Elis MC: conheça a menina de seis anos que bomba nas redes com discurso contra o racismo

“E não venha com esse papo de mulata, moreninha/ Sou preta com muito orgulho, minha coroa é de rainha”. Elis MC, uma menina negra de seis anos, já está “cansada dessa ideia de racismo” e afirma que “não está de mimimi”. Empoderada, a carioca está bombando nas redes sociais com o clipe da música Vem Dançar com a Elis, um funk engajado que levanta a autoestima das crianças negras e ensina a respeitar as diferenças.

Filha de Renata Morais, a guria sempre foi muito espontânea – e a mãe filmava tudo. Como a menina mostrou gostar das câmeras, da dança e do canto desde muito pequena, a mãe divulgava alguns vídeos de Elis nas redes. Em 2016, um deles bombou: a garota viralizou com um vídeo no qual falava de seu cabelo crespo, dizendo que “não era peruca”.

Hoje, Elis tem perfil no Facebook, no Instagram e canal no Youtube. Virou uma digital influencer com milhares de seguidores. Já dançou com O Dream Team do Passinho, Mc Soffia e Karol Conka. Além disso, também comanda um evento chamado Vem Dançar com a Elis, para levar música e diversão para crianças.

 


Após acidente envolvendo Fábio Assunção, Cauã Reymond posta foto elogiando o ator

O ator Cauã Reymond publicou em seu Instagram uma foto do também ator Fábio Assunção na capa da revista Top Magazine. Na legenda, Cauã elogia Fábio: “Muito feliz pelo seu sucesso em Onde nascem os fortes @fabioassuncaooficial !!! Ídolo , super ator e um cara do Bem. Para o Alto e Avante :))) @topmagazine”.

O apoio inesperado do galã vem após Fábio Assunção ter sido autuado por embriaguez ao volante na última quinta-feira (3). Na ocasião, o ator bateu em dois carros na Alameda Franca, nos Jardins, na zona oeste de São Paulo. O artista foi levado para o 78º Distrito Policial, na Rua Estados Unidos. Ninguém ficou ferido.

A polícia informou que Assunção se negou a fazer o teste do bafômetro e ainda tentou fugir do local, mas foi contido. Ele teve a Carteira Nacional de Habilitação suspensa por um ano e aguardará o processo em liberdade. Durante o julgamento, Assunção se comprometeu a pagar a fiança no valor de 50 salários mínimos — atualmente, o salário mínimo é de R$ 954.


Anitta critica filme “Vingadores”, revolta internet e apaga post; confira repercussão

A cantora Anitta se meteu em uma confusão nesta segunda-feira (7), ao publicar no Twitter sua opinião sobre o filme Vingadores: Guerra Infinita. A carioca não gostou do que assistiu e fez questão de compartilhar  seu ponto de vista com seus seguidores, que não receberam muito bem sua crítica. “Perda de tempo do dia: assistir ‘Os Vingadores'”, escreveu.

Os fãs do filme reagiram revoltados ao tuíte, o que motivou outra publicação de Anitta sobre o longa, justificando o porquê da crítica: “1. Morre todo mundo 2. Por motivos idiotas 3. Sensação de impotência do início ao fim 4. O inimigo merece vencer… e vence!“. A  análise também não agradou seus seguidores, que ainda reclamaram da cantora ter dado spoilers do filme. Anitta, então, decidiu encerrar o assunto, apagando os tweets anteriores: “Apagando meu tuíte sobre não ter gostado do filme por motivos de: não pode não gostar!

Mas a cantora continuou argumentando com seus seguidores. Em um dos comentários, um fã acusou Anitta de não ter visto nenhum filme do universo Marvel. A carioca respondeu dizendo que tinha visto todos os filmes com Thiago, seu marido:  “Meu marido faz eu assistir todos com ele… e adorei! Mas li antes de assistir esse último que as mortes são reais e não tem continuação.

Outro internauta corrigiu a carioca: Vingadores 4, que ainda não tem título e é uma continuação de Vingadores — Guerra Infinita, chega aos cinemas em maio de 2019. “Tem continuação, sim. Aliás, continuação essa que foi gravada ao decorrer de Guerra Infinita, dizem que as mortes são reais, mas existem teorias bem reais sobre elas não serem, só assistindo o próximo filme para saber”, explicou um seguidor. “Se tem uma continuação aí muda de figura!”, respondeu a cantora.

Apesar da boa intenção de Anitta em tentar argumentar, a internet não perdoou a cantora. Muitos fãs dos Vingadores e do Universo Marvel criticaram a opinião da carioca.


‘Não tirei a vaga de ninguém’, afirma havaiana-brasileira aposta do surfe

 

 

Ao fim da terceira etapa do Circuito Mundial de surfe (WCT), em abril, em Margaret River (AUS), o Brasil tinha como único resultado no ranking feminino o décimo lugar de Silvana Lima. Nenhuma bateria foi disputada desde então, mas, às vésperas do Oi Rio Pro, quarto evento do ano, o país já pode exibir uma estrela no top 4.

A novidade se chama Tatiana Weston-Webb, que completa hoje 22 anos. Nascida em Porto Alegre, a jovem se mudou quando tinha dois meses de idade para a ilha de Kauai, no Havaí, e representava o estado americano até o mês passado. Mas foi seduzida pela chance de disputar os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, que marcarão a estreia do surfe, pelo país natal.

Diante da falta de talentos no Brasil no naipe feminino, a decisão já era estudada pela Confederação Brasileira de Surfe (CBS) desde 2016, mas só foi sacramentada no início deste ano.

A surfista, que tem dupla cidadania, terá na etapa de Saquarema (RJ), que começa nesta sexta-feira e pode ir até o dia 20, a sua primeira oportunidade de defender a “nova” nação, após concluir o processo de mudança de nacionalidade no esporte.

Ela nega ter sentido qualquer desconforto por tirar a esperança de outras brasileiras que já atuavam no país. Embora o Havaí tenha sua bandeira no mundo do surfe, o mesmo não vale para as Olimpíadas. Neste caso, os surfistas têm de vestir o uniforme dos Estados Unidos.

Além da falta de identificação, Tatiana teria uma disputa muito mais acirrada por lá. Se o ranking olímpico fechasse hoje, ela estaria atrás da americana Lakey Peterson, vice-líder do WCT, e da havaiana Carissa Moore, a terceira da lista.

– Não senti nenhum desconforto, pois não tirei a vaga de ninguém. Sou brasileira de nascimento e estou na disputa por uma das vagas para representar o Brasil em Tóquio. Nada está definido sobre quem vai – disse Tatiana, que será anunciada nesta quarta como atleta do time da Oi.

As palavras em português ainda são um desafio. Mas a ligação com o Brasil cresce no dia a dia. A gaúcha, que pratica o esporte desde os oito anos, é filha da ex-bodyboarder gaúcha Tanira Guimarães e do surfista inglês Doug Weston-Webb, radicado no Havaí. Desde 2016, seu técnico é o paranaense Leandro Dora, o mesmo de Adriano de Souza. E ela namora o paulista Jessé Mendes.

Tatiana só virá ao Brasil para treinos seguirá morando no Havaí. Mas diz que, se depender dela, a história com o país não acabará tão cedo.

– Já existe uma geração de surfistas jovens sendo lapidadas para o futuro. O feminino vai crescer bastante nos próximos anos no Brasil. Só precisamos de mais competições – afirmou Weston-Webb, vice-campeã da etapa de Bells Beach, na Austrália, em março deste ano.

CBS diz que ‘as melhores’ irão a Tóquio

Com Tatiana e Silvana Lima praticamente certas nos Jogos de 2020, a Confederação Brasileira de Surfe (CBS) ainda tem de trabalhar para suprir a falta de mulheres em alto nível na modalidade no país. Tainá Hinckel, de 14 anos, é o terceiro nome hoje. A entidade mantém a briga aberta.

– A torcida é que apareçam mais atletas de alto nível e que possam disputar com elas. Porque quem vai representar o Brasil em 2020 são as melhores – disse o presidente da CBS, Adalvo Argolo.

 

 

FONTE: http://www.lance.com.br


Ex-ginastas dizem que ex-técnico da Seleção os filmava durante banho

 

A investigação que apura a conduta de Fernando de Carvalho Lopes, ex-técnico da Seleção Brasileira de ginástica artística acusado de abusar sexualmente de menores, ganhou novas denúncias de ex-atletas. Nomes que foram comandados por ele disseram à reportagem do Fantástico, da “Rede Globo”, que o profissional os filmava enquanto eles tomavam banho.

– Ele colocava a câmera dele para carregar no vestiário, em um banco que tinha lá, bem de frente para os chuveiros. E na casa dele também. Ele sempre deixava a câmera dele carregando em cima da pia, virada para o box. Até que teve uma vez que eu saí do banho e fui ver. Ela tava gravando e carregado – afirmou um ex-atleta, que já foi da Seleção Brasileira.

A vítima tinha dez anos na época em que sofreu os abusos. Segundo ela, a prática acontecia até enquanto eles dormiam.

– Ele pegou meu celular, abaixou meu shorts e fotografou. Ele fotografou meu pênis enquanto estava dormindo. Ele abusou de mim. Ele fez isso achando que eu não estava percebendo – disse o ex-ginasta.

Outro contou que o treinador passou uma pomada no órgão genital de menor quando ele tinha 11 anos, durante uma viagem. O atleta que sofreu os abusos lembrou o caso.

– Eu me machuquei na barra, fazendo exercício. Falei para ele “eu bati meu pênis na barra. Está doendo”. Ele falou “vou ver se tem uma pomada pra passar. Vamos pro hotel que lá a gente vê o que faz” – disse o ex-ginasta.

Até agora, mais de 40 atletas ouvidos pelo Fantástico afirmaram que, durante a infância e a adolescência, foram vítimas de abusos sexuais praticados por Lopes.

Na sexta-feira, a polícia foi à casa de Fernando e apreendeu CDs, DVDs, Pen Drives, fita cassete e um HD externo. O material vai passar por perícia. As investigações contra ele começaram em 2016 e não têm data para terminarem. A pena prevista em lei para esse tipo de crime é de 4 a 8 anos de reclusão para cada criança abusada.

 

FONTE: http://www.lance.com.br


Queniano campeão olímpico cai no antidoping e diz que foi extorquido

 

Campeão olímpico nos 1.500m nos Jogos de Pequim-2008, o queniano Asbel Kiprop testou positivo para a substância proibida eritropoietina (EPO), que aumenta a oxigenação no sangue, em um exame fora de competições. Em entrevista ao “The Guardian”, ele se declarou inocente e afirmou que foi extorquido por agentes de controle de dopagem.

Na versão do atleta, ele recebeu a visita dos profissionais em sua casa, em Iten, no Quênia, em novembro do ano passado. Na ocasião, teria sido extorquido por um deles e realizado uma transação financeira pelo celular.

– Eu continuo perplexo com como minha amostra inocente pode dar positivo no único momento em que tive dinheiro extorquido de mim. Não está além da minha suspeita que minha amostra virou positiva, porque talvez eu não tenha enviado tanto dinheiro quanto esperavam que eu mandasse – disse o atleta.

Kiprop foi notificado do resultado em fevereiro deste ano. Ele afirmou que a última injeção que tomou na vida foi em 2014, quando se vacinou contra a febre amarela. A Associação Internacional das Federações de Atletismo (Iaaf) ainda não se pronunciou sobre o caso.

Além do ouro em Pequim, Asbel tem no currículo três títulos Mundiais (2011, 2013 e 2015). Na Rio-2016, ele ficou na sexta colocação.


Gleici comenta participação em O Outro Lado do Paraíso: “A minha vida é uma novela”

Gleici e Bianca Bin (Reprodução/Instagram)

 

Na última segunda-feira (7), Gleici, vencedora do Big Brother Brasil, esteve nos Estúdios Globo para gravar uma participação especial em O Outro Lado do Paraíso. Nas sequências, a famosa aparecerá desfilando num desfile feito com roupas desenhadas por Beth (Gloria Pires).

Em entrevista, a ex-BBB declarou que a vida dela é praticamente uma novela. “Dá para escrever uma novela. Eu vim da periferia de Rio Branco, de repente entrei no programa, ganhei R$ 1,5 milhão, tô vivendo coisas extraordinárias”, afirmou a morena ao Gshow.

“Gravei videoclipe, tô participando de O Outro Lado do Paraíso, que é uma novela que eu gosto. Então tá sendo um conto de fadas, uma novela né? De verdade”, concluiu Gleici, que logo será vista num clipe de Gaby Amarantos.