Concurso juiz substituto: segunda etapa ocorre nos dias 8, 9 e 10 de janeiro

Concurso juiz substituto: segunda etapa ocorre nos dias 8, 9 e 10 de janeiro

As provas da segunda etapa do concurso para juiz substituto do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL) estão mantidas e acontecerão nos dias 8, 9 e 10 de janeiro, em Maceió. A lista de convocados e as regras do edital podem ser conferidas no site do TJAL.

No dia 8, pela manhã, será realizada a prova discursiva. Já a prova de sentença cível será no dia 9, à tarde, e a de sentença criminal no dia 10, pela manhã. Todas terão cinco horas de duração e ocorrerão no Centro Universitário Mário Pontes Jucá (UMJ), no Barro Duro.

Não será permitida a entrada de candidatos que não estiverem utilizando máscara, não sendo suficientes os “face shields”. Aqueles que apresentarem temperatura corporal acima de 37,8°C passarão por outras duas aferições. Após a terceira, e confirmada a temperatura mencionada, os candidatos estarão excluídos do concurso.

No local de realização das provas, serão observadas as condições sanitárias de segurança, como higienização de superfícies (maçanetas, botões de elevadores, interruptores, mesas/carteiras, cadeiras e mobílias em geral), disponibilização de álcool em gel nas áreas comuns e de sabonete líquido e toalhas de papel nos sanitários. Haverá, ainda, sinalização de ocupação de mesas/carteiras para orientação quanto ao distanciamento social e ventilação natural dos ambientes com a abertura de janelas e portas, quando possível.

A recusa em obedecer as normas sanitárias dispostas no edital acarretará a eliminação do participante. “O concurso vai ser realizado normalmente. Antes de tomarmos essa decisão, conversamos com o Setor Médico do Tribunal, com a Fundação Carlos Chagas e com a Secretaria de Saúde do estado, e todos disseram que não havia problema na realização do concurso, desde que resguardadas as medidas sanitárias”, explicou o juiz Ygor Figueirêdo, presidente da comissão do certame.

Iniciado em julho de 2019, o concurso para juízes foi suspenso provisoriamente, mas teve seu reinício autorizado por decisão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), no dia 20 de outubro de 2020. A primeira fase (prova objetiva) ocorreu em outubro de 2019. O certame oferece 20 vagas.


Deixe um comentario