Algás prorroga prazo para inscrições em concurso público

Gazetaweb, com assessoria

A Algás prorrogou o prazo das inscrições para o Processo Seletivo Público para cadastro de reserva, referente aos editais nº 001/2014 e 002/2014 para até as 23h59 do dia 30 de abril de 2014, conforme publicado na edição desta quinta-feira (10) do Diário Oficial do Estado (DOE).

As reservas do concurso são para os cargos de Assistente de Processos Organizacionais, Técnico em Processos Operacionais, Analista de Processos Organizacionais e Engenheiro, com salários que variam de R$ 2.027,95 a R$ 5.750,20.

Os editais de alteração, assim como as demais informações sobre o Processo Seletivo e as inscrições estão disponíveis nos endereços eletrônicos www.copeve.ufal.br e www.fundepes.br.


Número de roubos de carros e motos cresce quase 50% em Maceió

Um homem que não quis ser identificado teve a moto roubada em fevereiro deste ano em um cruzamento do bairro do Tabuleiro, em Maceió. A ação dos criminosos foi rápida e durante o dia. “Eles chegaram do meu lado e mandaram eu descer da moto. Mostraram a arma, perguntaram pelo alarme e foram embora”, relata o motociclista.

O veículo estava coberto pelo seguro, mesmo assim, a vítima diz que teve prejuízos. “O problema é que avaliação do seguro ficou bem abaixo do valor da moto, que estava acima dos R$ 4 mil”, disse a vítima.

Dados do relatório de ocorrências policiais da Secretaria de Defesa Social (SDS) de Alagoasrevelam que os roubos de veículos em Maceió aumentaram. No primeiro trimestre desse ano foram roubados 367 veículos; 171 carros de passeio e 196 motos, quase 47% (46.8) a mais que no mesmo período de 2013, quando foram registrados 250 assaltos, sendo 134 de carros de passeio e 116 de motos.

A Polícia Civil também constatou o aumento no número de assaltos de carros e motos. Os que são recuperados são levados para a Delegacia de Roubos e Furtos de veículos, no bairro do Pontal, em Maceió. Cerca de 300 estão amontoados nos pátios e a maioria faz parte de processos judiciais. Enquanto não são retirados ou devolvidos, os veículos sofrem os efeitos do tempo e a ação da maresia. São tantos que alguns já foram colocados até na recepção da delegacia.

“Não tem mais condições de armazenar veículos. Há carros no coqueiral , na frente e no pátio no Detran. Todos expostos a ação do tempo e a roubos e depredação de quem frequenta a praia”, expõe o delegado Valdir Carvalho.

Segundo o delegado da Roubos e Furtos de Veículos, houve uma mudança no perfil dos crimes, resultando em um número maior na recuperação de veículos. “Antes os carros seguiam para desmanche. Hoje, a maioria dos carros roubados são usados para outros crimes”, diz o delegado.


Ação para remover parte do moinho deve ser retomada nesta quinta-feira

Do G1 AL

Caminhão chega ao local do desabamento para fazer a retirada da parte do silo no Moinho Motrisa. (Foto: Roberta Cólen/G1)
Caminhão chega ao local do desabamento para
fazer a retirada da parte do silo no Moinho Motrisa.
(Foto: Roberta Cólen/G1)

A operação para retirada de parte da estrutura pendente do silo que se rompeu (uma espécie de torre para armazenar alimentos) no Moinho Motrisa deve ser retomada na manhã desta quinta-feira (10). Isso porque o trabalho foi interrompido no início da noite de quarta (9) pelo Ministério do Trabalho, que alegou haver riscos na ação.

“Estavam com pressa e o serviço seria feito à base do improviso. Foi lavrado um termo de interdição e a obra pode ser retomada a qualquer momento, desde que atendam à exigência de um funcionário qualificado para fazer este serviço”, justificou o auditor fiscal do Ministério do Trabalho Elton Machado.

José Luiz dos Santos, gerente comercial da empresa prestadora de serviço contratada pelo Motrisa para realizar a operação, se comprometeu em acionar um outro funcionário que esteja habilitado para o trabalho. Até que todo o serviço seja concluído, a área no entorno do moinho permanecerá isolada por tempo indeterminado. “Peço desculpas à população e aos comerciantes, mas nada paga a vida que poderia se perder aqui”, complementa Machado, ao citar o risco de a operação ser realizada por uma pessoa não habilitada.

Os trabalhos de limpeza da área onde caíram toneladas do produto que ficava armazenado no silo que se rompeu após o acidente, ocorrido na última segunda (7), também foram interrompidos. O acidente deixou cinco pessoas feridas. Elas foram encaminhadas ao Hospital Geral do Estado (HGE). Uma das vítimas continua internada. Diversos veículos foram soterrados.

Funcionário ficará em uma cabine para retirar parte da estrutura do moinho que esta pendente. (Foto: Jonathan Lins/G1)Cabine onde fica funcionário que será içado para operar maçarico no alto do silo. (Foto: Jonathan Lins/G1)

A retirada da estrutura pendente foi definida após uma reunião realizada na última terça (8), devido ao risco de novos desabamentos. A empresa se comprometeu em trazer um guindaste de outro estado para realizar o serviço, mas acabou encontrando uma empresa aqui no estado que fizesse a operação. A lança do guindaste tem 45 metros, mas ainda será necessário acoplar uma outra estrutura de 5 metros, chamada de gibe, à ponta da lança para dar maior estabilidade durante a ação.

“Esse procedimento é necessário para que a peça não caia sobre o guindaste. Um funcionário vai subir até o topo do silo com um maçarico para retirar a peça, que deve cair por completo. O ideal seria que uma outra máquina segurasse a peça antes de ela cair, mas isso é um procedimento emergencial e não há risco, já que não haverá ninguém embaixo”, afirmou Santos.

Acidente vitimou cinco pessoas na noite de segunda-feira (7). (Foto: Jonathan Lins/G1)Toneladas de trigo que estavam armazenadas no silo ficaram espalhadas na via. (Foto: Jonathan Lins/G1)

Entenda o acidente
O acidente aconteceu na tarde de segunda-feira (7) e deixou vítimas feridas e carros soterrados pelo trigo armazenado em um dos silos da fábrica que se rompeu. Toneladas do produto se espalharam na Avenida Comendador Leão, no bairro do Poço, em Maceió.

Após o rompimento do silo, pedaços da estrutura danificada ameaçavam desabar, o que provocou a suspensão dos trabalhos no local. O serviço de limpeza da área só foi retomado após a garantia por parte da empresa de que essa estrutura seria removida.

Ainda na reunião realizada na terça, foi formada ainda uma comissão com quatro técnicos responsáveis por elaborar um laudo que aponte as condições das 26 casas que foram isoladas devido ao risco de desabamento. Este relatório deverá ficar pronto em até 30 dias. Ate lá, moradores das casas vizinhas deverão permanecer na casa de parentes.


Mega-Sena acumula, e prêmio pode chegar a R$ 30 milhões no sábado

Do G1, em São Paulo

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 1.589 da Mega-Sena, sorteadas na noite desta quarta-feira (9) em Osasco (SP).

O prêmio acumula e a previsão é de que a Mega-Sena pague R$ 30 milhões no sorteio do próximo sábado (12), segundo a Caixa Econômica Federal.

Veja as dezenas: 04 – 05 – 11 – 19 – 41 – 51.

A Quina teve 87 acertadores e cada um vai levar R$ 19.464,78. Já a Quadra paga R$ 309,55 para cada um de seus 7.815 ganhadores.

Para apostar
A Caixa Econômica Federal faz os sorteios da Mega-Sena duas vezes por semana, às quartas-feiras e aos sábados. As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país. A aposta mínima custa R$ 2.


BOTAFOGO É DOMINADO, PERDE DO SAN LORENZO E DÁ ADEUS À LIBERTADORES.

A vaga na mão há duas rodadas terminou em eliminação. O sonho de ir longe no retorno à Libertadores 17 anos depois acabou precocemente na primeira fase. Após tropeçar em casa para o Unión Española, do Chile, na rodada anterior, o Botafogo, mesmo com o retorno de El Tanque Ferreyra, não deu conta da árdua tarefa de pontuar contra o San Lorenzo, na Argentina. Na noite desta quarta-feira, o Alvinegro foi vítima do caldeirão que virou o Nuevo Gasômetro, em Buenos Aires, e saiu derrotado por 3 a 0. Villalba e Piatti, duas vezes, marcaram os gols da vitória que classificou o time de coração do Papa Francisco para as oitavas de final como segundo colocado do Grupo 2, com oito pontos.

Mas a festa em Buenos AIres só foi possível minutos depois do apito final. Se o equatoriano Independiente del Valle fizesse mais um gol e ganhasse por dois de diferença no Chile, o time se classificaria no lugar do San Lorenzo. Mas o jogo, de muitas viradas, terminou num incrível e insuficiente 5 a 4. Foi como um gol no Nuevo Gasômetro. A Argentina, que já classiificou quatro times para a próxima fase, pode terminar com todos do país nas oitavas se o Newell’s Old Boys ao menos empatar em casa com o Nacional de Medellín, da Colômbia, nesta quinta-feira. Já o Brasil amarga pela primeira vez três clubes eliminados na fase de grupos do torneio: além do Botafogo, Flamengo e Atlético-PR caíram.

A outra vaga da chave ficou com o outro carrasco do Botafogo, o Unión Española, que mesmo derrotado em casa ainda acabou como líder do grupo com nove pontos. Os dois classificados aguardam o complemento da rodada desta quinta para a definição de seus adversário. Já ao Alvinegro, eliminado também do Campeonato Carioca antes da fase final, resta no primeiro semestre o início do Campeonato Brasileiro. A equipe fará sua estreia na competição no dia 20, às 16h (de Brasília), contra o São Paulo no Morumbi.

– Quando tivemos mais a bola pra jogar, tomamos o gol e isso acabou nos prejudicando. Sabíamos que a equipe viria para cima e infelizmente o resultado não veio. É complicado ficar fora de uma competição como essa, mas agora é fazer nosso trabalho – declarou Bolívar.

San Lorenzo x Botafogo (Foto: Reuters)Cabisbaixos: mesmo com El Tanque, jogadores do Bota não tiveram reação na Argentina (Foto: Reuters)

Bota se segura, mas desvio vence Jefferson

Contra um estádio lotado, a cantoria ininterrupta e a catimba argentina, além do ambiente de pressão de viver ou morrer na Libertadores, o Botafogo entrou ligado para segurar o empate que lhe dificilmente não daria a vaga nas oitavas. Atacar não era prioridade no time de Eduardo Hungaro. Tanto que o primeiro chute perigoso a gol, de Wallyson, foi só aos 16 minutos, num raro contra-ataque. Lá atrás, a ordem era chutão para frente. Um deles quase complicou, não fosse por Jefferson salvar a bola que Dória tentou afastar, mas bateu em Airton e foi contra o próprio patrimônio. Mesmo com os ensaboados Piatti e Correa deitando e rolando pela direita da defesa do Bota, o Alvinegro evitava danos maiores do que algus sustos. Até que…

Numa saída de bola, Jorge Wagner errou o passe. A bola bateu no marcador e caiu nos pés de Villalba, livre na entrada da área. O meia teve tempo de dominar e chutar contando ainda com um desvio em Julio Cesar para vencer Jefferson e fazer 1 a 0 aos 28 minutos. A desvantagem obrigou os alvinegros a saírem para buscar o empate. E a aposta era jogar em Ferreyra para ele finalizar ou fazer o pivô. Na bola aérea, subiu sozinho em posição legal e, usando o braço, por muito pouco não conseguiu um desvio que seria fatal. Com a bola no chão, sofreu uma falta perigosa na meia-lua da área, cobrada na barreira por Jorge Wagner. Apesar de terminar atacando, o primeiro tempo acabou com ampla vantagem dos argentinos na posse de bola: 60% a 40%.

San Lorenzo x Botafogo (Foto: AFP)Autor de dois gols e o melhor em campo, Piatti virou o herói da classificação do San Lorenzo (Foto: AFP)

Sem força, alvinegro leva baile do San Lorenzo

Sem mudanças, Hungaro apostou na atitude. A postura parecia de fato ter mudado ao ver um ataque perigoso com os primeiros segundos de bola rolando. Mas Jorge Wagner dormiu na bola recuperada na área por Wallyson, e tudo não passou de ledo engano para o treinador alvinegro. O San Lorenzo logo retomou o controle, chegou perto de marcar num cruzamento fechadinho aos seis, e dois minutos depois chegou de novo às redes. Com um chute de fora da área, Piatti e fez 2 a 0 para os argentinos.

Acuado, Hungaro foi para o tudo ou nada com Henrique no lugar de Gabriel e Bolatti no de Airton. O volante argentino, aliás, foi vaiado sempre que tocava na bola pela torcida por ter jogada em outras equipes no país. A cartada final foi Fabiano substituindo Wallyson. Mas nada que ressuscitasse o Botafogo, já entregue no jogo. Só que a vitória por 2 a 0 também não interessava aos donos da casa, já que o triunfo do Independiente del Valle no Chile classificava os equatorianos no lugar dos hermanos. A alternância no placar no outro jogo da noite fazia as emoções mudarem a cada minuto no Nuevo Gasômetro.

Virou ataque contra defesa no fim, atrás de um gol salvador. O time chegou muito perto várias vezes: aos 25, Más parou em Jefferson num chute à queima-roupa; aos 41, Cavallaro, livre na área, completou de primeira um cruzamento por cima do travessão; um minuto depois, Matos driblou Jefferson, mas chutou na rede pelo lado de fora. Coube a Piatti virar o herói. Aos 43, o meia saiu cara a cara com o goleiro e coroou sua grande atuação com o gol que garantiu a esperança. A classificação só foi selada com o término da partida no Chile. Mais um gol do Del Valle mudaria tudo. Mas ele não saiu e, com o apito final a vibração no Nuevo Gasômetro foi intensa.


FLA PERDE E É ELIMINADO EM NOVO ‘MARACANAZO’ DIANTE DE MEXICANO.

Não deu. A batalha teve luta de sobra, suor e até sangue – de Alecsandro em batida cabeça com cabeça com o companheiro Samir. Não foi o suficiente. O León repetiu o feito que ficou famoso no México e, seis anos depois do América-MEX de Cabañas, atualizou a versão do “Maracanazo” com a vitória por 3 a 2. Arizala e Boselli, que também marcaram gols no primeiro duelo entre as equipes, e Peña construíram o placar. André Santos e Alecsandro marcaram para os rubro-negros, que aos gritos de “vergonha” de 53.230 pagantes (60.451 presentes), deixam a Libertadores pela quarta vez na história sem passar pela fase de grupos. Em um jogo nervoso, com renda de R$ 3.091.047,50, a classificação para as oitavas ficou com os visitantes, que terminaram em segundo lugar do Grupo 7, com dez pontos e agora vão esperar o complemento da rodada, nesta quinta-feira, para saber seu adversário.

Após o apito final, o atacante Alecsandro lamentou o mau resultado, mas exaltou o desempenho do León.

– Para mim, que já tenho duas conquistas de Libertadores (por Inter e Atlético-MG), é um sentimento muito ruim. Sei o gosto de ser campeão da América. Peço desculpas aos 60 mil torcedores que vieram aqui. Mas é bom lembrar que o León jogou muito bem. Eles devem ter tido mais posse de bola que a gente. Não encaixamos a marcação. É difícil fazer gol sem a bola – disse o centroavante à Fox Sports.

A outra vaga da chave é do Bolívar. O time boliviano, que foi outro carrasco rubro-negro ao fazer quatro pontos nos dois duelos diretos com os cariocas, tornou-se o líder do grupo, com 11 pontos, ao bater o Emelec por 2 a 1, em La Paz. Para salvar o semestre, o Fla agora se volta para o Carioca. O time faz mais uma partida decisiva neste domingo, às 16h (de Brasília), pela final do estadual, contra o Vasco, no Maracanã. Dono da melhor campanha, o Rubro-Negro joga pelo empate para garantir o título estadual pela 33ª vez em sua história.

Flamengo x León (Foto: André Durão)Nocauteados, Samir e Flamengo veem drama vivido para o América-MEX voltar (Foto: André Durão)

Vilão, heróis e quatro gols em 13 minutos

Era jogo nervoso. Passes errados, torcida inquieta, broncas da área técnica. Jayme de Almeida dava gritos da beira do campo com a marcação. Gustavo Matosas também estava agitado. Tirou até a jaqueta. Cobrava velocidade a todo instante nos contra-ataques. A tática do treinador, que surpreendeu ao escalar Arizala para jogar na velocidade em cima de André Santos, deu resultado. Só que pelo alto. Após falta boba feita por Alecsandro, perdido no campo de defesa, o atacante do León ganhou de André Santos e de cabeça fez 1 a 0 com 21 minutos de jogo. Já a aposta de Jayme não deu certo.

De volta ao time após se recuperar de lesão, Elano ficou só 12 minutos em campo, sentiu um problema muscular e deu lugar a Gabriel. O nervosismo era nítido no lado rubro-negro, e Paulinho chegou a se estranhar com seu marcador. Do lado mexicano, não. Jogando pelo empate, o time segurava a bola com trocas de passes no setor defensivo e debaixo de muitas vaias. Contra uma povoada defesa, era preciso uma jogada individual, como a de Paulinho, que passou por dois e serviu para André Santos chutar sobre os defensores na entrada da área. Mas a resposta só aconteceu na bola parada, assim como o gol do León.

Léo Moura levantou na área, e André Santos foi de vilão a herói: usou a cabeça e empatou após saída errada de Yarbrough, aos 29. Só que quem disse que dava para comemorar? Um minuto depois, após cruzamento de Hernández, Boselli subiu entre Samir e André Santos e colocou os mexicanos de novo na frente. Não demorou para um novo cruzamento, desta vez por baixo, feito por Everton, encontrar Alecsandro na área. O atacante, que precisou levar três pontos na cabeça por trombada com Samir, pegou de primeira e, mesmo desengonçado, conseguiu mandar a bola no cantinho para empatar de novo. Foram quatro gols em 13 minutos. E o primeiro tempo terminou com um Fla cauteloso entre atacar e resguardar a defesa, exposta aos perigosos contra-ataques.

Boselli Flamengo x León (Foto: AFP)Arizala e Boselli: dupla repetiu os gols do primeiro jogo e foi fundamental na vitória do León (Foto: AFP)

Fla vira vítima da ansiedade e é eliminado

Jayme preferiu não mexer, deu confiança para a equipe voltar pressionando na etapa final. E Yarbrough, logo aos três minutos, evitou a virada do Fla numa cabeçada à queima-roupa de Gabriel. Paulinho, pouco depois, fez jogada individual e bateu colocado, da entrada da área, tirando tinta da trave. Mas os mexicanos seguiam perigosos. Num passe errado de Everton, Arizala ganhou na velocidade de Amaral, invadiu a área e só não finalizou porque Samir, mais uma vez, salvou os rubro-negros. Felipe também quase complicou ao espalmar para frente um chute d elonge de Montes e dar de presente para Boselli cabecear fraco.

O fôlego de André Santos acabou, e Jayme foi obrigado a mudar de novo por necessidade. Foi na onda da torcida, que pedia Negueba, e colocou mais um atacante em campo, deslocando Everton para a lateral esquerda. Mas a verdade é que os mexicanos estiveram mais próximos do terceiro gol do que o Flamengo. Aos 23, Felipe defendeu uma pancada de Boselli e manteve os rubro-negros no jogo. Só que a única forma encontrada de chegar à área adversária foi nos chuveirinhos. Todos cortados pela zaga visitante. Sobrava correria sem organização. Sem um meia no banco de reservas, a cartada final de Jayme foi outro atacante, Nixon. Em vão.

O golpe final mexicano começou quando Matosas sacou um exausto Arizala para a entrada de Delgado, para se fechar mais. Mas quando o empate já estava de bom tamanho para os mexicanos, a vitória caiu no colo. Aos 38, Peña pegou a sobra de um chute cruzado na área e, de primeira, venceu Felipe para fazer o gol do triunfo do León e do drama do Fla. O silêncio tomou o Maracanã até os gritos de “vergonha” da torcida, que sufocaram os de “olé” dos poucos visitantes presentes ao estádio.


Governo federal prorroga repasse e garante operação carro-pipa em AL

Gazetaweb, com assessoria

O Ministério da Integração Nacional irá prorrogar o repasse de verbas para pagamento do serviço de carros-pipa que abastecem os municípios atingidos com a estiagem no Sertão alagoano. A garantia foi dada pelo ministro da Integração Nacional, Francisco Teixeira. Um novo convênio será feito para que o pagamento aos pipeiros possa ser feito.

A exigência do governo federal é que o governo do Estado mantenha o programa até que o dinheiro seja repassado.

Segundo a Associação Alagoana dos Municípios (AMA), o secretário estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos Napoleão Casado vai apresentar o cronograma aos prefeitos, durante a reunião da entidade, da próxima segunda-feira, dia 14. A AMA havia feito essa solicitação e informa que vem acompanhando a situação das cidades e a interrupção do programa.

Para o presidente da AMA, Jorge Dantas, a ação era a principal reivindicação dos gestores. “Os municípios passam por uma grave crise financeira e essa é uma conta que muitos prefeitos assumem sem poder”, acrescentou.

A ideia é também discutir, na reunião, o plano de contingenciamento para obras de convivência com a seca, elaborado pelo Estado, e executado de forma multisetorial reunindo a Secretaria da Infraestrutura, Casal, Semarh e a Defesa Civil, orçado em R$ 83 milhões. A proposta, que está sob análise do Ministério da Integração Nacional, contempla 14 projetos e atende inúmeros municípios com a criação de pequenas adutoras para abastecer cidades que tiveram suas fontes de fornecimento de água exauridas com a seca.

“Ao lado das demais entidades do Nordeste, a associação defende um planejamento estratégico tendo em vista as mudanças climáticas, principalmente com a escassez de água e o aquecimento”, disse o prefeito Jorge Dantas.


Temporal causa estragos e cancela Audiência Pública da “Zona Azul”

Fonte-estadãoalagoas.

O temporal que se abateu sobre Palmeira dos Índios na tarde desta terça-feira (08), causou vários transtornos na maioria dos bairros da Cidade.

Chuva, e ventos fortes que provocaram quedas de árvores, chegaram a assustar os moradores da região, visto que o clima no município não havia há anos apresentado grandes transformações.

Além dos prejuízos para o comércio, vários outras atividades do cotidiano sofreram os efeitos das chuvas da tarde desta terça.

Em consequência de tantos transtornos, também foi cancelada a Audiência Pública convocada pelo Vereador Dr. Márcio Henrique (PPS) do Poder Legislativo de Palmeira dos Índios, em função da presença de água em vários pontos dentro da Câmara Municipal.

O objetivo da Audiência Pública é promover a participação da sociedade civil organizada, moradores, lojistas e funcionários na discussão sobre o assunto.

O projeto será implantado o mais rápido possível e receberá a nomenclatura “ZONA AZUL”, uma propositura do parlamentar que é Líder de Oposição, mas com o pensamento no bem coletivo, o estacionamento rotativo é essencial para que as pessoas possam estacionar o carro no centro da cidade. Problemas apresentados na estrutura da recente reforma, com a infiltração de água nas dependências da câmara deverão ser solucionados.

Ao passo em que os garis da prefeitura municipal terão bastante trabalho pela frente para limpar a cidade, a presidência da Câmara deverá também tomar providências, não só para a retirada da água, mas também junto à empresa responsável pela recente reforma, questionar sobre os danos e a razão do acontecido.

Veja algumas fotos de danos causados pela chuva;

 


ei prevê multa a empregador que não assinar carteira de doméstico

Do G1, em São Paulo
Lei assinada pela presidente Dilma Rousseff e publicada nesta quarta-feira (9) no “Diário Oficial da União” prevê aplicação de multa para quem não assinar a carteira de trabalho do empregado doméstico. A legislação entra em vigor em 120 dias.

Foi vetado, contudo, o artigo 4º, que previa que o valor das multas a serem aplicadas pelas Varas do Trabalho seria revertido em benefício do trabalhador prejudicado.

De acordo com o texto do projeto de lei, que foi aprovado em novembro pela Câmara dos Deputados, a multa para ausência de registro na carteira será calculada a partir de valor definido na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), de 278,2847 Ufirs (unidades fiscais de referência), em cerca de R$ 294.

A multa, contudo, pode ser elevada em pelo menos 100%, diz a lei (ou ao menos R$ 588). Esse percentual de aumento poderá ser reduzido se o empregador reconhecer voluntariamente o tempo de serviço do empregado, com a efetivação das anotações e o recolhimento das contribuições previdenciárias.

Publicada nesta quarta, a lei 12.964, de 8 de abril de 2014, prevê, ainda, que a gravidade da multa será definida de acordo com o tempo de serviço do empregado, a idade, o número de empregados e o tipo da infração.

PEC das domésticas

A legislação é aprovada no momento em que outro projeto de lei, com a regulamentação dos direitos trabalhistas das domésticas, aguarda votação na Câmara.

Um ano após a promulgação da emenda constitucional das Domésticas, que garantiu à categoria os mesmos direitos dos demais trabalhadores urbanos e rurais, profissionais do setor continuam sem poder desfrutar de boa parte dos novos benefícios, como o seguro-desemprego e o recolhimento obrigatório do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

Aprovada pelo Senado em julho de 2013, a regulamentação para esses sete direitos seguiu para aprovação da Câmara dos Deputados, mas até agora não foi votada.


Pronatec oferta 7. 110 vagas para cursos gratuitos em Alagoas.

Os alunos da rede pública estadual do Ensino Médio que ainda não se matricularam nos cursos profissionalizantes gratuitos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) têm até esta sexta-feira (11) para fazer sua inscrição. A Secretaria de Estado da Educação e do Esporte (SEE) oferta 7. 110 vagas em 33 escolas e centros profissionalizantes da rede pública estadual. As vagas estão disponíveis nos municípios de Maceió, Arapiraca, Santana do Ipanema, Palmeira dos Índios, Coruripe, Teotônio Vilela, Campo Alegre, Barra de São Miguel, Junqueiro, Boca da Mata, Anadia, Barra de Santo Antônio, Paripueira, Viçosa, Maragogi, Porto de Pedras, Campestre, Japaratinga, Jacuipe, Matriz de Camaragibe, Passo de Camaragibe, Jundiá, São Luiz do Quitunde e Porto Calvo.

Este número representa um acréscimo de quase 60% na oferta de vagas pela rede estadual. Em 2013, quando a Secretaria, passou a ser ofertante, foram oferecidas 2. 924 vagas em cursos técnicos e de formação inicial e continuada (FIC) em cinco municípios: Maceió, Coruripe, Arapiraca, Teotônio Vilela e Santana do Ipanema.

A coordenadora do Pronatec na SEE, Tânia Almeida, destaca a expansão da oferta de vagas e aponta os benefícios de se fazer um curso profissionalizante. “Buscamos a ampliação desta oferta por entender que estes cursos são uma porta de entrada no mercado de trabalho. Por isso, é importante que nossos alunos façam as suas matrículas e aproveitem a oportunidade de fazer um curso de alta qualidade e que lhes proporciona a chance de ter uma profissão após concluir o Ensino Médio”, frisa.

Matrículas – Os estudantes de Ensino Médio da rede estadual interessados em se matricular nos cursos do programa devem procurar suas escolas até o dia 11 de abril para efetuar sua pré-matrícula e, em seguida, de 7 a 14 de abril deverão confirmar a matrícula na escola. Podem se inscrever estudantes a partir de 14 anos regularmente matriculados no Ensino Médio. No caso do curso técnico de Enfermagem, é necessário ter acima de 18 anos, conforme exigência do Conselho Regional de Enfermagem de Alagoas (Coren).

No ato da pré-matrícula, o candidato deve apresentar sua documentação pessoal- identidade, cpf e comprovante de residência – e comprovante de abertura ou número de conta corrente ou conta poupança da Caixa Econômica Federal. Se o estudante for menor de idade, ele deverá abrir a conta poupança.

As aulas devem começar no final do mês de abril.

Em Maceió – Em Maceió, a SEE disponibilizou sete pontos de inscrição para os cursos profissionalizantes (ver lista abaixo). Um dos principais espaços é o Centro de Educação Profissional e Tecnológica Aurélio Buarque de Holanda, que, sozinho, dispõe de 17 cursos técnicos e de formação inicial e continuada.

A diretora do centro, Edleuza de Almeida, conta que já existem 160 alunos pré-inscritos, mas que ainda é possível encontrar vagas nos cursos ofertados. A estimativa da gestora é que 500 alunos façam inscrição. “Os cursos mais procurados são os Técnicos de Informática, Técnicos de Administração, Técnicos de segurança no Trabalho e alguns cursos já estão com vagas esgotadas, como os de Auxiliar de Recursos Humanos e Recepcionista. Ainda temos vagas em cursos como guia de turismo, técnico aeroportuário e técnico de gerência de saúde”, ressalta Edleuza.

Aluna da Escola Gilvânia Ataide, na Santa Lúcia, a jovem Jaine Gomes da Silva, já fez sua inscrição no curso técnico de segurança no trabalho. “Nem todo mundo tem condições de pagar para fazer cursos profissionalizantes, que, na maioria, são caros. O Pronatec é uma excelente oportunidade porque oferta estes cursos de graça. Eu, por exemplo, escolhi o curso Técnico de segurança no trabalho porque é uma área que está sendo bastante procurada no mercado de trabalho”, comentou a aluna.

Oferta– As matrículas do Pronatec para alunos da rede estadual serão realizadas em 33 escolas e centros profissionalizantes de 24 municípios. Confira abaixo os locais de inscrição:

Maceió: Centro de Educação Profissional e Tecnológica Aurélio Buarque de Holanda;  Centro Educacional de Pesquisa Aplicada (Cepa), nas escolas José Correia da Silva Titara, Moreira e Silva e Afrânio Lages; Escola Maria das Graças Teixeira; Escola Miram Marroquim; Escola Fernandes Lima; Escola Theotonio Vilela Brandão e Escola Professora Benedita de Castro.

Arapiraca: Escola Estadual Professor Pedro de França Reis

Santana do Ipanema: Escola Estadual Professor Mileno Ferreira

Palmeira dos Índios: Escola Estadual Graciliano Ramos

Coruripe: Centro de Educação Profissional e Tecnológica Maria Alice Beltrão

Teotônio Vilela: Escola Estadual José Aprígio Vilela

Campo Alegre: Escola Estadual Dom Constantino Luers

Barra de São Miguel: Escola Estadual Misael Gonçalves

Junqueiro: Escola Estadual Padre Aurélio Gois

Boca da Mata: Escola Estadual Josefa Cavalcante Suruagy

Anadia: Escola Estadual Rui Barbosa

Barra de Santo Antônio: Escola Estadual Sebastião Felisberto

Paripueira: Escola Estadual Professora Julieta Ramos Pereira

Viçosa: Escola Estadual Monsenhor Machado

Maragogi: Escola Estadual Batista Acioly

Porto de Pedras: Escola Estadual Ciridião Durval

Campestre: Escola Estadual José Ribeiro Carminha

Japaratinga: Escola Estadual Dom Eliseu Gomes Oliveira

Jacuipe: Escola Estadual Major Luiz Cavalcante.

Matriz de Camaragibe: Escola Estadual Maria Antônia  de O. Santos

Passo de Camaragibe: Escola Estadual Ambrósio Lira

Jundiá: Escola Estadual Delmo Ferreira da Silva

Porto Calvo: Escola Estadual Professor Guedes de Miranda e Escola Estadual Nossa Senhora da Apresentação

São Luiz do Quitunde: Escola Estadual Margarida Pugliesi.


Ministério Público vai investigar crise no Sistema Cantareira

O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) vai instaurar, ainda nesta semana, um inquérito civil para esclarecer a crise no Sistema Cantareira, o mais importante reservatório de água da região metropolitana que vive a pior baixa de sua história com quedas diárias em seu nível de operação. Hoje (8), o volume baixou 0,2 ponto percentual em relação a ontem (7), atingindo 12,7% da capacidade total de armazenamento.

No inquérito a ser conduzido pelo promotor José Eduardo Ismael Lutti, o MP levará em consideração o fato de ter ocorrido ausência de chuvas nos meses de janeiro e fevereiro sobre as bacias hidrográficas que alimentam esse reservatório. Mas também vai apurar informações sobre a possibilidade de erros de gestão da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). Há suspeita de falhas na precaução contra as adversidades climáticas.

Esse trabalho deverá contar com integrantes do Grupo de Atuação Especial de Defesa do Meio Ambiente (Gaema) das unidades de Piracicaba e do Vale do Paraíba, além de estudos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e de troca de informações com o Ministério Público Federal em São Paulo (MPF/SP), que também investiga a questão.

O contrato de outorga vence no próximo dia 5 de agosto e sua renovação é vista com cautela por parte da Agência Nacional de Águas (ANA). Em audiência pública, ocorrida, no último dia 25, na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), o presidente da ANA,Vicente Andreu Guillo, defendeu regras mais rígidas.

Na portaria sobre a atual outorga, emitida em 2004 pelo Departamento de Águas e Energia Elétrica (Daee) do estado, consta que a Sabesp deveria providenciar estudos e projetos para reduzir a dependência do Sistema Cantareira e garantir o abastecimento. Para isso, deveria levar em consideração os planos relacionados às bacias hidrográficas formadas pelos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí, além dos recursos hídricos do Alto Tietê.

Agência Brasil procurou a Sabesp para pedir o posicionamento da empresa sobre o processo investigativo, mas foi informada de que nenhum pedido de esclarecimentos a respeito havia chegado ao Departamento Jurídico da companhia e que um eventual pronunciamento só poderia ocorrer após essa oficialização.

Fonte-agenciabrasil.


CSA viaja com dúvida tática para jogo contra o São Paulo.

Jerson ou Jean Carioca? Esta é a dúvida que o CSA leva para São Paulo, onde, na noite desta quarta-feira, enfrenta adversário de mesmo nome pela conclusão da primeira etapa da Copa do Brasil. Esta dúvida deixa o time alterado taticamente porque, se o primeiro ganhar a preferência, o Azulão vai atuar no 4-4-2. Porém, se o segundo prevalecer, o padrão tático passa para o 4-3-3.

O novo treinador, Marlon Araújo, após longa conversa com o elenco, não tem dúvida num aspecto: todos os jogadores que estavam suspensos voltam à equipe. Daí, no miolo de zaga, reaparece Roberto Dias; no meio-campo, Lucas; e no ataque, Jefferson Maranhense.

Lateral Pedro Silva é poupado, mas vai para o jogo

Na manhã desta terça-feira, o lateral-direito Pedro Silva foi poupado do treino. Porém, vai para o jogo e na condição de titular. Assim, a base da equipe é a que começou a temporada 2014, ainda na Copa do Nordeste, com Pantera, Pedro Silva, Léo Bahia, Roberto Dias e Mineiro; Charles Vagner, Lucas, Jerson (Jean Carioca) e Daniel Costa; Diego Clementino e Jefferson Maranhense. As novidades, em relação ao início do ano, são o zagueiro Léo Bahia – que substitui Breno, lesionado – e o meia Jerson ou Jean Carioca, que brigam pela vaga já ocupada por Léo Maceió.

Complementam o grupo que segue esta tarde para a capital paulista os atletas Eduardo Castro (goleiro), Cláudio Allax (lateral), Baggio (zagueiro), Léo Maceió (volante), Santos (meia) e Dinei (atacante), num total de 18 jogadores.

Por ter perdido em Maceió, o CSA tem que no mínimo devolver o placar de 1×0 para levar o jogo para os pênaltis. Porém, se ao menos fizer dois gols, mesmo com placar apertado (a exemplo de um 2×1), o Azulão se classifica por causa dos gols fora de casa. Já o São Paulo tem a vantagem do empate.

A partida será no Morumbi, às 22h desta quarta-feira. Comanda este jogo o árbitro Diego Almeida Real (RS/CBF-1), auxiliado por Gabriel Conti Viana (RJ/CBF-2) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ/CBF-2).

Fonte-Gazetaweb – texto de Francisco Cardoso

Adriano volta a marcar após mais de dois anos, mas Atlético-PR é eliminado em La Paz.

O atacante Adriano voltou a balançar as redes após mais de dois anos de jejum, mas o gol não foi suficiente para evitar a derrota do Atlético-PR, que acabou perdendo para o The Strongest, por 2 a 1, nesta terça-feira à noite, no estádio Hernán Siles, em Laz Paz. Com o resultado, o time paranaense foi eliminado na primeira fase da Copa Libertadores.

 

O gol do Imperador saiu aos 48 minutos do primeiro tempo, ele completou na pequena área passe de Marcelo e empatou o duelo depois de o zagueiro Manoel ter feito gol contra. O placar de 1 a 1 daria a classificação ao Atlético-PR, mas os brasileiros não resistiram à pressão adversária e à atitude de 3.600 metros de La Paz, e Nelvin Soliz deu a vitória aos bolivianos na segunda etapa.

 

Adriano, que atuou durante os 90 minutos mesmo ainda estando fora de forma, não marcava há 773 dias. O último gol dele tinha sido no dia 25 de fevereiro de 2012, contra o Botafogo-SP, quando aida atuava pelo Corinthians.

 

Com a derrota, o Atlético-PR terminou na terceira posição do grupo 1 da Liebrtadores, com nove pontos. O The Strongest avançou na segunda colocação, com dez pontos. O líder da chave foi o Vélez Sarsfield, que nesta terça bateu o Universitario, por 1 a 0, e chegou aos 15 pontos.

 

Agora, o Furacão terá tempo para uma intertemporada visando a Série A do Campeonato Brasileiro, próximo compromisso que começa neste primeiro semestre, e, na sequência, sua entrada na fase final da Copa do Brasil. Se a pressão iniciada pelo torcedor após a derrota em casa para o Vélez crescer, a permanência do técnico Miguel Ángel Portugal pode estar comprometida

O jogo

 

Com Adriano como a principal novidade, o Furacão formou seu ataque com o Imperador mais avançado, pelo meio, com Ederson e Marcelo aparecendo pelas pontas. A primeira tentativa de ataque foi do Tigre, aos três minutos, com Soliz, que abriu espaço para o arremate e praticamente recuou para Weverton. Com a vantagem do empate, o goleiro atleticano já tentava ganhar tempo, irritando o torcedor boliviano. Aos oito minutos, Sueliton tomou o primeiro amarelo por cera.

 

A primeira grande descida do Furacão aconteceu aos 10 minutos, com Ederson recebendo na área, cortando para o meio e fuzilando para fora. O Rubro-Negro, depois de começar mais recuado, começou a sair mais para o jogo. Aos 15 minutos, Mirabaje cobrou falta na área, o ataque tentou abrir espaço e ficou sem a bola. Ederson balançou as redes aos 21 minutos, passando inclusive pelo goleiro, mas o árbitro anotou o impedimento e anulou o lance.

 

O Strongest criou uma boa jogada aos 23 minutos, com Escobar, que cruzou na medida para Reynoso desviar pela linha de fundo. Na base do toque de bola os bolivianos tentavam envolver o Atlético. Aos 31 minutos, Pablo Escobar tentou surpreender em cobrança de falta e Weverton afastou o perigo. Aos 35 minutos, um milagre, com Reynoso entrando pelo meio da defesa e, na cara do gol, chutando para grande defesa de Weverton.O goleiro salvava o Furacão do massacre. Aos 37 minutos, Reynoso fuzilou no ângulo e o arqueiro foi buscar. Mas, na sequência, Weverton afastou da área e a bola sobrou para o cruzamento Soliz. No desespero, Manoel fez contra. Mancando, Adriano teve sua primeira oportunidade aos 46 minutos, testando por cima da meta. Até que, aos 48 minutos, Adriano, sim, o Imperador, mostrou oportunismo e aproveitou cruzamento de Marcelo para estufar as redes e marcar seu primeiro gol com a camisa rubro-negra, o primeiro desde que deixou o Corinthians em fevereiro de 2012.

 

Para a segunda etapa, nenhuma modificação nas equipes e mesmo Weverton, que sentiu tontura e formigamento, retornou revigorado pelo tubo de oxigênio no vestiário. O Strongest tomou a iniciativa e tentava dar velocidade ao jogo – algo que só interessava a ele. Tentando segurar o ímpeto do adversário, Miguel Ángel Portugal tirou Ederson, que não escondeu a insatisfação, para a entrada de Zezinho. Porém, logo aos 9 minutos, Soliz entrou pela lateral da área e com uma cavadinha venceu Weverton para marcar o segundo.

 

FICHA TÉCNICA:

THE STRONGEST (BOL) 2 X 1 ATLÉTICO PARANAENSE (BRA)

 

Local: Estádio Rafael M. Catellón, em La Paz (BOL)

Data: 08 de abril de 2014, terça-feira

Horário: 19h45 (de Brasília)

Árbitro: Roddy Zambrano (Fifa-EQU)

Assistentes: Luis Vera e Edwin Bravo (ambos Fifa-EQU)

Cartões amarelos: Sueliton e Crislan (Atlético-PR)

GOLS:

THE STRONGEST-BOL: Manoel (contra), aos 38 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-PR: Adriano, aos 48 minutos do primeiro tempo e Soliz, aos 9 minutos do segundo tempo

 

THE STRONGEST-BOL: Vaca; Parada, Jeferson, Brejarano e Wayar; Soliz (Cristaldo)(Ríos), Chumacero, Castro e Chavez; Reynoso (Veizaga) e Pablo Escobar

Técnico: Eduardo Villegas

 

ATLÉTICO-PR: Weverton; Sueliton, Manoel, Cleberson e Natanael; João Paulo, Paulinho Dias (Crislan) e Mirabaje; Marcelo, Adriano e Éderson (Zezinho)

Técnico: Miguel Ángel Portugal


Barça viaja para o duelo decisivo com o Atlético pela Liga dos Campeões.

Esbanjando tranquilidade e confiança, a delegação do Barcelona embarcou nesta terça-feira para Madri, onde enfrenta o Atlético na quarta-feira, 15h45 (de Brasília), no Vicente Calderón, em partida de volta pelas quartas de final da Liga dos Campeões. Pelo Instagram, Neymar e Pedro postaram fotos já no interior do avião que os conduziu à capital espanhola. O atacante brasileiro viajou ao lado do parceiro de sempre Daniel Alves. Os dois não dispensaram os fones para a curta viagem. No visual, ainda o uniforme de passeio do clube catalão: calça esportiva e moleton.

No primeiro jogo, os times de Tata Martino e Diego Simeone ficaram no 1 a 1. Neymar marcou para o Barça e Diego assinalou para o grupo de Madri. A TV Globo e o GloboEsporte.com transmitem ao vivo a decisão pela vaga nas semifinais.

Neymar e Dani Alves, Barcelona embarcando (Foto: Reprodução / Instagram)Os ‘parças Dani Alves e Neymar rumo a Madri (Foto: Reprodução / Instagram)

 

Adriano, Busquets, Pedro e Alba, embarque do Barcelona (Foto: Reprodução / Instagram)Adriano, Jordi Alba, Busquets e Pedro seguem confiantes para o duelo decisivo com o Atlético de Madri (
Foto: Reprodução / Instagram)

Motrisa: guindaste irá remover placas de concerto que ameaçam cair

Cláudia Galvão-Alagoas24horas

Placas de concreto começam a ser retiradas nesta quarta-feira, dia 9

Placas de concreto começam a ser retiradas nesta quarta-feira, dia 9

O perímetro de isolamento da Avenida Comendador Leão, no bairro do Poço, foi reduzido após a retirada da maioria dos grãos de trigo que caíram com o rompimento do silo do Moinho Motrisa, ocorrido na última segunda-feira, dia 7.

 

Técnicos da Defesa Civil e do próprio Moinho dão início na manhã de hoje (9) à retirada das placas de concreto que estão penduradas no silo danificado. A operação contará com um guindaste contratado pela empresa.

 

Outra prioridade para a Defesa Civil, nesta quarta, será a limpeza das águas do Riacho existente no local, que foram tomadas pelos grãos. A preocupação é com possíveis chuvas, que provocariam o transbordamento e inundação da área afetada.

 

O Moinho Motrisa segue esvaziando os demais silos e encaminhando a matéria prima para o Porto de Maceió. Já o trigo retirado da rua está sendo levado para o estacionamento de Jaraguá.

 

Ainda segundo a Defesa Civil, não há qualquer previsão de liberação para as residências Vila Nossa Senhora do Carmo. O local só será liberado depois que as equipes técnicas fizerem laudos individuais para analisar a estrutura de cada casa. O mesmo acontece com os estabelecimentos no entorno do moinho.

Ontem, a Defesa Civil autorizou os moradores a voltar ao local para buscar objetos pessoais.


Não vamos recuar um milímetro da disputa política’, diz Dilma em Minas

G1
A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta segunda-feira (7), em Contagem (MG), durante evento para entrega de máquinas a prefeituras de 151 municípios mineiros, que é “usual”, em períodos de pré-campanha eleitoral, “a utilização de todos os instrumentos possíveis” para desgastar o governo.

A declaração foi dada em um momento político delicado para o governo, em que denúncias de irregularidades na Petrobras movimentam articulações em torno de CPIs no Congresso Nacional. No fim de semana, pesquisa Datafolha apontou queda na intenção de voto na presidente (38% em março ante 44% em fevereiro).

De acordo com a presidente, seu governo não vai “recuar um milímetro” da disputa política.
É muito usual durante os períodos de pré-campanha no Brasil e nos períodos de campanha que haja a utilização de todos os instrumentos possíveis para desgastar este ou aquele governo. Nós temos experiência disso porque nós já enfrentamos isso em 2006 e em 2010. Podem ter certeza: o meu governo continuará governando, continuará mantendo seu caráter republicano, mas nós não iremos recuar um milímetro da disputa política quando ela aparecer.”
Dilma Rousseff

“A campanha eleitoral só vai começar depois de junho. E aí eu quero dizer uma coisa pra vocês: é muito usual durante os períodos de pré-campanha no Brasil e nos períodos de campanha que haja a utilização de todos os instrumentos possíveis para desgastar este ou aquele governo. Nós temos experiência disso porque nós já enfrentamos isso em 2006 e em 2010. Podem ter certeza: o meu governo continuará governando, continuará mantendo seu caráter republicano, mas nós não iremos recuar um milímetro da disputa política quando ela aparecer”, afirmou Dilma.

Verba para custeio de saúde e educação
Em seu discurso, a presidente também anunciou a liberação para prefeituras de R$ 1,5 bilhão destinado ao custeio de ações em saúde e educação. Essa é a segunda metade dos R$ 3 bilhões prometidos pela presidente em julho de 2013, na XVI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios.

“Neste mês de abril, agora nós estamos pagando a segunda parte dos R$ 3 bilhões que nós destinamos para custeio das prefeituras”, anunciou a presidente. Ela disse que determinou ao Ministério da Fazenda que fizesse nesta segunda os depósitos nas contas da prefeituras.

“Tenho certeza que isso vai ser uma contribuição para que os municípios possam custear os serviços que têm de entregar às suas populações.”