Uma mulher grávida invadiu a sessão da Câmara Municipal de Murici, nesta quinta-feira (6) para cobrar o reconhecimento de paternidade ao vereador Abimael Pessoa (PSB) enquanto o edil realizava pronunciamento no Plenário Olavo Calheiros.

A mulher, ainda não identificada, revelou que teria sido abandonada pelo vereador e pediu a Abimael que reconhecesse o filho que seria fruto de um suposto relacionamento entre o casal.

As cenas foram registradas e divulgadas em live do canal do Youtube da Casa, como costuma ocorrer, mas foi excluído em uma edição.

No momento em que é confrontado, o vereador pede a presença do policiamento para retirar a suposta ex-affair. Ainda durante a sessão, ele repete por várias vezes que a fala só é permitida aos vereadores. “O regimento não permite, só os vereadores. Tem que chamar ele no particular”.

A grávida ainda afirma em vários momentos que alertou a Abimael que compareceria à Câmara.

A sessão chegou a ser interrompida pela presidência da Casa daquele município. A reportagem tenta contato com o vereador.

Abimael Pessoa em seu perfil na Câmara de Murici se denomina como homem casado, com Ensino Médio Completo, que tem por ocupação vendedor pracista, representante, caixeiro-viajante e assemelhados.