Cruzeiro x Palmeiras termina em briga, e árbitro expulsa jogadores após apito final

Cruzeiro x Palmeiras termina em briga, e árbitro expulsa jogadores após apito final

Logo após o apito final do empate por 1 a 1 com o Palmeiras nesta quarta-feira, que classificou o Cruzeiro para a final da Copa do Brasil, os jogadores entraram em conflito no gramado do Mineirão.
Tudo ocorreu por conta de uma trombada do zagueiro celeste Léo no volante alviverde Felipe Melo. O palmeirense cobrou o defensor pelo lance, e, quando parecia que as coisas haviam se acalmado, tudo piorou.
Assim que o árbitro Wagner do Nascimento Magalhães apitou o fim do jogo, imediatamente um “bolo” se formou no meio-campo, com muita discussão e dedo na cara.
O clima esquentou e o atacante Sassá, que havia entrado no segundo tempo, acertou um soco forte no rosto do lateral Mayke, do Palmeiras. O centroavante foi imediatamente expulso pelo juiz, assim como o ala.
Por envolvimento na briga, o lateral palestrino Diogo Barbosa também levou vermelho.
Agora, os comandados de Mano Menezes também jogam a final pelo 2º ano seguido, depois de serem campeões em cima do Flamengo em 2017.
O adversário na decisão será o Corinthians, que venceu justamente o Fla por 2 a 1, também nesta quarta-feira, e avançou à grande decisão.
Curiosamente, Palmeiras e Cruzeiro se enfrentam novamente neste domingo, mas pelo Campeonato Brasileiro. O jogo será às 11h (de Brasília), no Pacaembu – o Allianz Parque estará sendo usado para o show do tenor Andrea Bocelli.


Deixe um comentario