinda (17- Rafael, aos 25′ do 2º tempo)
11- Gabriel (18- Maycon, aos 38′ do 1º tempo)
99- Ciel
9- Betinho

Técnico: Nedo Xavier

Banco: 1- Matheus, 13- Willames, 14- Walter, 15- Orlando, 16- Dackson, 17- Rafael, 18- Maycon, 7- Cal e 20- Jairo.

Gols

CSA: Cassiano (48′ do 1º tempo), Matheus Sávio (12′ do 2º tempo) e Patrick Fabiano (20′ do 2º tempo).

ASA: Dinda (21′ do 1º tempo).

Cartão amarelo

CSA: Didira.

ASA: Romário, Janderson, Maycon, Ciel, Dinda.

Arbitragem

Árbitro: Denis Ribeiro Serafim (CBF/AL);
Auxiliar 1: Rondinelle dos Santos Tavares (CBF/AL);
Auxiliar 2: Benilson dos Santos (FAF);
4º árbitro: Andrey Matheus Barreto (FAF).


Deixe um comentario