Após 15 dias internado, morre vigilante que sofreu atentado na residência de deputado

Após 15 dias internado, morre vigilante que sofreu atentado na residência de deputado

O vigilante José Cícero dos Santos, 44 anos, mais conhecido como “Cicinho Gago”, que trabalhava na residência do deputado estadual Edval Gaia Filho faleceu após 15 dias internado na Unidade de Emergência em Arapiraca.

Ele sofreu atentado quando trabalhava na fazenda do parlamentar, localizada no Loteamento Padre Ludugero, em Palmeira dos Índios, quando foi alvejado por dois disparos.

O vigia foi socorrido polo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e levado para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município e em seguida transferido para o Hospital de Emergência do Agreste de Arapiraca.

Nas redes sociais, o parlamentar lamentou a morte do vigilante. “Hoje perdi uma das pessoas mais importantes na minha vida. Companheiro, amigo, pessoa que a mais de 15 anos tomou conta da minha casa, acompanhou a infância dos meus filhos, e era os olhos de toda minha família nas horas em que repousávamos. Vc vai ficar pra sempre no coração da minha família, Que Deus te receba na nova morada”, escreveu Val Gaia.


Deixe um comentario