Direção do CSA anuncia “pacotão de reforços” para a temporada 2019

Direção do CSA anuncia “pacotão de reforços” para a temporada 2019

Após renovar o contrato com alguns jogadores do atual elenco, o CSA anunciou na manhã desta segunda-feira (03) a contratação de mais cinco reforços para a temporada 2019.

São eles: o zagueiro Luciano Castan, que estava atuando no futebol do Catar; o lateral direito Régis, que esteve no São Paulo este ano; volante Mauro Silva, que estava no Bonsucesso; o volante Amaral, ex-Flamengo; e o centroavante Lohan, que estava no Friburguense.

Os nomes dos atletas foram publicados nas redes sociais oficiais do clube, que em 2019 disputará quatro competições: Campeonato Alagoano, Copa do Nordeste, Copa do Brasil e a Série A do Campeonato Brasileiro.

Na semana passada o clube havia anunciado a renovação com o técnico Marcelo Cabo e toda comissão técnica, o lateral Rafinha, e o zagueiro Leandro Souza. O elenco já contava com o goleiro Mota, que já tinha o contrato firmado até o final de 2019.


Após vitória em Maceió, seleção de handebol se classifica para o Mundial

Após vitória em Maceió, seleção de handebol se classifica para o Mundial

A seleção brasileira feminina de handebol está classificada para o Mundial de 2019, que será realizado no Japão. Na noite dessa segunda-feira (3), com gols da cearense Elaine Gomes, a equipe garantiu a vaga ao derrotar o Paraguai por 40 a 17, em partida válida pela penúltima rodada do Campeonato Sul e Centro Americano, em Maceió. Nesta terça-feira, o Brasil decide, na capital alagoana, o título com a Argentina.

“Muito, muito feliz por termos a vaga, e por eu ter feito parte desse timaço! A nossa melhora foi notória, e eu só posso agradecer pela oportunidade. Minhas companheiras e minha comissão são demais!”, disse a pivô.

Campeã mundial em 2013, Elaine tem outros títulos de peso pela seleção, como o Pan-Americano de Toronto (2015) e os Jogos Sul-Americanos de Santiago (2014). Desde agosto, a atleta vem jogando pelo Nantes, da França.


Pré-matrícula para rede estadual começa nesta quarta-feira

Pré-matrícula para rede estadual começa nesta quarta-feira

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) inicia, nesta quarta-feira, 5, a pré-matrícula de alunos novatos para o ano letivo 2019. O procedimento deve ser feito on-line pelo endereço eletrônico www.matriculaonline.al.gov.br até o dia 14 de dezembro.

São ofertadas vagas para as seguintes séries: 1º ano do Ensino Fundamental I, 6º ano dos Ensinos Fundamentais II Regular e Integral, e 1ª série dos Ensinos Médios Regular, Integral, Integral Integrado à Educação Profissional e Ensino Médio Integrado à Educação Profissional.

Neste primeiro momento, serão ofertadas 45 mil vagas. A pré-matrícula da Educação de Jovens e Adultos (EJA), a princípio prevista para começar nesta quarta-feira, vai ter início em uma nova data. A modificação foi oficializada em portaria publicada nesta segunda-feira (3) no Diário Oficial do Estado (DOE).

Ponto de apoio – De 5 a 9 de dezembro, a Seduc também vai disponibilizar um ponto de apoio no Maceió Shopping, no 2º andar, próximo ao cinema. Neste espaço, além de esclarecer dúvidas, o interessado poderá efetuar a pré-matrícula do estudante.

Para tal, os responsáveis deverão informar o nome completo do estudante, data de nascimento, sexo, CPF, endereço completo com CEP, telefone, endereço de e-mail, nome da mãe e do pai ou dos responsáveis legais. Também deve ser declarado se o aluno possui deficiência, sua escola de origem, ano ou série que cursará, turno e selecionar até três opções de escola.

O resultado e a confirmação de matrícula se mantêm para o período entre 2 e 10 de janeiro, com a entrega presencial dos documentos na escola para a qual o estudante foi selecionado. A lista com a documentação e termos necessários se encontram no DOE de 21 de novembro, disponível em http://www.imprensaoficialal.com.br/wp-content/uploads/2018/11/DOEAL-21_11_2018-COMPLETO.pdf.

Agência Brasil


Detento suspeito de ordenar ataque a ônibus em Maceió é transferido de unidade

Detento suspeito de ordenar ataque a ônibus em Maceió é transferido de unidade

Após o ataque a um ônibus coletivo, na noite do último sábado (1), no bairro do Clima Bom, em Maceió, a Secretaria de Estado da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) transferiu um detento suspeito de ter ordenado a ação. A informação é do Sindicato dos Agentes Penitenciários de Alagoas (Sindapen). A entidade aponta que a transferência se deu na mesma noite do ataque, sendo até agora a única realizada pela direção do sistema prisional do sábado até a tarde dessa segunda-feira (3).

De acordo com o Sindapen, o presidiário, que seria ligado a uma facção paulista, estava na Penitenciária de Segurança Máxima (PSM 2) e foi transferido para o Presídio de Segurança Máxima (PSM 1). As duas unidades ficam dentro do complexo prisional, localizadas na Cidade Universitária, na parte alta de Maceió.

O sindicato aponta que o motivo da troca de unidade seria porque no PSM 1, para onde o preso foi transferido após o ataque, não há energia elétrica nas celas, somente refletores externos para iluminação e, assim, os presos não têm como carregar os aparelhos celulares usados para mandar mensagens e/ou fazer ligações.

O ataque ao ônibus coletivo seria uma retaliação dos detentos após a suspensão das visitas no último fim de semana, consequência de uma paralisação dos agentes penitenciários. Os agentes pressionam o governo pelo pagamento da bolsa-qualificação, que depende do envio e aprovação na Assembleia Legislativa.

Questionada, a Seris não confirmou nem negou a informação. Segundo a assessoria da Secretaria, o órgão está colaborando com as investigações da Polícia Civil e está tratando a situação no âmbito interno.” O Serviço de Inteligência da SERIS está apurando toda a situação e repassando as informações e fazendo os devidos encaminhamentos para Polícia Civil elucidar o caso”, informou por meio de nota.

Negociação

O presidente do Sindapen, Kleyton Anderson, informou que o secretário Marcos Sérgio, titular da Seris, ligou hoje para o vice-presidente do sindicato e disse que o governo deve enviar até o fim desta tarde o projeto que assegura a bolsa qualificação dos servidores.

Com a novidade, Kleyton Anderson disse que vai conversar com a categoria e acredita que não haja nova paralisação. Entrentanto, o sindicalista pontuou que esta é a mais urgente das demandas, mas, não a única. Ele frisa que é preciso que o Estado realize o prometido concurso para a categoria e pague o vale alimentação.


Rebaixados! Veja quem caiu para a Série B ao final deste Campeonato Brasileiro

Rebaixados! Veja quem caiu para a Série B ao final deste Campeonato Brasileiro

O Campeonato Brasileiro teve a sua última rodada neste domingo, e quatro times deram adeus à Série A. Por conta dos resultados da rodada, o Z4 ficou da seguinte maneira: América-MG, Sport, Vitória e Paraná. Essas quatro equipes disputarão a Série B em 2019. Por outro lado, Chapecoense, Vasco e Fluminense, que brigavam contra a degola, estão mantidos na primeira divisão.


SMS realiza VII Semana do Bebê, em Palmeira

SMS realiza VII Semana do Bebê, em Palmeira

Kelly Marques/Assessoria

A importância de investir na primeira infância sempre é pauta para as secretaria municipais de Saúde, Educação e Assistência Social de Palmeira dos Índios. Por isso que o UNICEF passou a disseminar a Semana do Bebê em todos os municípios do Brasil. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Palmeira, em parceria com as secretarias de Educação e Assistência Social, realizou hoje (03), a abertura oficial da 7ª Semana do Bebê. A abertura aconteceu na Creche Jane Sampaio, em Palmeira de Fora.

A solenidade contou com apresentação dos alunos da creche, palestra sobre os cuidados com recém-nascidos e a entrega da chave da cidade para o “Bebê Prefeito”, primeiro bebê a nascer de parto normal no dia da abertura da Semana do Bebê, na Maternidade da cidade.

Este ano nasceu uma menina, chamada Maria Clara. A “bebê prefeita” nasceu às 02h27, pesando 3.410kg e medindo 49cm. A mãe da bebê reside no Povoado Bonifácio, zona rural de Palmeira dos Índios.

A gerente do programa Saúde da Criança e do Adolescente Carla Barbosa ressaltou a importância do evento para a cidade. “Todos os anos articulamos temas novos para trabalhar junto com os pais nas creches, já que o objetivo central é dar maior atenção aos primeiros meses de vida da criança. Durante toda a semana haverá palestras, atividades e momentos lúdicos com gestantes e puérperas”, frisou Carla.

A secretária de Saúde Kátia Born informou que em 2019 todas as crianças de até 6 anos de idade realizarão exames cardiológicos, em parceria com o Hospital do Coraçãozinho. “Muitas crianças nossas chegam às unidades cansadas, com pneumonia e outros problemas de saúde. Em parceria com o Hospital do Coraçãozinho realizaremos exames do coração em todas elas para prevenir, como também detectar problemas de saúde”, disse Kátia.

Confira a programação da 7ª Semana do Bebê:

04/12

14h – “Tarde do Ninar” em todas as creches do município

Visita das gestantes das UBS’s à Maternidade e ao Banco de Leite Humani (BLH)

05/12

9h – Palestra com a enfermeira Mayanna Torres, da UTI Neonatal, na Maternidade com as mães

Tema: Manhã do Bebê Prematuro

9h – Palestra com a nutricionista do NASF na Creche Delfin da Mota Branco

Tema: Nutrisus e Alimentação Saudável

9:30h – Palestra com a neonatologista Dra Maria das Graças

Tema: Importância do Contato Pele a Pele “Mamãe e Bebê”

14h – Gincana com as gestantes na Maternidade

06/12

8:30h – Palestra com o pediatra Dr Cícero José, no Auditório do Hospital Santa Rita

Tema: Prevenção de Acidentes na Primeira Infância

Público-alvo: professores das creches, visitadores do Programa Criança Feliz e enfermeiros

9h – Cavalgada com as crianças da Creche Benedito José Soares, do Sítio Lagoa do Mato

10h – Roda de conversa com as mães das crianças com SCZV (microcefalia), com a odontopediatra Karla Cavalcante, no Credefipi

Tema: Cuidados da saúde bucal da criança

07/12

9h – Encerramento da Semana do Bebê, no Centro de Educação Infantil Leobino Soares da Mota

Apresentação de sarau de poesia com o tema Arco-íris

Apresentação do coral da Casa Viva

Palestra com a terapeuta ocupacional Leilane Oliveira

Tema: Como estimular meu filho na primeira infância


Visite o nosso portal:
http://www.palmeiradosindios.al.io.org.br/


Dois são esfaqueados após discussão em Palmeira dos Índios

Dois são esfaqueados após discussão em Palmeira dos Índios

Um adolescente de 16 anos com as D.O.S e um homem identificado como Luciano Correia, foram esfaqueados na noite deste domingo (02), na Rua Caracioly Soares, no bairro, São Francisco, em Palmeira dos Índios.

Segundo a Polícia Militar, as vítimas deram entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), com ferimentos nos braços após serem esfaqueadas durante uma discussão com o suspeito identificado apenas como Alex.

As causas que provocaram a discussão não foram informadas. O suspeito fugiu após o crime e é procurado pela polícia.


Prefeitura perfura poços artesianos na zona rural de Palmeira dos Índios

Prefeitura perfura poços artesianos na zona rural de Palmeira dos Índios

Assessoria
Fotos: Diego Wendric/Assessoria

A Prefeitura de Palmeira dos Índios, em parceria com o Governo do Estado e com o deputado federal Marx Beltrão, em uma ação para minimizar os efeitos da seca, reiniciou várias perfurações de poços artesianos na zona rural do município.

O secretário municipal de Defesa Civil Flávio Emílio informou que uma equipe técnica do Governo de Alagoas, em parceria com a prefeitura, realiza as perfurações. “Já colocamos poços na Serra do Goiti, em um poço perfurado com vazão de quatro mil litros de água doce. Em Caraíbas Torta, também foi perfurado um poço artesiano com vazão de oito mil litros de água, e na Comunidade Boa Vista do Tomé mais outro, que tem vazão de quatro mil e quinhentos litros de água”, explicou o secretário.

O prefeito Júlio Cezar disse que serão perfurados pelo menos cinco poços artesianos. “A meta é esta. Mas poderemos ampliar. A equipe técnica está agora trabalhando na perfuração de mais três poços: um na comunidade de Pau Sangue, um em Lavras e outro no Loteamento Padre Ludugero. Sabemos como é difícil para as comunidade a seca que se instala na região e fazemos essas ações para minimizar os efeitos que a seca trás.”, disse o prefeito Júlio.


Visite o nosso portal:
http://www.palmeiradosindios.al.io.org.br/


Palocci fecha nova delação e cita políticos de foro privilegiado

Palocci fecha nova delação e cita políticos de foro privilegiado

O ex-ministro Antonio Palocci fechou acordo de delação premiada com a Polícia Federal (PF), em Brasília, sobre fatos relacionados à Operação Greenfield, que investiga fraudes em fundos de pensão, crimes contra o sistema financeiro e políticos com foro privilegiado no âmbito da Petrobras.

A informação foi confirmada pela RPC, afiliada da TV Globo no Paraná. Essa delação, sob sigilo, foi homologada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin, em 28 de outubro deste ano.

Foram 23 depoimentos que retratam a atuação de uma suposta organização criminosa no governo federal e também crimes envolvendo o sistema financeiro nacional.

O ex-ministro dos governos petistas também deu informações sobre a atuação supostamente criminosa dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff em fundos de pensão.

Palocci já responde pelas supostas fraudes nos fundos na Operação Greenfield, que está na Justiça Federal, em Brasília.

O que dizem os citados

O Partido dos Trabalhadores (PT) afirmou que Palocci mentiu sobre Lula e Dilma para sair da prisão e gozar os milhões que acumulou, enquanto Lula permanece preso sem ter, segundo o partido, cometido crime nenhum.

A assessoria de Dilma rejeitou as afirmações de Palocci, classificadas como mentiras. Afirmou que o ex-ministro buscava a liberdade e que não apresentou nenhuma prova.

A defesa do ex-presidente disse que Lula não cometeu qualquer ato ilícito antes, durante ou após exercer o cargo, que as afirmações de Palocci contra ele são mentirosas e que foram realizadas para que o ex-ministro pudesse obter benefícios com a Justiça.

Lava Jato: primeira delação

O ex-ministro fechou o primeiro acordo de delação – que também está sob sigilo – no âmbito da Operação Lava Jato, em março deste ano. O acordo dele é diferente de outros da operação.

Além de ter sido firmado com a PF e não com o Ministério Público Federal (MPF), essa delação tem escopo específico. Conforme o termo, Palocci deve prestar informações sobre cinco investigações.

O acordo foi homologado pelo desembargador federal João Pedro Gebran Neto, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), relator dos casos da Operação Lava Jato, em 22 de junho.

Em 1º de outubro, o então juiz federal Sergio Moro liberou trechos da delação de Palocci. Devido ao acordo, o ex-ministro teve a pena reduzida de 12 anos e 2 meses para 9 anos e 10 meses. Ele vai cumprir em prisão domiciliar.


Supremo Tribunal Federal libera venda da Eletrobras Distribuição Alagoas

Supremo Tribunal Federal libera venda da Eletrobras Distribuição Alagoas

Decisão proferida nesta quinta-feira, 29, o ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), revogou liminar concedida em junho, ao governo de Alagoas, e liberou a venda da Eletrobras Distribuição Alagoas, a antiga Ceal. Com a decisão, o leilão de privatização da distribuidora, que estava travado desde junho, poderá ser realizado.

Segundo informações do jornal Valor Econômico, o ministro pediu que seja realizada uma perícia econômico-financeira para saber se houve descumprimento contratual por parte dos entes federais em decorrência do fracasso na privatização da Ceal.

Na ação movida no STF, o governo de Alagoas alega ter direito a receber do governo federal cerca de R$ 4 bilhões, em valores atualizados. No documento, o Estado também alegou ao STF que o leilão acarretaria “dano irreparável” ao governo, agravando o endividamento.

“À primeira vista, convenci-me da verossimilhança das alegações do Estado de Alagoas e da indispensabilidade da concessão da liminar para impedir que a Ceal fosse privatizada e com isso se consumasse o prejuízo do Estado”, disse o ministro ao Valor.

Como a Gazetaweb informou nesta quarta-feira, 29, a ação estava na pauta para ser julgada somente no início do próximo ano, conforme pauta semestral que estava sendo preparada pelo presidente da Corte, ministro Dias Toffoli.

No dia 14 deste mês presidente Michel Temer (MDB) publicou Medida Provisória que estabelece o dia 31 de março de 2019 como prazo final para a privatização da Eletrobras Distribuição Alagoas. Depois dessa data, caso não seja vendida, a distribuidora alagoana será inevitavelmente liquidada, com a demissão de todos os funcionários e ruptura de todos os contratos.

Atualmente, a Eletrobras Distribuição Alagoas conta com 1,2 mil trabalhadores diretos e cerca de 700 indiretos, segundo levantamento do Sindicato dos Urbanitários de Alagoas. “Além de afetar a toda essa categoria, a liquidação afetaria toda a população de Alagoas”, alertou o diretor do sindicato José Cícero da Silva.


Inscrições para o Mais Médicos preenchem apenas metade das vagas em Alagoas

Inscrições para o Mais Médicos preenchem apenas metade das vagas em Alagoas

Apenas 67 médicos se inscreveram no Mais Médicos, até o momento, para preencher as 127 vagas do programa deixada pelos profissionais cubanos no Estado, segundo levantamento parcial do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Alagoas (Cosems-AL) divulgado nessa quinta-feira (29).

O total de inscritos representa 52,7% das vagas deixadas pelos profissionais cubados nos 47 municípios onde eles atuavam. Segundo o Cosems-AL, apenas 28 municípios alagoanos – 59,5% do total – registraram inscrições de médicos no programa até o momento.

De acordo com o cronograma do Ministério da Saúde, as inscrições no Mais Médicos seguem até 7 de dezembro, sendo que a apresentação aos municípios dos profissionais já alocados é imediata e vai até 14 de dezembro.

Nesta tarde, a coordenadora do Mais Médicos em Alagoas, Ivana Pita, revelou que a maior parte dos médicos inscritos até momento não quer assumir as 40 horas semanais previstas no edital do programa, o que, na sua opinião, será um grande problema para os municípios.

“Isso terá que ser revisto, porque [a carga horária de 40 horas] é uma das condições do programa”, ressaltou. “Infelizmente, muitos médicos inscritos até agora só querem trabalhar dois dias na semana”, completou Ivana Pita.

Ela revelou ainda que municípios como Maceió, que dispõe de duas vagas, segundo levantamento do Ministério da Saúde, já preencheram as inscrições. “Além de Maceió, Arapiraca [que disponibilizou quatro vagas] está praticamente preenchida”, informou a coordenadora do Mais Médicos.

No município de Belo Monte, onde o atendimento básico era feito 100% por médicos cubanos, as três vagas deixadas pelos profissionais de Cuba já foram preenchidas, mas até o momento apenas um médico se apresentou. “Com isso, continuamos sem atendimento”, revelou o secretário municipal de Saúde, Rafael Sores.

Segundo ele, a saída dos médicos cubanos foi uma perda muito grande para a atenção básica, principalmente para a população carente. “Eles eram muito humanos, tinham um atendimento como realmente deveria ser na atenção básica”, ressalta.

Rafael Soares conta que está muito complicado para minimizar a situação no município, com a saída dos profissionais. “Nosso município só dispunha de um atendimento ambulatorial nos dias de sábado. Mas durante a semana a população fica desassistida, fazendo com que todos os encaminhamentos agora estejam indo ao hospital, onde a atenção básica poderia resolver”, diz.

Em Alagoas, o programa Mais Médicos está presente em 70 municípios – 47 deles tinham profissionais cubanos. Ao todo, 231 profissionais atuam em Alagoas, sendo 127 deles, cubanos. De acordo com a coordenadora estadual do programa, Ivana Pita, os novos profissionais estão atuando em unidades do Programa Saúde da Família, supervisionados por técnicos do programa.

Segundo o Ministério da Saúde, os profissionais que atuam no programa recebem bolsa-formação – atualmente no valor de R$ 11,8 mil brutos – e uma ajuda de custo inicial entre R$ 10 e R$ 30 mil para deslocamento para o município de atuação. Além disso, todos têm a moradia e a alimentação custeadas pelas prefeituras.


Alagoas tem a quinta pior expectativa de vida do País, revela pesquisa do IBGE

Alagoas tem a quinta pior expectativa de vida do País, revela pesquisa do IBGE

lagoas tem a quinta mais baixa expectativa de vida do País, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (29), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com uma esperança de vida ao nascer de 72 anos – levando em consideração o ano de 2017 -, o estado ficou à frente apenas do Maranhão, que tem a pior expectativa de vida entre os estados brasileiros, com 70,9 anos, Piauí (71,2 anos), Rondônia (71,5) e Roraima (71,8).

De acordo com o IBGE, a maior esperança de vida ao nascer entre as Unidades da Federação foi em Santa Catarina, com 79,4 anos, seguido por Espírito Santo, Distrito Federal, São Paulo e Rio Grande do Sul, todos com valores iguais ou acima de 78,0 anos. No Brasil, a expectativa de vida é de 76 anos.

Considerando a diferença entre expectativas de vida por sexo nos estados, as maiores diferenças se encontram nos estados do Nordeste, no Pará e Espírito Santo. No caso dos homens, Alagoas tem a terceira pior expectativa de vida do País, com 67,2 anos.

O Piauí tem a média mais baixa, com 67,1 anos, seguido do Maranhão, com 67,1 anos. Já Santa Catarina possui a média mais alta do País, com 76,1 anos para os homens. Segundo os dados do IBGE, Alagoas está muito abaixo da média nacional masculina de 72,5 anos.

Entre as mulheres alagoanas, a expectativa de vida em 2017 era de 76,5 anos, a oita mais baixa do País, segundo o IBGE. Roraima tem em a mais baixa expectativa de vida, com 74,6 anos, enquanto Santa Catarina tem a maior expectativa de vida do País entre as mulheres, com 82,7 anos. A média nacional é de 79,6 anos.

VIOLÊNCIA

Segundo os dados do IBGE, Alagoas tem a maior diferença de expectativa de vida entre homens e mulheres do País, com 9,6 anos a favor das mulheres. A menor diferença nessa base de comparação ficou com Roraima, com 5,1 anos. A média nacional é de 7,1.

Para o IBGE, os maiores diferenciais de mortalidade por sexo refletem os altos níveis de mortalidade de jovens e adultos jovens por causas violentas, que incidem diretamente nas magnitudes das esperanças de vida ao nascer da população masculina.

IDOSOS

O IBGE também comparou a expectativa de vida entre idosos. Na faixa etária de 60 anos, a média de esperança de viver em Alagoas é de 20,6 anos – sendo 18,6 anos para homens e 22,4 para mulheres. Na faixa etária de 65 anos, essa média recua para 17,2 anos, sendo 15,4 anos para homens e 18,7 anos para mulheres.

Segundo o instituto, o tempo médio que irá viver um indivíduo ao completar 65 anos em Alagoas é de 80,4 anos para homens e 83,7 anos para mulheres.


Servidores de Palmeira começam a receber salário nesta quinta (29)

Servidores de Palmeira começam a receber salário nesta quinta (29)

Lucianna Araújo/Assessoria
Fotos: Diego Wendric/Assessoria

A Prefeitura de Palmeira dos Índios iniciou hoje (29) o pagamento dos servidores públicos municipais. Mais uma vez, os salários estão sendo pagos dentro do mês trabalhado. Primeiro, recebem os trabalhadores da área da Educação e o dinheiro já está disponível nas redes bancárias conveniadas ao município. Aposentados e pensionistas da PalmeiraPrev também começaram a receber hoje, Os funcionários públicos das outras áreas receberão a partir de sexta-feira (30), após o meio-dia.

De acordo com o prefeito Júlio Cezar, a folha de pagamento dos servidores públicos municipais é um compromisso do Governo Municipal. “Enfrentamos mais um ano difícil, mas o governo tem mantido o compromisso de realizar o pagamento salarial em dia, unificado junto com a Palmeira Prev. A nossa folha é a terceira maior do estado e nem toda indústria tem uma folha tão grande quanto a nossa. Temos a obrigação de realizar o pagamento e para isso fizemos cortes, contenção de despesas e eliminamos custos para não comprometer a folha e para manter em dia o pagamento dos nossos servidores”, afirmou o prefeito Júlio Cezar.


Visite o nosso portal:
http://www.palmeiradosindios.al.io.org.br/


Fim da espera: CSA renova contrato com Marcelo Cabo até o final de 2019

Fim da espera: CSA renova contrato com Marcelo Cabo até o final de 2019

Marcelo Cabo será treinador do CSA em 2019. O comandante azulino chegou a um acordo com a diretoria do clube do Mutange em um almoço nesta quinta-feira (29) e renovou seu contrato com o Azulão até o final da próxima temporada.
Além de Marcelo Cabo, também permanecem no CSA para 2019, o preparador físico Leonardo Cupertino e os auxiliares Gabriel Cabo e Rodolfo Oliveira. Após assinatura de contrato, Marcelo Cabo vai embarcar rumo ao Rio de Janeiro, onde passará férias com a família e também vai participar de um curso na Confederação Brasileira de Futebol (CBF).
O treinador retornará a Maceió somente no dia 2 de janeiro, quando dará início ao período de pré-temporada no CSA. Segundo apurou o repórter Warner Oliveira, da Rádio Gazeta, com a definição do comando técnico, a direção azulina foca agora nas renovações dos contratos de alguns jogadores que interessam o clube para a próxima temporada.
Marcelo Cabo chegou ao CSA em fevereiro deste ano para substituir Flávio Araújo, demitido após a eliminação na Copa do Brasil para o São Paulo, no Rei Pelé. No Azulão, o treinador carioca que completa 52 anos no próximo dia 6 de dezembro, conseguiu pôr um fim ao jejum de nove anos sem conquistar um título estadual, vencendo o CRB na finalíssima por 2×0, e levou o clube a fazer a maior campanha de um alagoano na Série B do Brasileirão, sagrando-se vice-campeão e garantido acesso à elite do futebol nacional.


ANS apresenta a senadores proposta de reajuste para planos de saúde

ANS apresenta a senadores proposta de reajuste para planos de saúde

Representantes da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) apresentaram, na Comissão de Assuntos Sociais do Senado, os cálculos para reajustar os planos de saúde. Segundo eles, a fórmula foi discutida com órgãos de defesa do consumidor, Ministério Público e organizações ligadas à saúde.

A audiência foi acompanhada pelo diretor de Normas e Habilitação dos Produtos da ANS, Rogério Scarabel.

Após a avaliação, ANS informou que irá publicar uma nota normativa sobre os reajustes, que valerá a partir de maio de 2019. Se aprovada, a nova fórmula para reajuste dos planos levará em conta o índice do valor das despesas assistenciais (IVDA), que é formado por três elementos.

Os três elementos são a variação dos preços da despesa assistencial (VDA) considerados os gastos da carteira de planos individuais das operadoras. O segundo é o desconto da variação da Receita Faixa Etária (VFE), proveniente dos reajustes previstos toda vez em que o usuário muda de faixa etária. Desse valor tira-se 1.

O terceiro aspecto o fator denominado “ganhos de eficiência” (FGE). Isso porque a ANS pretende estimular as operadoras a atuarem como gestoras de assistência à saúde, estimulando a eficiência e evitando um modelo que transforme a operadora numa mera repassadora de custos assistenciais.

Atingido o índice de variação da despesa assistencial (IVDA = VDA/VFE-1-FGE), o percentual de reajuste é igual a 80% x IVDA + 20% x IPCA Expurgado (o que é eliminado do índice nacional de preços ao consumidor amplo são as contas referentes aos planos de saúde e às despesas médicas).

Análises

O coordenador da área que elaborou a fórmula de reajuste, Bruno Morestrello, afirmou que o que se faz “no expurgo é evitar que o reajuste do ano seguinte seja retroalimentado pelo reajuste do ano anterior”. Segundo ele, não é possível estimar um reajuste apenas com base na inflação do período.

“Além de a área de saúde ter um comportamento de preços diferente da média da economia, existe o efeito da frequência do uso dos serviços, a variação de eventos como consultas, exames, cirurgias”, afirmou o especialista.

Para os representantes da ANS, a nova fórmula de cálculo dos planos de saúde é vantajosa porque os dados que compõem o reajuste são públicos e auditáveis. Os técnicos da agência também apontam como benefício o fato de os dados serem retirados do próprio mercado de planos individuais e terem menor defasagem entre o período de cálculo e a aplicação do reajuste. Apontam ainda a correção das despesas não-assistenciais será feita por índice específico, expurgando as despesas assistenciais.

Considerações

O coordenador da área que elaborou a fórmula de reajuste, Bruno Morestrello, disse que o novo cálculo inclui as despesas assistenciais e não assistenciais. Segundo ele, aproximadamente 80% dos gastos de um plano de saúde são procedimentos, terapias, internações e exames ? as despesas assistenciais.

Ainda de acordo com suas estimativas, Morestrello disse que os demais 20% são despesas não-assistenciais, ou seja, o que a operadora do plano de saúde gasta com pessoal, locomoção e manutenção, por exemplo.

*Com informações da Agência Senado.


Prefeitura de Palmeira realiza IV Conferência dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes

Prefeitura de Palmeira realiza IV Conferência dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes

Lucianna Araújo/Assessoria

Fotos: Diego Wendric/Assessoria

A Prefeitura Municipal de Palmeira dos Índios, por meio das secretarias municipais de Assistência Social, Educação e Saúde, além do Ministério Público, Conselhos Tutelar e da Criança e do Adolescente, realizou na sede da Associação Atlética Banco do Brasil, a IV Conferência Municipal dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes. O evento contou com a participação de técnicos das secretarias, Fundanor, professores e estudantes da rede municipal de ensino público.

O Objetivo da Conferência, que trouxe este ano o tema Proteção Integral, Diversidade e Enfrentamento das Violências, é reafirmar o compromisso do município com a infância, pessoas que necessitam de proteção, para que se garanta o que está previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente, que atribui às famílias, ao estado e à sociedade o dever de garantir esta proteção. Além disso, outro ponto importante do evento foi a discussão para fortalecer o Sistema de Garantia de Direitos (SGD).

De acordo com a secretária municipal de Assistência Social Mônica Targino, o tema da Conferência traduz as exigências do momento. “É garantir a proteção integral, respeitando a diversidade tão peculiar de nossa sociedade e enfrentar, de vez, as variadas formas de violência que insistem em atingir nossas crianças e adolescentes. Aí reside a importância de discutir as estratégias para efetivar os direitos das crianças e dos adolescentes, garantindo o protagonismo dessa discussão e construir caminhos para garantir os direitos conquistados e tão caros à nossa sociedade”, afirmou a secretária.


Visite o nosso portal:
http://www.palmeiradosindios.al.io.org.br/