Árbitro brasileiro é candidato a apitar a final da Copa do Mundo

Árbitro brasileiro é candidato a apitar a final da Copa do Mundo

O Comitê de Árbitros da Fifa selecionou 12 árbitros, 26 assistentes e dez árbitros de vídeo para a fase final da Copa do Mundo de 2018. Entre eles está o brasileiro Sandro Meira Ricci.
Ele foi mantido da lista das quartas de final, que continha 17 nomes, para a das semis, que excluiu cinco profissionais.
A última partida de Ricci neste Mundial foi o jogo da classificação da Croácia para as semifinais, após vitória nos pênaltis diante da Rússia.
Ele também atuou em mais dois jogos na Rússia: Dinamarca 0 x 0 França e Croácia 2 x 0 Nigéria, ambos pela fase de grupos.
Nos três jogos, suas atuações foram boas e sem críticas ou decisões polêmicas.
Com a seleção brasileira eliminada da Copa, o árbitro mineiro poderá apitar a semifinal entre Croácia e Inglaterra, a disputa pelo 3º lugar ou a final da competição. Isto porque somente um jogo dos quatro restantes do torneio já tem sua arbitragem definida. O uruguaio Andres Cunha, também da Conmebol — mesma confederação de Ricci — apitará França x Bélgica, válido pelas semifinais.
Confira a lista dos árbitros para a fase final da Copa:
AFC (Ásia): Alireza Faghani (Irã).
CAF (África): Malang Diedhiou (Senegal).
Concacaf (Américas do Norte e Central): Mark Geiger (EUA) e Cesar Arturo Ramos (México).
Conmebol (América do Sul): Andrés Cunha (Uruguai), Néstor Pitana (Argentina) e Sandro Meira Ricci (Brasil).
OFC (Oceania): Matthew Conger (Nova Zelândia).
Uefa (Europa): Cuneyt Cakir (Turquia), Bjorn Kuipers (Holanda), Milorad Mazic (Sérvia) e Gianluca Rocchi (Itália).


Deixe um comentario