Covid: Com 680 casos confirmados nas últimas 24 horas, Alagoas se aproxima das 3 mil mortes

Covid: Com 680 casos confirmados nas últimas 24 horas, Alagoas se aproxima das 3 mil mortes

 

 

Alagoas se aproximou do patamar de 3 mil mortes pela Covid-19 neste domingo (28), após a confirmação de dez novos óbitos causados pelo vírus no estado. O último boletim epidemiológico confirma mais 680 casos da doença em Alagoas, somando 2.999 óbitos e 131.746 casos desde o início da pandemia. 11.514 casos estão em investigação laboratorial, e 125.307 pacientes estão recuperados da doença.

Dentre as mortes confirmadas, quatro foram de vítimas da capital alagoana e seis do interior do estado. As vítimas da capital eram três homens de 40, 51 e 81 anos, além de uma mulher de 87 anos. O homem de 40 anos era obeso e morreu no Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), em Maceió; o homem de 51 anos não tinha comorbidades e também morreu no Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), em Maceió; o homem de 81 anos não tinha comorbidades e morreu em seu domicílio; e a mulher de 87 anos era hipertensa, diabética e morreu no Hospital Arthur Ramos, em Maceió.

No interior, faleceram quatro homens de 51, 53, 69 e 80 anos e duas mulheres de 46 e 63 anos. O homem de 51 anos, residia em Delmiro Gouveia, não tinha comorbidades e morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Delmiro Gouveia; o homem de 53 anos, residia em Maragogi, era hipertenso, diabético e morreu no Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), em Maceió; o homem de 69 anos, morava em São Miguel dos Campos, tinha doença respiratória crônica e morreu na Santa Casa de São Miguel dos Campos; o homem de 80 anos, morava em Arapiraca, não tinha comorbidades e morreu no Hospital Regional de Arapiraca.

A mulher de 46 anos, era de Campo Alegre, tinha diabetes e morreu na Santa Casa de São Miguel dos Campos; e a mulher de 63 anos, era de Arapiraca, tinha pneumopatia e morreu no Hospital Regional de Arapiraca.

Leitos ultrapassam margem de segurança

Segundo os dados do último boletim de ocupação de leitos, divulgado neste sábado (27) à noite, 71% dos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) do estado se encontravam ocupados, ultrapassando a margem de segurança de 70%. Essa situação já vinha sendo observada há semanas no interior do estado, mas agora é vista no estado como um todo.

Dos 856 leitos criados para atender exclusivamente pacientes da Covid-19, 483 estavam ocupados até as 16 horas deste sábado (27), o que corresponde 56% do total. Atualmente, 177 pacientes estão em leitos de UTI, 07 ocupando leitos intermediários e 299 em leitos de enfermaria.

Fonte: Gazetaweb.

Deixe um comentario